Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Educação oferece formação online para quatro mil professores Educação oferece formação online para quatro mil professores

Educação oferece formação online para quatro mil professores

Friday, 05 de April de 2019

A prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SME), irá oferecer formação online para quatro mil professores da Rede Municipal de Educação e filantrópicos, com o tema Projeto Político Pedagógico como Documento Norteador do Trabalho Escolar: Estudos para Sua Realimentação. A formação inicia no dia 15 de abril e será totalmente feita pela internet.

O objetivo é assegurar a formação dos professores em torno do debate sobre o Projeto Político Pedagógico (PPP), com a tarefa de revisá-lo de acordo a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), do Ministério da Educação, e o Referencial Curricular do Paraná.

Educação oferece formação online para quatro mil professores

Foto: Ilustrativa

As inscrições devem ser feitas no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) da Prefeitura, por meio do site da Escola de Governo. O curso terá carga horária de 20 horas e fornece materiais de leitura e complementar, disponíveis na plataforma online, bem como vídeos e tarefas avaliativas. Também serão entregues certificados, àqueles que cumprirem as exigências da formação.

A BNCC deve nortear os currículos dos sistemas e redes de ensino das Unidades Federativas e estabelece conhecimentos, competências e habilidades que se espera que todos os estudantes desenvolvam ao longo da escolaridade básica. “A intenção é mobilizar todos os professores da rede em torno deste tema, da Educação Infantil e Ensino Fundamental, dando base para que a Rede de Ensino possa reescrever o currículo e as unidades escolares elaborarem os projetos políticos pedagógicos”, explicou a gerente de Formação Continuada, da SME, Viviane Barbosa Perez.

O Projeto Político Pedagógico (PPP) é um documento que deve ser produzido por todas as escolas, segundo a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB). Na prática, o documento estipula quais são os objetivos da instituição e o que a unidade escolar vai fazer para alcançá-los. Nele, serão considerados todos os âmbitos que compõem o ambiente educacional, como: a proposta curricular e qual será a metodologia adotada; diretrizes sobre a formação dos professores e diretrizes para a gestão administrativa. O documento deve ficar pronto até o final de 2019 para ser implementado em 2020.