Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias

Fundação de Esportes reserva espaço para torcida autista no Estádio do Café

sexta, 06 de janeiro de 2023
Categoria


O espaço preferencial vai destinar 20 cadeiras para pessoas com autismo e seus familiares aproveitarem os jogos no Estádio do Café

A Fundação de Esportes de Londrina (FEL) irá lançar, nesta sexta-feira (6), novo espaço preferencial no Estádio do Café destinado às pessoas com autismo e suas famílias. O anúncio oficial será feito às 16h pelo presidente da FEL, Marcelo Oguido, no próprio Estádio do Café, localizado na Avenida Henrique Mansano, 889.

A iniciativa partiu de um pedido feito pelo fundador do Movimento de Inclusão Torcida Tubautistas, Matheus Dantas, que estará presente no lançamento acompanhado de outros integrantes do grupo. Atendendo essa solicitação, a FEL vai disponibilizar 20 assentos no setor de cadeiras cativas do estádio, na parte superior direita, sinalizadas com um adesivo indicando prioridade a autistas e seus familiares.

Além de ficar em uma área mais tranquila do Café, o espaço selecionado fica próximo às saídas, para melhor as necessidades dos seus ocupantes e seus acompanhantes. O Estádio do Café será o quarto do país a aderir à inclusão para torcida autista. Os outros estádios com área reservada para autistas são o Estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba; a Neo Química Arena, em São Paulo; e o Estádio Eládio de Barros Carvalho, em Recife.

O presidente da FEL, Marcelo Oguido, reforçou a importância de políticas de inclusão serem aplicadas em locais como o Estádio do Café, que acabou de passar por reformas para melhorias da acessibilidade. “Acabamos de terminar uma obra no Estádio do Café visando a inclusão de deficientes físicos, visuais e pessoas em cadeiras de rodas. E seria essencial atender também essa causa tão importante, que é a dos autistas. É importante dar condições e acessibilidade a todos, por isso buscamos oferecer esse espaço o mais rápido possível, para que na estreia do Londrina Esporte Clube em 2023 esteja essa torcida completa”, destacou.

Após ser diagnosticado com Transtorno do Espectro Autista, Matheus Dantas fundou a Torcida Tubautistas para conscientizar a comunidade sobre o autismo junto à sua grande paixão, o Londrina Esporte Clube (LEC). A Tubautistas surgiu buscando a inclusão dos torcedores autistas na torcida do LEC.

Para Dantas, a conquista das cadeiras reservadas é um passo gigantesco na inclusão autista, permitindo que essas pessoas compareçam aos jogos do Londrina para torcer, ao mesmo tempo em que têm suas necessidades reconhecidas e atendidas. “A gente luta tanto por esses espaços e é muito importante termos locais projetados e adaptados para atender pessoas com autismo. O torcedor autista tem o direito de estar dentro do estádio, torcer pelo Tubarão, vibrar e se divertir, são direitos. E termos esse espaço reservado no Estádio do Café é uma grande vitória. É um gol de placa da Prefeitura de Londrina, por meio da Fundação de Esportes, e do Movimento de Inclusão Torcida Tubautistas”, declarou.

Fonte: N.Com