Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Maratona fotográfica ‘Clic o seu amor por Londrina’ divulga resultados Maratona fotográfica ‘Clic o seu amor por Londrina’ divulga resultados Maratona fotográfica ‘Clic o seu amor por Londrina’ divulga resultados

Maratona fotográfica ‘Clic o seu amor por Londrina’ divulga resultados

Tuesday, 26 de September de 2017
Categoria:

Além das fotografias premiadas, a maratona atribuiu 10 menções honrosas

As maratonas fotográficas são estratégias de documentação fotográfica do projeto de pesquisa “A História de Londrina contada por imagens”, desenvolvido na Universidade Estadual de Londrina, sob coordenação do professor Paulo César Boni. O projeto pretende, ao longo de 20 anos, de 2001 a 2020, documentar as transformações paisagísticas rurais e urbanas de Londrina. “Uma das grandes vantagens desse projeto é a multiplicidade de olhares. Não se trata de apenas uma pessoa documentando fotograficamente as transformações, mas sim de centenas de olhares diferentes das pessoas que participam das maratonas. Em suma, são centenas de pontos de vista, centenas de modos de pensar, centenas de formas de enxergar e de declarar o seu amor a Londrina”.

 Vencedores

Uma fotografia que registra a intensidade e a velocidade das transformações urbanas de Londrina foi a vencedora da VIII Maratona Fotográfica Clic o Seu Amor por Londrina. A imagem, tomada por Georges Garcia, que mostra a demolição de uma antiga edificação em alvenaria, em primeiro plano, e dezenas de prédios recém-construídos, em segundo plano, registra, com a eficiência da fotografia documental e com a plasticidade da fotografia estética, a velocidade e a intensidade desse momento.

Maratona fotográfica ‘Clic o seu amor por Londrina’ divulga resultados - LondrinaTur

Georges Garcia 

Em segundo lugar ficou classificada a fotografia que registra a felicidade da torcida do Londrina Esporte Clube no Estádio do Café. Depois de anos de maus resultados e agenda de jogos interrompida no segundo semestre, o LEC voltou a ser, todos os anos, um dos favoritos ao título do campeonato paranaense e a disputar a série B do campeonato brasileiro, com agenda cheia o ano todo. A fotografia, tomada por Edson José Holtz Leme, registra o estádio lotado, a torcida unânime vestindo a camisa do time e alguns torcedores extrapolando fantasiosamente sua alegria com o desempenho do Tubarão.

Maratona fotográfica ‘Clic o seu amor por Londrina’ divulga resultados - LondrinaTur

Edson José Holtz Leme

Os ares de megalópole, de cidade cosmopolita, deram à fotografia de Roberto Ferreira dos Santos o terceiro lugar no concurso fotográfico. Trata-se de uma imagem noturna, tomada na Gleba Palhano, que destaca o Shopping Aurora em meio aos imponentes prédios da gleba. Essa imagem documenta o processo de transformação urbana, posto que na maratona passada (2015), o shopping estava em fase final de construção e nesta maratona (2017) está em pleno funcionamento, tornando-se uma referência espacial não só na Gleba Palhano como na cidade de Londrina.

Maratona fotográfica ‘Clic o seu amor por Londrina’ divulga resultados - LondrinaTur

Roberto Ferreira dos Santos

Para o professor Paulo César Boni, do Departamento de Comunicação da Universidade Estadual de Londrina, coordenador da maratona, as três fotografias vencedoras espelham bem a proposta do concurso. “A fotografia vencedora é uma síntese do objetivo das maratonas, que é documentar as transformações paisagísticas urbanas e rurais de Londrina ao longo de 20 anos”. Segundo ele, que fala pela Comissão Julgadora, “trata-se de uma imagem que contrasta com inteligência, técnica e plasticidade a velocidade desse momento de transformação urbana”.

A fotografia classificada em segundo lugar, de acordo com o professor, “registra a intensidade da comemoração da torcida pelo time da cidade”. O professor assegura que essa fotografia é um retrato fiel do “espírito” das maratonas, que é “declarar o seu amor por Londrina por meio de fotografias”. “É a inserção do ser humano na paisagem urbana”, explica. Para ele, nesse caso, o ser humano extrapola o registro iconográfico na superfície bidimensional que é a fotografia. “Trata-se de uma fotografia que, mais que elementos materiais, consegue registrar o sentimento, a identidade, o orgulho, o amor do londrinense com seu time e com sua cidade, ou seja, é uma fotografia muito forte”, finaliza.

A fotografia classificada em terceiro, segundo o professor, “é um registro da essência do concurso, pois documenta o processo de transformação urbana”. Segundo ele, as maratonas visam, a cada dois anos, documentar as transformações para que elas se tornem visíveis e cronológicas. Neste sentido, na maratona passada, o Aurora era um prédio em fase final de construção, hoje é uma realidade comercial e paisagística. “Em 2020, quando faremos uma megaexposição, com fotografias de todas as maratonas fotográficas realizadas desde 2001, a população terá oportunidade de acompanhar todo esse processo de transformação”, explica o professor, e garante: “As pessoas vão ficar boquiabertas ao ver a velocidade com que essas transformações ocorreram. Na maratona de 2001, por exemplo, a Gleba Palhano era roça e a Avenida Ayrton Senna não passava de um carreador de terra batida”.

Menções honrosas

Além das fotografias premiadas, a VIII Maratona Fotográfica Clic o Seu Amor por Londrina atribuiu 10 Menções Honrosas e classificou outras 87 fotografias para o Banco de Imagens que alimenta o projeto. Essas 100 fotografias serão expostas de dezembro a fevereiro na Vectra Construtora, na Rua Bento Munhoz da Rocha Neto, 1225, às margens do Lago Igapó II. A exposição é uma homenagem ao 87º aniversário de Londrina. Na abertura da exposição ocorrerão a premiação dos vencedores (R$ 3.000,00 para o primeiro, R$ 2.000,00 para o segundo e R$ 1.000,00 para o terceiro) e o lançamento do calendário fotográfico de mesa com as imagens vencedoras e agraciadas com Menções Honrosas.

“As Menções Honrosas são atribuídas a fotografias que são plasticamente muito bonitas, são tecnicamente muito bem feitas ou registram uma visão inédita do fotógrafo”, explica o professor Paulo Boni. Nesse concurso foram agraciadas com Menções Honrosas imagens que registraram com maestria a essência da fotografia, que é a luz, a composição, o ângulo de tomada e até a “sacada” de alguém que “simplesmente” (simplesmente?) fotografou dois pés, um na antiga configuração do calçadão (de petit pavet) e o outro em sua atual configuração (de paver). “Isso foi uma sacada sensacional, uma fotografia simples, que poderia ter sido tomada com qualquer câmera fotográfica. O importante foi a percepção do fotógrafo em registrar dois importantes momentos de um dos ícones de Londrina”, justifica o professor.

Comissão julgadora

Prof. Paulo César Boni (representante da UEL);

Ronaldo Ronan Rufino (representante do Foto Clube de Londrina);

Gina Mardonez (representante da Folha de Londrina);

Wilson Grandi (vencedor da maratona anterior); e

Flávio Menolli (professor de fotografia da FEMA de Assis).

Julgamento da VIII Maratona Fotográfica Clic o Seu Amor por Londrina: realizado dia 17 de setembro de 2017, domingo, na Sala 627 do Centro de Educação, Comunicação e Artes (CECA) da Universidade Estadual de Londrina (UEL).

Resultado completo: www.clicoseuamor.com.br

Fonte: Divulgação