Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Médicos cubanos chegam a Londrina Médicos cubanos chegam a Londrina

Médicos cubanos chegam a Londrina

Wednesday, 30 de October de 2013
Categoria:

Mais Médicos – Londrina

Sete novos médicos chegaram hoje (30) a Londrina. Eles vão prestar atendimento à população usuária do Sistema único de Saúde (SUS), através do programa Mais Médicos para o Brasil. A Prefeitura conta agora com 14 médicos desse programa do governo federal. A recepção dos profissionais foi realizada durante a abertura do Encontro de Gestão em Redes de Atenção à Saúde de Londrina, que está sendo realizado no Hotel Sumatra, hoje e amanhã (31).

Os médicos vão trabalhar nas Unidades Básicas de Saúde do Conjunto Vivi Xavier, Conjunto Maria Cecília, Vila Ricardo, Armindo Guazzi, Conjunto Lindóia, Cafezal e no Distrito de Lerroville. Essas unidades foram selecionadas dada a grande área de abrangência em que atuam e a dificuldade para alocar profissionais de saúde nessas UBS. De acordo com a diretora de Atenção Primária à Saúde, Tatiane Almeida do Carmo, essas unidades estão em regiões carentes da cidade, que precisam de reforço no atendimento.

“Nas primeiras duas semanas os médicos passarão por treinamento dado pela Secretaria Municipal de Saúde. Após 14 dias, eles estarão atendendo efetivamente nas UBS as quais foram destinados. Assim, a unidade do Vivi Xavier, Maria Cecília, Armindo Guazzi e do Cafezal contarão agora com três equipes de saúde da família; já as unidades da Vila Ricardo, Lerroville e Lindóia terão duas equipes”, explicou a diretora.

Os profissionais cubanos são: Adalberto Jorge Hernandez Tamayo, Jordis Juan Pla Fuentes, Jose Enrique Echemendia Batista, Juan Aberto Santiaguez Hernandez, Juan Carlos Cabrera Villar, Mariano Otero Ismael e Thamara Felicia Otero Ysmael. Eles receberão mensalmente uma bolsa-salário no valor de R$ 10 mil reais, pagos pelo Ministério da Saúde, e uma ajuda de custo de cerca de R$ 1.800 para o auxílio moradia e alimentação, que são custeados pela Prefeitura de Londrina.

Fonte: N.com