Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Prefeito Marcelo libera recursos para revitalização interna da Biblioteca Pública Prefeito Marcelo libera recursos para revitalização interna da Biblioteca Pública

Prefeito Marcelo libera recursos para revitalização interna da Biblioteca Pública

Friday, 03 de September de 2021

Piso de madeira será lixado e sintecado, e novos móveis e equipamentos de informática serão adquiridos para melhorar o atendimento ao público

Foto: Emerson Dias

Na manhã desta sexta-feira (3), o prefeito Marcelo Belinati assinou o decreto liberando R$ 240 mil para as obras de revitalização interna da Biblioteca Pública Municipal Professor Pedro Viriato Parigot de Souza, localizada Avenida Rio de Janeiro, 413, no Centro. A suplementação orçamentária servirá para a renovação do piso interno e para a troca do mobiliário de atendimento ao público, incluindo os balcões de atendimento e equipamentos de informática.

A liberação dos recursos faz parte do presente de aniversário de 70 anos da Biblioteca Pública Municipal, que foi inaugurada em 4 de setembro de 1951, sendo considerado o primeiro centro cultural de Londrina. Em maio do ano passado, o prefeito Marcelo Belinati já havia entregado a reforma exterior da Biblioteca, que recebeu uma pintura completa da fachada; troca do telhado; reparos no madeiramento de cobertura e readequação das calhas de água; e renovação da calçado no entorno.

Foto: Emerson Dias

No mesmo mês, o espaço foi tombado e considerado Patrimônio Cultural do Município, conforme a Lei de Preservação do Patrimônio Cultural de Londrina (nº 11.188, de 2011). “A Biblioteca Pública Municipal, amanhã, completará seus 70 anos. Hoje, a gente teve a grata satisfação de finalizar o trabalho que foi iniciado na administração anterior, com a feitura dos projetos de conservação, restauração e reforma do prédio histórico da biblioteca. Na primeira etapa, foi feita a parte externa, porque as calçadas estavam deterioradas e o telhado estragado, até chovia dentro. Agora, estamos autorizando o início da restauração interna da biblioteca, com a revitalização do piso de madeira”, esclareceu o prefeito de Londrina, Marcelo Belinati.

Com a revitalização interna, todo o piso de madeira será lixado e raspado para retirar as camadas de cera e verniz mais antigas. Posteriormente, será polido e passado o sinteco, que é uma resina transparente que renova, protege e trata a madeira do piso.

“Sabemos de toda dificuldade orçamentária que temos no Município, mas o prefeito Marcelo Belinati entende as nossas necessidades e tem muita sensibilidade. Agora, ao oferecer a suplementação orçamentária de R$ 240 mil, completa-se a reforma do prédio e poderemos adquirir novos computadores, que é uma exigência trazida pela pandemia. Hoje, tivemos uma manhã muito bonita!”, disse o secretário municipal de Cultura, Bernardo Pellegrini.

O secretário municipal de Planejamento, Orçamento e Tecnologia, Marcelo Canhada, disse que visitou a Biblioteca e após pedido dos funcionários, conseguiu com o trabalho de técnicos da Secretaria, alocar os recursos necessários para as obras de revitalização interna. Para ele, é um privilégio para Londrina ter um espaço público como o da biblioteca. “Eu frequentava muito a biblioteca quando era adolescente, porque não tinha internet. Ela mexia com meu imaginário: o mundo estava a minha frente através dos livros. A biblioteca é um instrumento que leva conhecimento e cultura, e ajuda na promoção da igualdade e da cidadania”, disse Canhada.

O secretário de Governo, Alex Canziani, lembrou que os recursos financeiros são finitos, mas é preciso realmente ter sensibilidade para aplicá-los em prol do bem público, especialmente, na área cultural. “O prefeito Marcelo Belinati foi o primeiro, depois de muitos anos, a adquirir novos livros para a biblioteca, que é um espaço histórico tão importante para a cidade. Ele também entregou calçadas novas e a reforma da estrutura física da biblioteca, que ficará completa com o piso renovado. Os recursos são escassos, mas é preciso ter sensibilidade para colocar a cultura como uma das prioridades”, lembrou Canziani.

Foto: Emerson Dias

Durante a oportunidade, o prefeito recebeu de presente dos servidores da Secretaria de Cultura, uma camiseta branca com o desenho de uma flor vermelha. O artista Maikon Nery doou a arte, que mostra um conjunto de livros abertos formando a flor e, ao lado dela, uma estrela, que simboliza todas as regiões da cidade, de norte a sul e de leste a oeste. “O desenho dos 70 anos foi feito pelo artista Maikon Nery e simboliza o renascimento e o florescer do conhecimento trazido pelos livros. Nossa intenção é dar visibilidade à biblioteca pública e aos livros, porque sabemos da importância fundamental deles para a formação do ser humano e para a transformação da sociedade”, pontuou a diretora de Bibliotecas da Secretaria Municipal de Cultura, Leda Maria Araújo.

Foto: Emerson Dias

Atividades comemorativas – Além desse anúncio, a Secretaria Municipal de Cultura instalou a exposição fotográfica “70 anos da Biblioteca Pública de Londrina”, no saguão da Prefeitura de Londrina. Ela conta com 20 fotografias, que trazem a história do início do funcionamento da biblioteca, em 1951, e os projetos realizados nos dias atuais. A exposição ficará aberta ao público até o dia 30 desse mês. Depois, ela deve percorrer outros prédios públicos, como a Câmara Municipal de Londrina.

Foto: divulgação

Outra forma de comemorar o aniversário da Biblioteca Pública Municipal será a iluminação decorativa da fachada da biblioteca. Através de uma parceria com a Sercomtel Iluminação, o prédio da biblioteca será iluminada com as cores azul e verde, a partir de amanhã. Para isso, foram instalados quatro holofotes RGB em LED e três holofotes de vapor metálico. Outras cinco luminárias também foram colocadas no entorno da via pública para reforçar a iluminação decorativa do espaço.

Além dessas atividades, durante o ano, duas novas salas de exposição na Biblioteca Pública Prof. Pedro Viriato Parigot de Souza serão inauguradas. Uma delas será destinada à cultura afro-brasileira, que poderá ser utilizada pelos professores e alunos em geral, e outra sobre a cultura indígena, especialmente sobre a cultura kaingang.

O público também terá acesso a exposição “Memórias da Biblioteca”, com objetos e fotografias que contam a história da década de 1950 até hoje; exposição de obras especiais e raras na Sala de Exposições José Antonio Teodoro; Semana Nacional do Livro e da Biblioteca (em outubro); ciclo de palestras e debates sobre a importância das bibliotecas no século XXI; mediação da informação; exposição na sala afro-indígena e sobre os 100 anos da Semana de Arte Moderna Brasileira, de 1922. As comemorações do aniversário da Biblioteca Pública Municipal continuará até setembro de 2022.

Fonte: N.Com