Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Prefeitura de Londrina reforça Operação Noite Fria Prefeitura de Londrina reforça Operação Noite Fria

Prefeitura de Londrina reforça Operação Noite Fria

Tuesday, 27 de July de 2021
Categoria:

Ao todo, 130 vagas estão à disposição da população desabrigada e dois micro-ônibus estão sendo utilizados para buscar a população em situação de rua e levá-la até abrigos

Na última segunda-feira (26), o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) emitiu um alerta laranja prevendo a chegada de uma onda de frio intenso para os próximos dias, em diversas regiões do Brasil, incluindo no norte do Paraná. Para aumentar a proteção para a população que está em situação de rua, a Prefeitura de Londrina, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS), está reforçando a Operação Noite Fria. A partir de hoje (27), mais 35 vagas em serviços de acolhimentos estão disponíveis para população que mais precisa, o que totaliza 130 vagas exclusivas para a Operação Noite Fria.

Foto: Emerson Dias

Entre os locais que estão acolhendo a população que mais precisa estão o Centro de Assistência e Recuperação de Vidas Morada de Deus e a Casa de Passagem Ministério de Missões e Adoração – Associação MMA. Além disso, o Centro de Convivência da Pessoa Idosa da Região Oeste (CCI Oeste) também está preparado para recebê-los em parceria com a Secretaria do Idoso.

Outra novidade deste ano é a utilização de um segundo micro-ônibus para os serviços de abordagem e sensibilização das pessoas em situação de rua, nos dias de frio mais intenso. Agora, os servidores da assistência social contam com dois veículos para percorrerem todas as regiões de Londrina, inclusive os 80 pontos estratégicos.

Segundo a secretária municipal de Assistência Social, Jacqueline Marçal Micali, a Prefeitura de Londrina vem trabalhando há bastante tempo, para aumentar a proteção social das pessoas em situação de rua, em diversas frentes, sobretudo nos dias mais frios. “Já tínhamos disponibilizado 45 vagas para a Operação Noite Fria. Depois, na primeira onda de frio, aumentamos para mais 40 vagas. E, agora, estamos atuando para aumentar mais ainda. Gostaria de destacar o trabalho em conjunto das secretarias, dos órgãos municipais e das entidades parceiras, como a Secretaria do Idoso e a FEL. Sem eles, nada disso seria possível”, disse Micali.

Foto: Emerson Dias

Durante o trabalho, os profissionais conversam com a população em situação de rua e convidam a pernoitar em um dos acolhimentos cedidos pelo Município. Nos acolhimentos, a população vulnerável encontra comida, pode tomar banho e trocar de roupa e tem um espaço adequado para dormir e tomar o café da manhã no dia seguinte. Além disso, os servidores ajudam essa população a retornar ao seio familiar.

Os acolhidos passam por atendimentos especializados com a equipe psicossocial e, quando necessário, são encaminhados para outros serviços. O objetivo é que ajudar a população a sair das ruas com atendimento que garante a proteção social, dignidade e a cidadania.

Como a população pode ajudar – Quem vir uma pessoa em situação de rua pode telefonar no (43) 99991-4568 e (43) 3378-0414, que aceita ligações a cobrar. O horário de atendimento do serviço é de segunda a sexta-feira, das 8h às 24h. Nos sábados funciona das 9h às 20h e nos domingos atende das 9h às 15h.

Doações – Os empresários e as pessoas que quiserem ajudar doando mantimentos podem fazer diretamente a um dos serviços conveniados à Prefeitura de Londrina. É possível doar roupas, calçados, alimentos, produtos de higiene pessoal, cobertores e colchões.

O Morada de Deus fica na Rua Guilherme da Motta Correia, 3.381, no Jardim Shangri-lá e o telefone para contato é o (43) 3348-5374. Já a Casa de Passagem Ministério de Missões e Adoração – Associação MMA está na Rua Elízio Turino, 450, no Jardim Sabará e acolhe apenas homens. Por isso, quem quiser ajudar, pode doar roupas, calçados e produtos masculinos.  O telefone de contato é o (43) 9-8406-8674.

N.com/Foto: Operação Noite Fria percorre as ruas de Londrina para ajudar a população em situação de rua/Crédito: Emerson Dias