Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Londrina é classificada entre as Melhores Cidades para Fazer Negócios no país Londrina é classificada entre as Melhores Cidades para Fazer Negócios no país

Londrina é classificada entre as Melhores Cidades para Fazer Negócios no país

Monday, 07 de December de 2020
Categoria:

Estudo produzido pela empresa de consultoria e inteligência Urban Systems, para a revista Exame, aponta que o município se destaca em quatro setores: imobiliário, educacional, agropecuário e comercial

Londrina é destaque em quatro setores do estudo Melhores Cidades para Fazer Negócios 2.0, produzido anualmente para a revista Exame pela empresa de consultoria e inteligência Urban Systems. Em 2020, com metodologia diferente dos anos anteriores, o levantamento teve como foco seis segmentos: educação, comércio, serviços, indústria, mercado imobiliário/construção civil e agropecuária. Foram analisados indicadores e dados de todos os municípios brasileiros com mais de 100 mil habitantes (de acordo com a estimativa do IBGE para 2020), totalizando 326 cidades e 121,9 milhões de habitantes. A lista é composta pelos 100 melhores colocados em cada área.

Foto: Vivian Honorato/arquivo

Segundo a pesquisa, os setores onde a metrópole norte-paranaense mais se sobressai são o mercado imobiliário (25ª colocação no país e 3ª posição na região sul); educação (30ª colocação no país e 4ª posição na região sul); agropecuária (34ª colocação no país e 9ª posição na região sul); e comércio (37ª colocação no país e 5ª posição na região sul).

O prefeito Marcelo Belinati avalia que o resultado mostra a resiliência do município frente ao novo Coronavírus, já que o levantamento também incluiu os impactos causados pela pandemia em cada setor. “Este último ano foi difícil e atípico para todas as cidades, e o fato de Londrina estar bem colocada em diversos segmentos mostra voltou a ser referência para atrair novos investimentos e negócios, demonstrando grande competitividade. O bom desempenho do município é benéfico para toda a região norte do Paraná, somos a locomotiva de uma região metropolitana com 1,2 milhão de habitantes”, salientou.

Foto: Emerson Dias/arquivo

Já o diretor-presidente da Codel, Bruno Ubiratan, lembrou que a cidade vem realizando várias ações importantes que ajudarão a desenvolver ainda mais o seu potencial econômico. “Muitas obras de infraestrutura fundamentais vêm sendo feitas nos últimos anos, incluindo o Arco Leste, a duplicação de rodovias, a expansão do Aeroporto e as tratativas para sua concessão à iniciativa privada. Além disso, a construção da Cidade Industrial de Londrina e do Tecnocentro contribuirão para consolidar a vocação de Londrina para o desenvolvimento. Esse cenário tem atraído grandes empresas para a cidade, como a J.Macêdo, a Tata e a BRF, que contribuem para fortalecer o nosso ecossistema produtivo”, disse.

O levantamento – O ranking das Melhores Cidades para Fazer Negócios tem o objetivo de servir como parâmetro para a qualificação de mercados específicos, sintetizando informações populacionais, comerciais, urbanísticas, econômicas e infraestruturais. A análise leva em consideração tanto dados primários quanto aqueles colhidos junto a instituições oficiais de pesquisa. Os indicadores se referem a eixos como: evolução do setor; oferta concorrente; impacto da pandemia no setor; demanda e/ou crescimento da demanda; e infraestrutura complementar. Cada um dos seis segmentos econômicos contemplados pela pesquisa foi analisado com base entre oito e doze indicadores específicos. O estudo completo está disponível aqui.

Ulisses Sawczuk/N.com
Foto de abertura: Vivian Honorato/arquivo