Exame Nacional para Jovens e Adultos abre inscrições

segunda-feira, 7 de agosto de 2017 A partir deste ano, o ENCCEJA substitui o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para certificação dos ensinos fundamental e médio

O cidadão que não conseguiu concluir seus estudos na idade adequada e que deseja ter os certificados dos ensinos fundamental e médio, poderá se inscrever no Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (ENCCEJA). A prova é gratuita e, a partir de agora, substituirá o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para certificação dos ensinos fundamental e médio.

As inscrições abriram às 10 horas, desta segunda-feira (7), e encerram às 23h59 do dia 18 de agosto. Para participar é preciso se inscrever no endereço eletrônico  http://enccejanacional.inep.gov.br/encceja/#!/primeiroAcesso.

Podem se inscrever as pessoas com mais de 15 anos para o ensino fundamental e mais de 18 para o ensino médio. Os testes serão aplicados em cerca de 20 escolas de Londrina, no dia 8 de outubro, nos turnos matutino e vespertino, a partir das 8h e das 14h30, respectivamente.

No ato da inscrição, o interessado deve selecionar qual série deseja receber a certificação, caso aprovado. Dessa forma, poderá adquirir o diploma de ensino fundamental ou médio. A equivalência pelo ENCCEJA é ofertada pelo Ministério da Educação (MEC), por meio do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (INEP).

Nas provas para a equivalência no Ensino Fundamental, o participante será questionado acerca dos conhecimentos em língua portuguesa, estrangeira, artes, educação física, matemática, história, geografia e ciências naturais. Para o Ensino Médio, são quatro grandes áreas que abrangem as tecnologias vinculadas às linguagens, códigos, matemática, ciências humanas e ciências da natureza.

Até 2016, o governo federal fazia uso do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) para avaliação da qualidade do ensino e como instrumento de certificação do ensino fundamental e médio. Este ano, com a publicação da Portaria nº 468, de 3 de abril de 2017, a certificação das séries iniciais passou a ser do ENCCEJA, tanto para residentes no Brasil quanto no exterior.

Para a coordenadora de Educação para Jovens e Adultos (EJA) Fase I da Secretaria Municipal de Educação (SME), Déborah Flora dos Santos, a certificação é necessária, pois existem várias pessoas que têm o conhecimento e a competência da leitura, da escrita e de cálculo, mas não possuem diplomas comprovando essa situação. Assim, por meio do teste, elas poderão receber a certificação.

O edital n° 43, de 24 de julho, contendo as informações sobre as datas do processo de exame aplicado pelo INEP pode ser acessado no Diário Oficial da União, por meio do endereço eletrônico https://goo.gl/vgcRW8. Outras informações também podem ser obtidas no site do INEP (http://portal.inep.gov.br/encceja).

Fonte: Divulgação