Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Vídeos e memes são usados para espalhar malwares no Facebook Messenger Vídeos e memes são usados para espalhar malwares no Facebook Messenger

Vídeos e memes são usados para espalhar malwares no Facebook Messenger

Friday, 15 de September de 2017

Golpe induz usuário a instalar softwares falsos

Você recebeu um vídeo de um conhecido no Messenger do Facebook? Então, cuidado, pois ele pode não ter realmente mandado essa mensagem. Um novo golpe utiliza usuários já infectados para mandar vídeos e memes para os amigos da rede social e induzi-los a instalar softwares maliciosos.

De acordo com a empresa de segurança Kaspersky, que teve oportunidade de analisar essa ameaça, o ataque é altamente sofisticado e difícil de ser detectado. O principal objetivo é rastrear os hábitos de navegação das vítimas e, com isso, lucrar por meio da exibição de anúncios.

O que esse golpe faz?

1. Manda uma mensagem com o nome do seu amigo, um vídeo e um link;

2. Ao ser clicado, esse link redireciona o usuário para um documento do Google que exibe uma miniatura de vídeo;

3. Quando o usuário clica nessa miniatura, ele é redirecionado para páginas que simulam sites conhecidos, como o Youtube, por exemplo. Como o golpe detecta sua localização, seu sistema operacional e o navegador que você está utilizando, ele consegue mostrar páginas que parecem ainda mais reais;

4. Em seguida, o usuário é induzido a instalar plugins falsos para a visualização do conteúdo, como uma atualização do Flash Player, por exemplo.

O que é um malware?

Malware é a contração para “malicious software” – software malicioso, em inglês. Como o nome já diz, é qualquer software que tenha sido desenvolvido com o objetivo de causar danos a algum dispositivo eletrônico. Estão nessa categoria vírus, que infectam e danificam arquivos e sistemas operacionais, spyware, programas que gravam todos os movimentos do usuário para espioná-lo, adware, softwares que exibem publicidade indesejada de forma agressiva, entre outros.

O conselho mais simples e eficaz para se livrar desse tipo de ameaça é manter o seu antivírus atualizado e desconfiar de qualquer link ou mídia enviada por um amigo. Pergunte se ele realmente mandou aquilo antes de abrir, até mesmo porque os criminosos utilizam estratégias cada vez mais sofisticadas para enganar o usuário, com agressivas técnicas de engenharia social, um método que faz uso de persuasão, confiança e ingenuidade do usuário.

Fonte: Divulgação