Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Como o tabagismo está ligado diretamente aos problemas de saúde

Como o tabagismo está ligado diretamente aos problemas de saúde

Friday, 21 de February de 2020
Categoria:
Como o tabagismo está ligado diretamente aos problemas de saúde

Foto: Ilustrativa

Hoje em dia, é cada vez mais assustador a quantidade de pessoas viciadas em cigarros. O que muitas pessoas ainda não sabem, ou não querem enxergar, são os problemas que isso traz tanto para o fumante, quanto para quem convive com um.

O uso exacerbado de cigarros é o responsável por grande parte das doenças do corpo humano, inclusive casos tristes como a dependência química e psicológica. Poucos segundos após a primeira tragada, as toxinas presentes no cigarro já atingem a corrente sanguínea e começam a agir diretamente no cérebro. Isso desencadeia uma falsa sensação de bem-estar.

Isso ocorre, pois o cigarro auxilia na redução significativa da ansiedade e diminuição da fome. Porém, aproximadamente 4 mil substâncias químicas e nocivas estão presentes no cigarro. Inclusive, pelo menos 50 a 60 delas são cancerígenas.

Além disso, o vício em cigarro não compromete somente os pulmões ou deixam a pele com um aspecto envelhecido, mas também atuam reduzindo consideravelmente a potência sexual do homem e a diminuição da libido na mulher.

Além disso, quem fuma deveria estar atento aos problemas que isso pode trazer para quem convive com eles.

Afinal, ao inalar a fumaça, uma pessoa já está exposta a diversos riscos, como uma probabilidade maior de desenvolver câncer de pulmão ou em outros órgãos.

Para combater o tabagismo e diminuir o vício pelo cigarro, muitas vezes é necessário acompanhamento psicológico e, também, o uso controlado de nicotina em pequenas doses. Essas nicotinas são parte do tratamento terapêutico e podem ser fornecidas através de chicletes, inaladores, adesivos, etc. Isso ajuda em grande escala a diminuir os efeitos colaterais da abstinência.

O que é mais preocupante ainda, é que cada dia mais pessoas jovens vêm se viciando em um produto tão nocivo e degradante, tanto para a saúde quanto para o meio ambiente.

Com base em dados alarmantes, muitas pessoas optam hoje em dia pelo uso dos cigarros eletrônicos como uma forma de controlar a ansiedade e não deixar um cheiro desagradável no ar.

Afinal, diferente do cigarro normal, o cigarro eletrônico vendido no Site Vapeinbright é utilizado com essências e, assim como um celular, deve ser carregado sempre que a bateria estiver fraca. Outro ponto positivo dos cigarros eletrônicos, é o fato de que é possível poupar muito mais dinheiro, já que não é necessário estar sempre renovando a carteira de cigarros e as essências são duradouras.

É válido lembrar que, independente do modelo, caso a pessoa precise parar de fumar, é preciso acompanhamento médico e psicológico e nunca, em hipótese alguma, tentar parar sozinho e de uma hora para outra. Isso pode provocar sérios efeitos durante a abstinência e provocar reações adversas.

Portanto, procure sempre um profissional da área da saúde para indicar qual a melhor forma e o melhor método de controlar a ansiedade pelo cigarro, inclusive a ansiedade por comida que a falta do mesmo provoca. A saúde deve estar sempre em primeiro lugar, seja do fumante ou de todos aqueles que convivem próximo a ele.

Fonte: Bianca Costa