Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Universidade Aberta do Brasil divulga atividades em Londrina Universidade Aberta do Brasil divulga atividades em Londrina

Universidade Aberta do Brasil divulga atividades em Londrina

Monday, 30 de May de 2016
Categoria:

O primeiro curso de nível superior, a ser ofertado pela UAB,
será Licenciatura em Letras. Vestibular deve acontecer em julho deste ano


O polo presencial da Universidade Aberta do Brasil (UAB), em
Londrina, está com inscrições abertas para a oficina de “Design de sobrancelhas
e Henna”. Ela acontecerá na segunda-feira (6), das 14h às 17h, na sede do polo,
que fica na Rua Luís Brugin, 615, em um prédio anexo ao Complexo Esportivo
Maria Cecília, na região norte de Londrina.

Ao todo, são 30 vagas disponíveis e a ministrante será a
maquiadora profissional e designer de sobrancelhas, Josíane Sola. O curso é
inteiramente gratuito e voltado para os moradores da região norte. Para
participar é preciso preencher uma ficha de inscrição disponível no polo
presencial e, no dia da oficina, é necessário ter em mãos lápis, borracha e uma
régua comum. As inscrições também podem ser feitas ,em horário comercial, na
Avenida Saul Elkind, 998.

Segundo a coordenadora da UAB-Ld, Valéria Duarte, a intenção
é oportunizar para a população local um curso para iniciantes. “Como estamos
vivenciando um período em que o desemprego está crescendo, pensamos em
organizar uma atividade em que qualquer pessoa pudesse participar e que abrisse
mais portas no mercado de trabalho, tanto para aqueles que já atuam no ramo da
beleza quanto para os iniciantes”, explicou.

Novas parcerias –
Além desse curso, a coordenadora da Universidade Aberta do Brasil em Londrina
explicou que está buscando novas parcerias de capacitação profissional com
pessoas físicas, com a rede municipal de serviços e instituições de ensino
superior. A intenção é utilizar o espaço, durante as manhãs e as tardes, para
oferecer cursos, oficinas, capacitações, encontros de grupos de trabalho,
palestras e outras ações para a comunidade.

Valéria destacou que o polo Londrina é um ganho muito grande
para a população da região norte, que tem o direito de frequentar uma
instituição pública de ensino, de qualidade, gratuita, e perto de sua
residência. “Sabemos que a educação promove a mudança social e, por isso,
estamos procurando ocupar os espaços do polo presencial com cursos e outras
atividades diurnas, além das graduações que pretendemos trazer no período da
noite. Essa foi uma preocupação da secretária municipal de Educação, Janet
Thomas, que nos pediu para aproveitarmos todo o espaço da melhor maneira
possível.”

Até o momento, foram realizadas reuniões de apresentação e
mostra de intenções com os coordenadores do Projeto Economia Solidária e Casa
da Mulher, do Centro Cultural Lupércio Luppi, da Policlínica e CAPS, e com a
Cooperativa dos Trabalhadores Autônomos do Jardim Campos (Cooperdol).

Além desses órgãos públicos e particulares, os organizadores
da UAB estão em busca de parcerias com Instituições de Ensino Superior. A
Universidade Estadual de Maringá (UEM) já é parceira e transmitirá as aulas
para a Licenciatura em Letras.

Vestibular – O
primeiro curso de nível superior, a ser ofertado pela UAB, será Licenciatura em
Letras. As aulas serão ministradas, nas segundas-feiras à noite, pelos
professores da Universidade Estadual de Maringá (UEM), através da modalidade
EAD (Ensino à Distância). Os alunos que não tiverem acesso a um computador com
conexão à internet, poderão assisti-las no polo presencial. Lá, estarão
disponíveis 24 máquinas.

Para participar, o estudante deverá ter concluído o ensino
médio, ter sido aprovado no vestibular e cumprir as exigências previstas em
edital. A expectativa é que o certame público para Licenciatura em Letras
aconteça em julho deste ano.

Outro curso que está em negociação é o de Bacharel em
Educação Física, ministrado por professores da Universidade Estadual de Ponta
Grossa (UEPG). As aulas deverão ser semi-presenciais e utilizarão todo o espaço
do Complexo Esportivo Maria Cecília, que conta com piscinas, quadras esportivas
e salas. Este curso ainda não tem previsão para início.

Fonte: N.Com

Mais detalhes:

Sobre a UAB - A Universidade Aberta do Brasil (UAB) foi criada pelo Ministério da Educação (MEC), em 2005, com o objetivo de ampliar a oferta de cursos superiores em instituições públicas, seja de graduação ou pós-graduação, principalmente para o interior do Brasil. Para isso, o programa articula as ações entre as instituições públicas de ensino superior e os governos municipais e estaduais. Todos os cursos recebem certificado, sendo que o diploma de ensino superior EAD tem a mesma validade de um curso ministrado presencialmente e sairá com o nome da universidade ministrante.