Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Colégio Universitário promove mutirão contra o Aedes aegypti Colégio Universitário promove mutirão contra o Aedes aegypti

Colégio Universitário promove mutirão contra o Aedes aegypti

Wednesday, 10 de February de 2016
Categoria:

O mutirão será realizado hoje, das 10 às 12 horas, e contará com cerca de 30 colaboradores do colégio.

O Colégio Universitário está montando uma grande força-tarefa de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus. A partir da iniciativa da diretora de RH, Waldeliz Okano, a Instituição vai realizar um mutirão de limpeza hoje (10/02), das 10 às 12 horas, nas imediações da escola. Estão sendo mobilizados cerca de 30 funcionários da zeladoria, portaria e manutenção. O objetivo é eliminar possíveis criadouros do mosquito, conforme orientações da Secretaria de Saúde.

O Ministério da Saúde já confirmou a relação entre o vírus zika e o surto de microcefalia. Por isso, a importância de combater a proliferação do mosquito.

“Vamos aproveitar que o Colégio estará sem alunos, por conta do recesso do Carnaval, para realizar o mutirão com os funcionários”, explicou o gerente Omar de Brito, coordenador da ação. Ele explica que os funcionários serão divididos por equipes e distribuídos por áreas.

Para a diretora Educacional Raquel Calil Ruy, os adultos devem dar o exemplo às crianças. “Não é uma questão política, é civismo. Temos que despertar em nós, brasileiros, o amor a nossa Terra. O problema não afeta apenas a individualidade, mas se amplia sobre a coletividade”, afirmou a diretora.

De acordo com Raquel, o envolvimento dos funcionários é muito importante. “Muitas famílias poderão ser alcançadas com esse mutirão. Os funcionários vão levar essa preocupação para casa, para o bairro deles”, comentou.

Segundo a supervisora pedagógica Zuleika Toledo, o mutirão vem ao encontro com o que está sendo almejado no Ano Internacional do Entendimento Global 2016 da UNESCO. “O documento da UNESCO pressupõe que o Entendimento Global seja ‘refletir a partir de uma perspectiva mundial e intervir no plano local’. é o que nós vamos fazer”, ressaltou.

Além do mutirão, a supervisora informou que a área de Ciências Biológicas e Saúde do Colégio está organizando palestras e encontros, com especialistas, para conversarem sobre o assunto com toda comunidade educativa.

Divulgação