Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Londrina recebe Mostra de Arquitetura e Interiores Londrina recebe Mostra de Arquitetura e Interiores Londrina recebe Mostra de Arquitetura e Interiores

Londrina recebe Mostra de Arquitetura e Interiores

segunda, 23 de outubro de 2017
Categoria:

Mansão em frente ao Lago Igapó será palco de novas tendências da arquitetura e da arte em Londrina

Na ultima segunda-feira , o prefeito de Londrina, Marcelo Belinati, recebeu os organizadores da 1ª  Mostra de Arquitetura e Interiores (MAI) de Londrina, o arquiteto Renato Lincoln e o empresário, Douglas Trindade. A mostra trará show de música, dança, desfile de moda, gastronomia, design, beleza e arte. O evento acontecerá de 26 de outubro a 20 de novembro, na Rua Odécio Simíno, 6, em frente ao Lago Igapó.

Em uma mansão de 1.100 metros quadrados com quase 40 ambientes, construída em um terreno de 9 mil metros quadrados, os arquitetos de Londrina e região vão abusar da criatividade para a decorar os espaços. Cada ambiente contará com parceria de cerca de 15 empresas locais, por isso os organizadores acreditam que o evento movimentará até 350 empresários e fornecedores locais e cerca de R$ 2 milhões.

Para o prefeito, é importante que a Prefeitura estimule a elaboração de eventos na cidade para gerar mais desenvolvimento e mobilizar a economia local. “Isso movimenta a economia da cidade, os hotéis, os taxistas, as lanchonetes e restaurantes e os shoppings. É importante que a cidade estimule esse tipo de evento, porque são vários segmentos juntos que fazem a economia voltar a crescer e quanto mais ela cresce, mais a Prefeitura arrecada e tem mais recursos para investir em saúde, educação, segurança, geração de emprego e renda, além de novos negócios. No que depender da Prefeitura, estamos abertos e com um grupo trabalhando na captação de eventos para a cidade”, explicou.

A mostra pretende promover e discutir o universo da arquitetura e vai reunir as últimas tendências do mercado em moda. “Nossa intenção é oxigenar o mercado e fazermos renascer o status de arte da arquitetura, valorizando os profissionais locais e mostrando o potencial de Londrina. O evento é uma mostra que envolve cerca de 350 fornecedores e movimentará R$ 2 milhões, então o ambiente é todo montado para as empresas mostrarem seus produtos e tendências de mercado e para os profissionais de arquitetura, para que mostrem seus trabalhos e possam voltar a se destacar e atrair novos clientes”, explicou o arquiteto e organizador, Renato Lincoln.

 

Durante a mostra, os organizadores vão disponibilizar várias atrações diariamente. Haverá dia com food trucks, festival de massas, jantar beneficente, adega, chopp artesanal, cafeteria gourmet, tendências de moda, desfiles de roupas e acessórios; show de músicas de diversos estilos, como a Electro Beat Orchestra e apresentação do artista DJ Jesus Luz; workshops; eventos sócio culturais,  além de outras atrações especiais. A expectativa é receber cerca de 30 mil pessoas.

Segundo o presidente do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel), Nado Ribeirete, desde o início da gestão Marcelo Belinati existe uma preocupação com a atração de grandes eventos de negócio para a cidade, pois se sabe que com eles há a movimentação da economia local e coloca-se o nome da cidade em nível nacional. “É uma satisfação muito grande revermos a mostra em um novo formato, porque o arquiteto tem o talento de transformar arte em negócio. O prefeito tem nos cobrado para fazermos Londrina voltar ao cenário, com os grandes talentos que temos aqui, principalmente na área da construção civil, que se tornou referência. Londrina está começando a soprar ventos positivos e isso com a ajuda de todos”, disse.

A mostra ficará aberta ao público de segunda a sexta-feira, das 16h às 22 horas. Já nos sábados ficará aberta das 11h às 22 horas. No domingo e nos feriados funcionará das 11h às 20 horas. A entrada estará livre para maiores de 16 anos e os menores devem estar acompanhados por seus pais. Parte do custo do ingresso será revertido para trabalhos sociais. A entrada inteira custa R$ 10,00 e a meia R$ 5,00 mais um quilo de alimento não perecível.

Já estão confirmados como parceiros as empresas Deca, AsBea, Hydra, Jacuzzi, Riolax, Unimed, Cerâmica Portinari, Todeschini, Bontempo e grandes indústrias do ramo.

Fonte: N.Com