Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Vacinação contra a Covid-19 em Londrina registrou quase 8 mil doses aplicadas Vacinação contra a Covid-19 em Londrina registrou quase 8 mil doses aplicadas

Vacinação contra a Covid-19 em Londrina registrou quase 8 mil doses aplicadas

Friday, 29 de January de 2021
Categoria:

O serviço é realizado por equipes da Secretaria Municipal de Saúde, e prossegue neste fim de semana em hospitais, asilos e demais unidades de saúde

A Prefeitura de Londrina atualizou o número de doses aplicadas da vacina contra a Covid-19. Nessa primeira fase da campanha, que começou com a chegada das doses no dia 19 de janeiro, Londrina já imunizou 7.844 pessoas. Os lotes recebidos para uso no município somam em torno de 16 mil doses, das vacinas Coronavac e Oxford/ AstraZeneca.

Seguindo o Programa Nacional de Imunização, do Ministério da Saúde, e o Plano Municipal de Imunização contra a Covid-19, a primeira fase abrange profissionais de saúde que têm contato direto com pacientes diagnosticados com Covid-19. Deste grupo prioritário, até às 21h de quarta-feira (27), foram aplicadas 7.289 doses.

A primeira fase da vacinação também é realizada entre trabalhadores e residentes de Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs). Nestas instituições, as equipes da Secretaria Municipal de Saúde vacinaram 555 pessoas.

Vacinômetro

Para que a população possa acompanhar o andamento da campanha, foi elaborado o Vacinômetro, que apresenta a quantidade de doses já aplicadas. O material é publicado nas redes oficiais da Prefeitura de Londrina e da Secretaria Municipal de Saúde, com dados atualizados até a noite anterior. Isso porque as equipes volantes realizam a vacinação pela manhã, tarde e noite, em diversos locais.

A iniciativa tem como objetivo manter a população londrinense informada com dados oficiais. Para o secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, é essencial garantir a transparência desse processo. “O vacinômetro é mais uma ferramenta criada para atualizar os londrinenses sobre a vacinação contra o covid-19, com o cuidado de repassar informações seguras de forma organizada. E também ajuda a combater notícias falsas, como houve esta semana, sobre um falso calendário de aplicação das vacinas, que rapidamente foi identificado por nossos profissionais e esclarecido”, disse o secretário.

Ao todo, cerca de 150 profissionais de saúde do Município estão trabalhando na vacinação, sendo 110 vacinadores.

Para sexta-feira (29), as equipes volantes devem realizar vacinação em hospitais particulares e filantrópicos, na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Jardim do Sol, Maternidade Municipal Lucilla Ballalai, Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do centro e zona leste.

No sábado (30), a Secretaria Municipal de Saúde retorna às ILPIs para vacinação de idosos e profissionais que ali atuam. A expectativa é concluir a aplicação da primeira dose para estes grupos prioritários.

Posteriormente, todas as pessoas imunizadas receberão também a segunda dose, seja da vacina Coronavac ou Oxford/AstraZeneca. A aquisição das vacinas é feita pelo Ministério da Saúde, com distribuição por meio governo estadual.

N.com