Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Vacinação contra a gripe é prorrogada até 30 de junho

Vacinação contra a gripe é prorrogada até 30 de junho

Monday, 15 de June de 2020

Objetivo principal da prorrogação da campanha é imunizar crianças, gestantes e mulheres em pós-parto

Foto: Arquivo

Para atingir o público-alvo da vacinação contra a gripe, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Londrina prorrogou até 30 de junho a campanha deste ano. A intenção é imunizar aproximadamente 160 mil pessoas no município. Até o último levantamento realizado pela pasta, 143.233 indivíduos foram vacinados.

Segundo a diretora de Vigilância em Saúde, Sônia Fernandes, o foco principal da prorrogação da campanha são as crianças de 6 meses a menores de 6 anos. Isso porque, a meta era vacinar 36.112 delas, porém até o momento apenas 13.459 foram imunizadas, ou seja, 37,27% do público esperado.

Devido à pouca procura pela proteção imunológica no final de semana, quando as Unidades Básicas de Saúde (UBS) estavam abertas para vacinar a população contra a Influenza A (H1N1), neste sábado (13) não haverá o serviço. A estratégia que será aplicada durante a próxima semana está sendo avaliada.

Além das crianças, outros públicos que ainda precisam buscar a vacinação são as gestantes e as puérperas. Isso porque, das 5.259 gestantes, que precisam se proteger contra os vários tipos de gripe, apenas 1.682 buscaram as Unidades Básicas de Saúde. Além disso, das 864 mulheres que tiveram filho recentemente, somente 187 tomaram a vacina.

Ao contrário destes grupos, superaram as expectativas de imunização a população com mais de 60 anos, visto que eram esperados 65.622, mas 75.130 procuraram se imunizar, e os profissionais da saúde que eram quase 16.500 programados, mas 22 mil se protegeram através da vacina. Além desses grupos, tomaram a vacina 12 indígenas, 3.331 adultos entre 55 a 59 anos, 1.614 motoristas de caminhão e 897 de ônibus, 1.119 profissionais de segurança e 418 do sistema prisional, 1.776 pessoas privadas de liberdade, 17.948 doentes crônicos, 242 pessoas com deficiência e 3.414 professores.

A vacina distribuída na rede municipal protege contra três tipos de vírus da Influenza, sendo do vírus da H1N1, H3N2 e Linguagem B/Victoria. A vacina não protege contra o novo Coronavírus, mas ajuda aos profissionais de saúde na exclusão do diagnóstico para Covid-19, já que os sintomas são parecidos. A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe envolve as três esferas do governo, a União, os Estados e os Municípios.

Fonte: N.Com