Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Secretaria promove ações no ?Dia Mundial contra Hepatite?

Secretaria promove ações no ?Dia Mundial contra Hepatite?

Thursday, 28 de July de 2011
Categoria:

A Organização Mundial de Saúde (OMS) definiu o 28 de julho, como o Dia Mundial contra Hepatites Virais. A data visa conscientizar a população sobre os riscos da doença, que virou um problema de saúde pública de alcance mundial. E, para comemorar a data de hoje (28), a Secretaria Municipal de Saúde desenvolveu várias atividades.

Ao longo desta semana, palestras, panfletagens e outras ações preventivas estão sendo realizadas. A vacinação contra hepatite ocorre normalmente nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). No entanto, houve uma ampliação do público alvo, ou seja, menores de 30 anos também podem se vacinar.

?Especificamente, as vacinas de hepatite B continuam para os menores de 19 anos. Com a semana mundial contra hepatite, estamos ampliando a vacinação até pessoas com 30 anos e gestantes. Isso vai prevalecer o ano todo?, explicou a gerente de Epidemiologia da Secretaria Municipal de Saúde, Léia Pereira.

Um dos objetivos da Secretaria de Saúde é criar mecanismos que informe a população sobre os perigos e cuidados da doença. ?Ao saber dos riscos, a população busca, na UBS, a forma de prevenir. A vacina é muito eficaz. Qualquer um estará protegido. A meta para Londrina em 2011 é vacinar 121.400 pessoas?, destacou Léia.
 
Pela manhã, candidatas à Miss Teenager Brasil 2011, concurso nacional realizado em Londrina, participaram de uma palestra sobre o tema. ?A faixa etária das participantes é condizente com a da vacinação contra hepatite. É importante que as informações cheguem ao conhecimento de todos? afirmou.

Durante a semana, o Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) também vai colaborar com as ações do município. O CTA disponibilizará coleta de exames das 8h30min às 14h30min, além de ceder marcadores virais para Hepatite B e C.

A referência para o acompanhamento dos casos crônicos é o ambulatório de hepatites no Cismepar. O Hospital das Clínicas/HU também tem ambulatório de hepatite.

Em 2008, foram registrados 74 casos de hepatite B; 2009 ficou marcado com 90 casos; e 2010 apenas 71. Já os casos relacionados de hepatite C marcaram 2008 com 55 casos da doença; 2009 apontou queda para 38 casos registrados e, ano passado, 62 caos.

Sobre a Hepatite

Os sinas e sintomas das hepatites virais (B e C) são: febre, vômitos, mal-estar, dor abdominal, enjoo/náuseas, perda de apetite, urina escura (cor de coca-cola), icterícia (olhos e pele amarelados), fezes esbranquiçadas.

Para se prevenir, a pessoa deve lavar as mãos, após ir ao banheiro, trocar fraldas e, antes de comer ou preparar alimentos, lavar bem os alimentos que são servidos crus; vacinar-se contra a hepatite B (três doses); usar camisinha nas relações sexuais; exigir material esterilizado e descartável; não compartilhar escovas de dente, lâminas de barbear ou depilar, entre outras formas de prevenção.

Os indivíduos com infecção crônica funcionam como reservatórios dos respectivos vírus, tendo importância epidemiológica, por serem os principais responsáveis pela perpetuação da transmissão.

Fonte: N.com