Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Secretaria da Mulher entrega certificado para primeira turma do Projeto Alicerce

Secretaria da Mulher entrega certificado para primeira turma do Projeto Alicerce

Thursday, 09 de December de 2021

Alunas participaram dos cursos de manicure/pedicure e de técnicas em vendas; novas profissionais já estão colhendo os frutos da capacitação

Foto: Gustavo Tacaki / PML

Na manhã desta quarta-feira (8), o prefeito Marcelo Belinati e a secretária municipal de Políticas para as Mulheres (SMPM), Liange Doy Fernandes, entregaram certificados para as mulheres formandas da primeira turma do Projeto Alicerce: para que elas sigam em frente. A solenidade aconteceu no gabinete do prefeito.

O objetivo foi divulgar os trabalhos que vem sendo realizados em parceria com a Secretaria de Políticas para as Mulheres em prol do empoderamento feminino e do combate à violência doméstica e familiar. Assim, por meio do Projeto Alicerce, as mulheres que participaram do curso manicure/pedicure e de técnicas em vendas receberam certificados da formação ministrada pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). Entre elas, 13 fizeram as aulas para se tornar manicures/pedicures e outras sete o curso de técnicas em vendas.

Foto: Gustavo Tacaki / PML

As aulas aconteceram segunda a sexta, com turmas de manhã e à tarde. “Temos sempre várias vagas de emprego em aberto, mas, muitas vezes, faltam profissionais com qualificação técnica para preenche-las, por isso é tão importante abrirmos espaço para a capacitação. Então, essa é a nossa intenção: formar pessoas para adentrarem no mercado de trabalho e ajudarem elas a superarem as dificuldades”, disse o prefeito Marcelo Belinati.

O público-alvo das duas turmas foi as mulheres atendidas pela Secretaria da Mulher, seja através do Centro de Referência de Atendimento a mulher (CAM) ou do Centro de Oficinas da Mulher (COM). Todas se inscreveram e foram selecionadas pela SMPM.

Para a secretária municipal de Políticas para as Mulheres, Liange Doy Fernandes, a entrega dos certificados foi um momento de muita alegria, porque o lançamento do projeto deu-se no gabinete do prefeito, no início de outubro, e agora, começo de dezembro, foi possível entregar os certificados que já estão ajudando as mulheres a mudarem de vida. “Para nós é um momento muito gratificante, porque vemos na prática como é possível fazer a mudança na vida das pessoas e como os cursos ajudam na inclusão social e na transformação da realidade, porque algumas mulheres eram vítimas de violência que agora têm uma profissão, que as ajudará a superar essa situação e a conseguir a liberdade financeira. A Secretaria da Mulher também está de portas abertas para dar toda assessoria que for necessária, para a inserção no mercado de trabalho”, contou Fernandes.

Foto: Gustavo Tacaki / PML

A aluna Maria de Jesus Maciel, que participou da formação para manicure e pedicure, falou que já está atuando na nova área de formação. Antes, ela trabalhava com materiais recicláveis e com pequenos frete para mudanças. Hoje, ela já atende como manicure diretamente na casa das clientes. “O curso foi ótimo e as professoras são muito boas. Era meu sonho ser manicure. Estou tão feliz que a alegria não está cabendo dentro do meu peito. Já estou atendendo de casa em casa”, contou a formanda emocionada.

Para a aluna do curso de técnicas em vendas, Cristiane Alves Borges, também valeu a pena participar do curso profissionalizante, porque ele abriu portas para um novo emprego. Desde quando terminou as aulas, ela está trabalhando como freelancer em uma loja de brinquedos. “O curso mudou totalmente a minha forma de ver a profissão e de vender. Já tinha trabalhado com vendas antes, mas, hoje é diferente, porque aconteciam situações que não sabia como lidar e no curso eles ensinam. Me sinto mais preparada para trabalhar com vendas e para o curso valeu muito a pena”, contou a formanda.

A intenção é que, em 2022, haja mais cursos profissionalizantes desenvolvidos em parceria com o Senac e demais entidades ligadas à área do trabalho, emprego e renda. Para isso, novas parcerias devem ser firmadas entre o Senac e a Prefeitura de Londrina ao longo do próximo ano. “O Senac está há 47 anos em Londrina e é a primeira vez que mantém laços tão estreitos com o Município, quanto o que temos agora. É isso que esperamos para a cidade. Trabalhamos para transformarmos vidas através da educação e é com muita satisfação que ministramos esses cursos em áreas que estão crescendo tanto, que são a beleza e o comércio”, afirmou a gerente-executiva do Senac Londrina, Amanda Marconi.

Foto: Gustavo Tacaki / PML

Para as formadas e demais pessoas que querem formalizar seus negócios, a Secretaria Municipal do Trabalho, Emprego e Renda pode ajudar. Através da Sala do Empreendedor, a cidadã e o cidadão encontram todo auxílio necessário, como explicando o passo a passo para ter um registro como Microempreendedor Individual (MEI) e conseguir o direito aos benefícios. “Nós colocamos nossa estrutura à disposição da população, para que todos os interessados em formalizar seus negócios o façam da maneira correta. Assim, os MEIs conseguem alcançar benefícios, como juros subsidiados para pedir empréstimos e alavancar seus negócios ou mesmo têm direito a tirar licença maternidade, quando for o caso. Basta entrar em contato com a Secretaria Municipal do Trabalho, Emprego e Renda”, afirmou o secretário da pasta, Gustavo Santos.

Em Londrina, existem cerca de 40 mil pessoas registradas como MEIs. Para agendar um atendimento basta acessar o site da Prefeitura de Londrina (www.londrina.pr.gov.br) ou telefonar para (43) 3373-5702, que também atende por Whatsapp. O serviço funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h, na sede da SMTER, que fica na Rua Pernambuco, 162 – Centro.

Fonte: N.Com