Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Rolândia abraça você Rolândia abraça você

Rolândia abraça você

Friday, 03 de February de 2017

Apesar de ainda não ter um turismo organizado, o município possui tradição germânica e potencial de visitação, que vêm sendo explorados

O município de Rolândia, localizado no norte do Paraná, ainda não tem um turismo organizado, mas conta com locais de visitação com grande potencial para atrair interessados. A frase “Rolândia abraça você”, escrita no portal na entrada da cidade, acaba sendo um convite para conhecer restaurantes, cafeterias  e espaços arquitetônicos que ainda preservam a tradição alemã.

Flávia Galbero Costa, turismóloga local, afirmou que há atividades isoladas, em espaços urbanos e rurais. “Rolândia possui um potencial fantástico, que se manifesta em sua história, religiosidade, arquitetura, gastronomia e lugares que apresentam uma beleza bucólica e encantadora, porém, com muitas ações isoladas, principalmente no que diz respeito a eventos e atividades culturais”, disse.

Outros locais, fora da área urbana, também recebe grupos de outras regiões do Estado. A Fazenda Bimini, cujo proprietário, Daniel Steidle, realiza atividades de educação ambiental, recebendo escolas e grupos de entidades. Já o Spa Recanto das Figueiras é responsável por promover o turismo na área de saúde e tratamentos terapêuticos.

 

O norte pioneiro também possui atrações naturais (Foto: Divulgação)

O norte pioneiro também possui atrações naturais (Foto: Divulgação)

O turismo em Rolândia tem um calendário marcado por altos e baixos, mas repletos de eventos, como a Erntedankfest – festival promovido pela Igreja Luterana e que tem tradição histórica na cidade – e a Oktoberfest, conhecida festa gastronômica germânica. Passeios ciclísticos, como a Volta do Alemão e o Bode Bike se unem aos Caminhos de São José para oferecer alternativas de turismo e lazer. A caminhada anual é feita na também histórica Estrada do São Rafael, local cujas belezas naturais permanecem preservadas.

No turismo urbano, prédios como o comercial Bremencenter (antigo Hotel Rolândia) chamam a atenção por perpetuar a arquitetura alemã. “Não se pode dizer que temos o turismo desenvolvido, efetivamente, se não trazemos visitantes de fora do município, com certa frequência, e que permaneçam no município por mais de um dia. O desafio agora é trabalhar os pontos isolados, transformando-os em roteiros e criando a ideia de cidade turística”, conta Flávia.

 

Cidade é opção para quem gosta da cultura alemã (Foto: Daiane Valentin)

Cidade é opção para quem gosta da cultura alemã (Foto: Daiane Valentin)

Atividades turísticas

As informações sobre os locais e as ações para promover o turismo foram organizadas em um inventário turístico, para a criação do Plano Municipal de Turismo. Os documentos foram entregues ao prefeito no início de 2017 para pleitear verbas municipais para as atividades turísticas. Ainda segundo a turismóloga, além do resgate e da preservação da história e cultura locais, o turismo organizado pode contribuir com a geração de renda do município, valorizando o trabalho de produtores rurais e artesãos.

Os artesãos da cidade se organizaram para promover feiras mensalmente no espaço Sabor e Arte. O Espaço funcionará no anexo do Ginásio de Esportes Emílio Gomes. A inauguração já tem data marcada: dia 11 (sábado) de fevereiro, das 9h às 17h.

Locais para visitar

Além dos locais já citados, outros pontos em Rolândia merecem visitas, como a Igreja Matriz São José, Museu Japonês, Capela do São Rafael, Cine Paiolzão na Fazenda Bimini, Museu Municipal, Terminal Skate Plaza, Praça Castelo Branco, Estátua Roland e Pousada das Alamandas. Rolândia também recebe a tradicional Oktoberfest no mês de outubro.

Fonte: Pretexto/Daiane Valentin