Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Decoração: como utilizar as cores de 2021 em casa Decoração: como utilizar as cores de 2021 em casa

Decoração: como utilizar as cores de 2021 em casa

Wednesday, 16 de December de 2020
Categoria:

Cinza e amarelo foram escolhidas pela Pantone para marcar o ano com resiliência e esperança

As apostas para 2021 já estão lançadas, inclusive a paleta de cores que irá influenciar a moda até a arquitetura e decoração ao redor do mundo. A Pantone Color Institute, empresa americana de consultoria de cores, buscou inspiração na natureza e acaba de eleger o “Ultimate Gray” e “Illuminating Yellow” como as cores para o próximo ano.

Para a escolha, o time de pesquisadores da Pantone refletiu sobre as mudanças sociais impostas pela pandemia. Como o “Ultimate Gray” representa a coloração das rochas e pedras existentes há milhões de anos, a tonalidade é uma expressão de força e resiliência. Já a vibrante “Illuminating”, ligada ao sol, é a aposta para luz, esperança e positividade.

Assim como esses tons ditaram as passarelas das coleções de verão 2021 das notáveis marcas Prada, Gucci, Balmain e Givenchy, eles virão com tudo na decoração de interiores para criar um clima de otimismo, influenciando comportamentos e atitudes. Propostas certas após um ano em que todos viveram cercados de incertezas.

Como utilizar as cores de 2021 na decoração

De acordo com a arquiteta do Grupo A.Yoshii, Andressa Bassinelli, os tons são opostos, que se completam e criam um equilíbrio entre si. “Em muitos projetos de interiores e arquitetônicos, o cinza já era destaque há algum tempo. A cor pode ser utilizada em móveis, nas paredes ou em objetos decorativos em grandes proporções. Pertencente à cartela de tons neutros, o cinza combina com várias cores, como azul, laranja e amarelo – também eleita como cor de 2021”, explica Andressa.

Em vários apartamentos decorados da A.Yoshii observamos a predominância do cinza e, com o significado da cor, vai estar ainda mais em alta daqui para frente. “Em Curitiba, por exemplo, o cinza está presente na decoração e no mobiliário do quarto modelo do La Serena (empreendimento localizado no bairro Batel). Um tom mais escuro de cinza compõe muito bem com branco e dourado”, explica.

O Positano Residenza, localizado em Maringá, também possui o apartamento decorado com inspiração no tom. “Nesse empreendimento destaco a cozinha, que possui móveis, mesa, paredes e eletrodomésticos nessa cor, trazendo muita harmonia. E ainda, no Legend de Campinas, temos um quarto todo em cinza, com decoração, almofadas, mantas, móveis e o mármore também puxando para a cor”, observa a arquiteta.

Já o “Illuminating Yellow” é uma cor brilhante e com presença. A arquiteta explica que, utilizar o amarelo na decoração de casa traz uma vibração positiva e deve ser utilizada para destacar algum elemento. “Essa é uma cor muito alegre e marca presença. Pode ser aplicada em grandes locais, como uma parede, ou em detalhes, como em vasos, almofadas ou móveis. O amarelo combina com tons mais claros, como bege, branco, e cinza, é claro”, explica.

O apartamento decorado do Glória Residence, em Londrina, também conta com detalhes na decoração em tom amarelo. “Com a predominância da madeira no apartamento, essa cor é a melhor ‘amiga’ para trazer um ar mais clean e compor a decoração”, finaliza.

Grupo A.Yoshii – Fundado em 1965, o Grupo A.Yoshii já construiu mais de 2 milhões de m² do Sul ao Nordeste do Brasil, entre obras industriais, edifícios corporativos e residenciais, escolas, universidades, teatros e centros esportivos. É composto pela A.Yoshii Engenharia, com sólida atuação em construções de edifícios residenciais e comerciais de alto padrão em Londrina, Maringá, Curitiba e Campinas; pela Yticon Construção e Incorporação, que realiza empreendimentos econômicos, localizados em regiões de potencial valorização em municípios do Paraná e interior de São Paulo; pelo Instituto A.Yoshii, voltado para a inserção social e a democratização cultural; e atua em Obras Corporativas, atendendo a grandes corporações em suas plantas industriais, nos mais variados segmentos da economia, como papel e celulose, alimentício, químico, agronegócio, energia, assim como usinas sucroalcooleiras, centros logísticos, plantas automobilísticas, entre outros. Mais informações: www.ayoshii.com.br

Divulgação