Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Londrinenses concorrem, em Brasília, ao Prêmio Sebrae Mulher de Negócios Londrinenses concorrem, em Brasília, ao Prêmio Sebrae Mulher de Negócios

Londrinenses concorrem, em Brasília, ao Prêmio Sebrae Mulher de Negócios

Wednesday, 02 de March de 2016
Categoria:

Cerimônia de premiação nacional ao empreendedorismo feminino
acontece hoje (3), na sede do Sebrae Nacional

Vencedoras do Prêmio no PR, Albertina Ambiel Jung, Gladys Mariotto Rodrigues e Vanessa Cotrin Silva

Elas já são vencedoras no Estado e, agora, podem mostrar o
seu trabalho em nível nacional e ser as grandes vencedoras do Prêmio Sebrae
Mulher de Negócios. As empresárias Albertina Ambiel Jung, de Floresta, Gladys
Mariotto Rodrigues, de Curitiba, e Vanessa Cotrin da Silva, de Londrina,
embarcam para Brasília (DF), hoje (3), para
participar da cerimônia que premiará as grandes iniciativas do empreendedorismo
feminino no Brasil, no Prêmio Sebrae Mulher de Negócios.

Elas estão entre as 58 empresárias brasileiras, também
vencedoras em seus estados, que foram selecionadas nas categorias de
microempreendedora individual (para negócios com faturamento bruto anual de até
R$ 60 mil), pequenos negócios (para empresas que faturam até R$ 3,6 milhões ao
ano) e produtora rural. No total, foram 13.906 inscrições de todo o Brasil em
2015, sendo 1.309 somente no Paraná, um recorde de inscrições para o Estado.

“No Brasil, a cada quatro empresas abertas, três são
comandadas por mulheres. No Paraná, esse percentual não é diferente e, cada vez
mais, as mulheres estão investindo no empreendedorismo, utilizando essa
capacidade natural que elas têm de empreender e alcançar grandes resultados”,
garante Lucas Hahn, consultor do Sebrae/PR. “Além de participarem do prêmio,
elas fazem um autodiagnóstico e recebem uma série de análises de seu negócio, o
que as estimulam para continuar a melhoria na gestão empresarial”, acrescenta.

Realizado desde 2004, o prêmio é desenvolvido pelo Sebrae em
parceria com a Secretaria de Política para as Mulheres (SPM), a Federação das
Associações de Mulheres de Negócios e Profissionais do Brasil (BPW) e apoio
técnico da Fundação Nacional de Qualidade (FNQ), com o objetivo de reconhecer
mulheres que transformaram sua realidade, por meio do empreendedorismo, e que
agora são inspiração para futuras empreendedoras.

Na premiação em Brasília, as empresárias serão recebidas com
um café da manhã e, na sequência, está previsto um painel com a participação da
embaixadora dos Estados Unidos, Liliana Ayalde, e da empresária Agda Oliver, proprietária
do Meu Mecânico e vencedora da edição 2012. 
A cerimônia contará, ainda, com os pronunciamentos da ministra das
Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, Nilma Gomes; da secretária da
SPM, Eleonora Menicucci; e do presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos.

As nove empresárias ganhadoras da fase nacional do Prêmio
Sebrae Mulher de Negócios, sendo primeiro, segundo e terceiro lugar em cada
categoria, receberão uma viagem para capacitação dentro do País, além de um
selo de vencedora nacional. Já as três empreendedoras que conquistarem o
primeiro lugar terão direito, também, a uma viagem internacional. Como
resultado, explica Lucas Hahn, “elas recebem o reconhecimento por seu trabalho,
pela contribuição e importância social que realizam no entorno de onde vivem,
assim como estimulam e servem de exemplo para tantas outras mulheres que querem
se tornar empreendedoras de sucesso”.

Expectativas

“Já me sinto uma grande vencedora.” é assim que diz se
sentir a proprietária da Mel Floresta, Albertina Ambiel Jung, vencedora
estadual na categoria Produtora Rural, da cidade de Floresta, localizada a 20
quilômetros de Maringá. “Confesso que nunca esperei estar entre tantas
empresárias conceituadas do País. Sinto a grande responsabilidade de
representar as mulheres paranaenses e isso é um grande orgulho, ainda mais
porque jamais achei que chegaria onde cheguei”, relata a produtora de mel.

Albertina Jung, juntamente com o seu marido e sócio no
empreendimento da apicultura, é pioneira na produção de mel na região. O
empreendimento começou com duas caixas de abelhas e produção de forma
totalmente artesanal, comercializando apenas 20 litros. Hoje, a Mel Floresta
possui 100 caixas de abelhas e produz quase uma tonelada e meia de mel por ano.
“Estou na torcida pela etapa nacional e me sinto muito realizada por toda a
trajetória que me trouxe até onde estou. Estou cheia de energia para ir além”,
diz a empresária.

Com a Já Entendi, um portal educacional que utiliza a
metodologia de aprendizado por meio de mapas mentais e plataformas visuais para
ensinar jovens e adultos, a empresária Gladys Mariotto Rodrigues superou
dificuldades pessoais e educacionais e conseguiu se destacar no Prêmio Sebrae
Mulher de Negócios. A ideia nasceu quando, após o divórcio, Gladys decidiu voltar
a estudar. Ao descobrir ter déficit de atenção, começou a pesquisar e a
desenvolver intuitivamente a metodologia de aceleração de aprendizagem.
“Comecei sozinha, com poucos recursos, na despensa da minha casa”, conta.

A iniciativa cresceu, ganhou prêmios, se tornou um negócio,
e hoje, com pouco mais de três anos, a solução já conta com 15 profissionais
para a elaboração dos conteúdos que vão desde disciplinas do ensino médio até a
educação profissionalizante, atendendo pessoas físicas e grandes empresas e
crescendo cerca de 300% a cada seis meses. “Foi o Sebrae que me ajudou a
construir meu plano de negócios e a formalizar a empresa. Tive muitas
dificuldades, sim, que me fizeram mais forte para melhorar. Ser empresária é um
desafio constante, mas quero continuar crescendo nesse caminho e mostrar para
outras mulheres a realidade, que é possível, basta acreditar”, defende Gladys.

A história da microempreendedora individual Vanessa Cotrin
da Silva, de Londrina, que comanda a empresa Doug Pop, também chamou a atenção
da comissão julgadora do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios 2015. Seu ‘faro’
empreendedor foi decisivo para que ela conseguisse inovar nas vendas de pipoca,
após herdar o negócio do sogro. Vanessa deixou o emprego e investiu em
inovação, com embalagens e uniformes personalizados para diferenciar seu
produto, na substituição das velhas panelas por novos utensílios, além de
envelopar o carrinho para melhorar o visual e a comunicação com os clientes.

A empresária se diz surpresa com a vitória, diante de tantas
histórias de superação inscritas no Prêmio. “Perdi a fala, de emoção. é uma
alegria muito grande saber que sua história pode incentivar outras mulheres a
empreenderam a mudarem de vida. O Prêmio é um degrau para o crescimento, pois
lembramos nossos erros e acertos. A dificuldade é comum a todas empreendedoras,
por isso recomendo as paranaenses participar do concurso. é uma experiência
única”, destaca Vanessa.

Para a consultora do Sebrae/PR, Marielle Rieping, o Prêmio
Sebrae Mulher de Negócios não é para qualquer empresária. é para aquela que
tanto transformou a sua história de vida, como transformou a gestão da sua
empresa e a vida de muitas pessoas em sua volta. “Encontramos empresárias
incríveis, inovadoras e líderes, com imenso potencial de realização. Esse poder
transformador é o grande diferencial hoje no mercado, para qualquer empresa, e
o Prêmio Sebrae Mulher de Negócios reconhece esta transformação, premia e
também inspira, legitimando ainda mais essa transformação”, assinala a
consultora.

Fonte: Divulgação

Foto – Kiko Sierich

Mais detalhes:

Sobre o Sebrae/PR O Sebrae/PR ? Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Paraná é, para quem já é ou quer ser empresário, a melhor opção para obter informação e conhecimento. Criado na década de 1970, o Sebrae é a instituição que mais entende de pequenos negócios, no campo e na cidade, e possui a maior rede de atendimento do País. No Paraná, conta com 6 regionais e 13 escritórios. A instituição chega aos 399 municípios por meio de Pontos de Atendimento, Salas do Empreendedor e parceiros locais, como associações, sindicatos, cooperativas, órgãos públicos e privados. O Sebrae/PR oferece palestras, orientações, capacitações, treinamentos, projetos e programas, soluções com foco em ambiente de negócios; educação empreendedora; empreendedorismo e gestão; empresas de alto potencial e potencialização; liderança; e startups.