Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Pretérito mais que perfeito Pretérito mais que perfeito

Pretérito mais que perfeito

Friday, 09 de October de 2015
Categoria:

Espetáculo gaúcho do ói Nóis Aqui Traveiz ressuscita antigos personagens do grupo numa montagem que reúne teatro e dança, em cartaz neste sábado (10), no Festival de Dança de Londrina

Existe o processo de construção de personagens do teatro e da dança, o esboçar de uma figura ficcional a partir do zero. E há também a “desmontagem”, espécie de retorno sobre os próprios passos, em que uma personagem já existente é convocada de novo aos palcos para que ela seja desvendada aos olhos do público. Esse é o mote principal de “Evocando os Mortos – Poéticas da Experiência”, da Tribo de Atuadores ói Nóis Aqui Traveiz, espetáculo encenado neste sábado (10), às 20h30, no Circo Funcart.

A concepção da montagem e atuação é de Tânia Farias, que integra o grupo gaúcho há 21 anos. No espetáculo, ela permite entrever como suas vivências pessoais e da companhia perpassam a criação de diferentes personagens, geradas entre 1999 e 2011. Por meio da memória corporal, a artista faz surgir e desaparecer esses seres imateriais, realizando uma espécie de ritual de evocação dos “mortos” para compreensão dos desafios de se fazer teatro nos dias de hoje.

Como elo entre tantas personagens, destaca-se a violência contra a mulher em suas múltiplas variantes, uma questão central para a Tribo ói Nóis Aqui Traveiz desde a formação do grupo. “Evocando os Mortos – Poéticas da Experiência” dá continuidade às experimentações da companhia em torno do teatro artaudiano e da performance contemporânea, que propõem a dissolução das fronteiras entre vida e arte, através da conversão de atos reais em mecanismos simbólicos.

Divulgação

Mais detalhes:

EVOCANDO OS MORTOS (Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz) Porto Alegre - RS Dia: 10 de outubro (sábado) Horário: 20h30 Local: Circo Funcart Duração: 70 minutos Classificação indicativa: 16 anos