Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Comércio de Londrina mostra bom desempenho na geração de empregos Comércio de Londrina mostra bom desempenho na geração de empregos

Comércio de Londrina mostra bom desempenho na geração de empregos

Thursday, 17 de October de 2013
Categoria:

Comércio alavanca empregos em Londrina

Segundo os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados na quarta-feira (16), pelo Ministério do Trabalho e Emprego, em setembro de 2013 foram criados 348 empregos celetistas no município de Londrina, o maior saldo para o mês nos últimos três anos.

Os setores que apresentaram os melhores desempenhos no mês, em números absolutos, foram: comércio, que gerou 400 postos de trabalho, a indústria de transformação com 82 novas vagas e o serviço de indústrias de utilidade pública gerou oito postos de trabalho.

A secretária do Trabalho, Emprego e Renda, Kátia Marcos Gomes, explicou que a grande contratação de profissionais para o comércio em Londrina deve-se à instalação de supermercados, restaurantes e shoppings centers novos na cidade. “Estes setores contrataram muitos profissionais através do Sine, mas, além disso, existem as contratações que foram para atender as lojas que atendem ao público infantil, por causa do Dia das crianças e aquelas que estão fazendo os preparativos para o natal. Em novembro também se espera que haja mais contratações para esta área, porque em dezembro as lojas começam a trabalhar com horário estendido”, explicou Kátia.

No acumulado do ano, o mercado formal de Londrina gerou 84.584 empregos, equivalente ao aumento de 2,99% em relação ao período de janeiro a setembro de 2012. Neste ano de 2013, o mês de setembro superou a expectativa, com saldo positivo de 348 novos empregos formais. Nos últimos dois anos, 2011 e 2012, o mercado de trabalho demonstrava uma queda no saldo de criação de novos empregos, com saldo de negativo de 195, em 2011, e de menos 121 postos de trabalho, em 2012.

Embora Londrina tenha apresentado número superior de admissões (8.722), em relação aos demais municípios do Paraná, houve queda na evolução do emprego formal, tendo em vista o número de desligamentos (-8.374), ocupando o 7º lugar no ranking de emprego formal dos municípios com mais de 30.000 habitantes.

Fonte: N.com