Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias

Londrina é pioneira no curso de empreendedorismo espacial

terça, 06 de junho de 2023
Categoria


Serão disponibilizadas 40 vagas iniciais para início em julho e com aulas 100% presenciais

O prefeito Marcelo Belinati participa nesta terça-feira (6), em Londrina, do lançamento do curso de Desenvolvimento de Negócios com Produtos e Serviços Espaciais. A capacitação de formação profissional, ofertada pelo Instituto Federal do Paraná (IFPR), tem como objetivo formar empreendedores para que tenham conhecimento no desenvolvimento de startups que vão criar produtos ou serviços espaciais para o Brasil. A primeira turma inicia no mês que vem e deve contar com 40 vagas. Já o edital para as inscrições vai estar disponível no fim deste mês e traz como um dos requisitos ser maior de idade e ter o ensino médio completo.

O evento vai contar com a presença de várias lideranças e terá início às 9h30, na sede do IFPR, localizada na avenida da Liberdade, 855, zona norte. São participações confirmadas o presidente da Agência Espacial Brasileira (AEB), Carlos Augusto Teixeira de Moura, e o tecnologista na AEB, Cristiano Trein. A realização do evento na cidade conta com envolvimento da AEB, Fundação Araucária, a Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, a Prefeitura de Londrina, o Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel) e a deputada federal Luísa Canziani.

O chefe de Inovação e Empreendedorismo do IFPR, Rodolfo Barriviera, informou que o curso vai ser 100% presencial no campus da zona norte de Londrina e que o corpo docente também vai ser selecionado através de edital. “Poderão se candidatar apenas profissionais que sejam funcionários públicos federais e com experiência de docente”, pontuou.

O prefeito Marcelo Belinati expressou entusiasmo com essa novidade. Ele reforçou que Londrina é a primeira cidade no Brasil a receber esse curso. “Londrina tem a capacidade de executar grandes projetos e entregar resultados”, declarou.

O presidente do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel), Alex Canziani, contou que em março deste ano, enquanto esteve em uma missão em Brasília com lideranças do Ecossistema de Inovação da cidade, foi recebido pelo presidente da Agência Espacial Brasileira, Carlos Augusto Teixeira de Moura, e ouviu dele próprio o quanto Londrina é relevante pra investimentos nessa área. “É impressionante a quantidade de oportunidades que a Agência Espacial oferece de projetos em parceria com o governo federal. Eles já colocam Londrina no mapa do Brasil como uma das cidades que estão trabalhando para se viabilizar nesse sentido”, revelou.

Canziani também comentou que já roda em Londrina o Napi Space, que é um novo Arranjo Produtivo de Inovação voltado para a área espacial, junto ao governo do Estado e à Fundação Araucária.

Fonte: N.Com