Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Prefeitura detalha uso obrigatório de máscaras no transporte coletivo

Prefeitura detalha uso obrigatório de máscaras no transporte coletivo

Tuesday, 14 de April de 2020

A partir de amanhã (15), as pessoas não poderão mais circular sem as máscaras de tecido, inclusive para entrar nos ônibus; prefeitura garantirá o item para servidores e aqueles não tiverem condições financeiras de adquirir

Foto: Vivian Honorato

O prefeito de Londrina, Marcelo Belinati, e o presidente da Companhia Municipal de Transito e Urbanização (CMTU), Marcelo Cortez, detalharam, na manhã desta terça-feira (14), as regras para o uso de máscaras de contenção de tecido no transporte coletivo e outros locais. A obrigatoriedade fica valendo a partir desta quarta-feira (15). As informações foram repassadas por meio de entrevista coletiva, realizada pela internet, em rede social.

Nos primeiros dias da aplicação do decreto, a prefeitura disponibilizará, nos terminais urbanos, máscaras para as pessoas que não tiverem condições financeiras de comprar a proteção. Não será possível entrar nos terminais sem portar a proteção. A prefeitura já adquiriu 100 mil novas mascarás e comprará outras 200 mil na sequência. Os itens também estão sendo fornecidos para os servidores públicos que atuam na linha de frente da pandemia do novo coronavírus.

A CMTU já disponibilizou, em todos os ônibus e terminais, um comunicado público a respeito da obrigatoriedade do uso das máscaras. Os motoristas dos ônibus foram orientados a chamar a Guarda Municipal, caso algum cidadão se recuse a entrar no ônibus sem a máscara de contenção ou fazer a devida higienização das mãos, com álcool em gel disponibilizado nos terminais.

Além do uso obrigatório das máscaras de tecido no transporte coletivo, o item também deve ser usado durante as atividades laborais, na prestação de serviços, no comércio, em atividades realizadas em ambiente fechado e para os adentrarem em qualquer prédio público, como na sede da Prefeitura de Londrina. Ao retomar o trabalho, as empresas e colaboradores também devem cuidar da higienização correta das mãos e de áreas de contato, como maçanetas, corrimão, telefones, computadores e móveis.

Foto: Vivian Honorato

O prefeito Marcelo Belinati explicou que o uso obrigatório das máscaras faz parte das medidas de proteção da população contra o coronavírus e das recomendações dadas pelos médicos e especialistas do Centro de Operações de Emergências em Saúde Pública (COESP). “A partir de amanhã, as empresas do ramo da construção civil e as indústrias estarão voltando a funcionar gradualmente, por isso precisamos intensificar as ações de prevenção. Os funcionários destes estabelecimentos só poderão trabalhar usando estas máscaras, por isso comunicamos, anteriormente, aos sindicatos patronais e dos trabalhadores, o uso obrigatório do item, para que as empresas forneçam as máscaras de pano aos seus colaboradores”, disse.

O prefeito contou que estudos científicos apontam que se todas as pessoas que estão próximas utilizarem as máscaras de contenção, há um proteção de 98%. E se uma pessoa usar e a outra não, a proteção é de 70%. “Usar a máscara é um ato de amor, pois você protege a si e os que estão ao seu redor. Se cada pessoa fizer a sua parte, teremos condições de dar seguimento à abertura gradual dos setores produtivos e do comércio”, frisou.

O prefeito lembrou que a decisão de voltar gradativamente com as atividades das empresas do ramo da construção civil e das indústrias, a partir de amanhã, foi técnica e tomada pelos integrantes do COESP. “Eles analisaram que é possível retomar as atividades gradativamente, mas com todas as medidas de proteção e contenção, como o uso obrigatório de máscaras. Todas as nossas decisões estão sendo tomadas no sentido de preservar a vida das pessoas, por isso o grupo está analisando a curva epidemiologia todos os dias e, se houver a necessidade, faremos novos fechamentos intermitentes até que possamos superar a pandemia”, informou.

Foto: CMTU

Higienização dos terminais – Dentro das medidas de enfrentamento ao coronavírus, a Prefeitura está promovendo a higienização completa dos terminais de transporte coletivo e dos ônibus, além das unidades de saúde e de pontos que concentram maior volume de pessoas.

Segundo o presidente da CMTU, Marcelo Cortez, a desinfecção dos terminais e dos ônibus já é feita todos os dias e, agora, também haverá limpeza destes locais com caminhão pipa e pulverizadores costais. “Estamos reforçando a limpeza, que já é diária, com mais produtos para combater a proliferação do vírus”, disse.

A CMTU também já disponibilizou álcool em gel 70% nos terminais, para as pessoas utilizarem antes de adentrarem aos ônibus, e forneceu o produto aos motoristas de ônibus, para que eles disponibilizem o produto ao usuário que adentrar no veículo fora dos terminais.

O presidente da CMTU pediu colaboração aos empregadores e empresas, para que flexibilizem os horários de entrada e saída de seus funcionários, a fim de evitar os horários de picos, principalmente das 6 às 8 horas da manhã. “Muitas vezes se o colaborador entrar 30 minutos antes ou depois já é suficiente para evitar aglomeração nos ônibus e pessoas transitando no mesmo horário”, reforçou.

Foto: CMTU

A companhia também está colocando ônibus extras nos horários de maior pico. “Atualmente temos, circulando, 250 ônibus, mas podemos disponibilizar até 350, a medida que houver o aumento gradual de pessoas utilizando estes veículos”, apontou.

As orientações relacionadas ao uso das máscaras estão dispostas no Decreto n.º 457, publicado no Jornal Oficial do Município n.º 4.041 de sábado (11). Além deste decreto, a Prefeitura de Londrina publicou outros dois que tratam da prorrogação da situação de Emergência na cidade e da reabertura gradual de indústrias e da construção civil. Eles podem ser lidos na mesma edição do Jornal Oficial.

Portal Coronavírus – A Prefeitura de Londrina passa a disponibilizar, a partir de hoje, o Portal Coronavírus, que reúne diversas informações importantes relacionadas ao vírus, como locais de referência para a Covid-19, atendimento às pessoas em situação de rua, sobre o Disque-coronavírus, benefícios como o Auxilio Emergencial ao Cidadão, entre outras informações úteis. A página está alocada dentro do Portal da Prefeitura de Londrina, https://www.londrina.pr.gov.br/coronavirus-londrina.

Fonte: N.Com