Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Eventos esportivos devem impulsionar economia londrinense em 2016 Eventos esportivos devem impulsionar economia londrinense em 2016

Eventos esportivos devem impulsionar economia londrinense em 2016

Thursday, 18 de February de 2016
Categoria:

Sindicato patronal dos setores hoteleiro e gastronômico
prevê injeção de capital de aproximadamente R$ 2,5 milhões


No dia 24 de fevereiro, o Londrina Esporte Clube faz o
primeiro jogo do Campeonato Paranaense em Londrina. Fora de campo, os
empresários comemoram o retorno que o bom desempenho do gramado traz à economia
da cidade. Somente na temporada 2016, o LEC deve fazer, no mínimo, 23 jogos nos
estádios do Café ou Vitorino Gonçalves Dias. A cada partida disputada aqui,
aproximadamente 25 atletas, diretores e membros de comissão técnica ficam
hospedados durante um período de dois a três dias.

Mas não é apenas o futebol que impulsiona financeiramente o
cenário local. No automobilismo, a Fórmula Truck desembarca no norte do Paraná
em julho para disputa da quinta etapa do campeonato. Este é o décimo ano
consecutivo da categoria em Londrina. Em setembro, é a vez da Stock Car agitar
os apaixonados por velocidade e também fazer uma injeção de capital na cidade.
A competição volta à cidade de Londrina após três anos. Cada prova de nível
nacional movimenta o setor hoteleiro, aproximadamente, durante sete dias
consecutivos.

O período é ainda maior para outro evento de grande porte. A
Confederação Brasileira de Ciclismo já divulgou o calendário de 2016 com a
realização da Volta Ciclística Internacional do Paraná em maio.
Aproximadamente, 300 atletas, treinadores, funcionários da organização e
jornalistas são envolvidos durante dez dias na rotina de treinos pré-competição
e disputas das etapas.

Com a certeza de que Londrina volta a ter uma equipe adulta
de basquete em 2016, além da manutenção de grupos profissionais no handebol,
futsal e divisões de acesso do futebol, a previsão do Sindhotéis Londrina é que
os eventos esportivos realizados na cidade movimentem R$ 2,5 milhões de maneira
direta ao longo do ano. Foram levados em conta os gastos com alimentação,
hospedagem e lavanderia nos hotéis, além do consumo em restaurantes e casas
noturnas.

“Os hotéis não hospedam apenas os competidores. Os
estabelecimentos recebem os acompanhantes, familiares, torcedores e
profissionais que trabalham nos bastidores de eventos como estes. Todo evento
esportivo gera uma grande movimentação também na gastronomia, pois todos
precisam de um bom café da manhã, almoço e janta”, diz Alzir Bocchi, presidente
do sindicato patronal dos hotéis, restaurantes, bares e similares de Londrina e
região.

Divulgação

Foto: Reprodução