Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
O vício bom!

O vício bom!

Monday, 09 de August de 2010
Categoria: noticia

Vou começar este artigo listando alguns vícios que valem, em muito, a pena.

Você já se deparou  com aquela vontade incontrolável de correr após uma feijoada?  Ou supondo que não deu tempo de ir à academia e você se encontra ansioso e praticamente desesperado pra mexer seu esqueleto? Parece engraçado, mas você está viciado!

Existem hormônios no nosso corpo que são responsáveis por esta sensação de prazer liberada com o exercício físico. Aí a resposta para tanto vício: a adrenalina!

A adrenalina é um neuro-hormônio liberado pelo cérebro que provoca a sensação de prazer, alivio, anestesia. Por isso que, ainda que iniciamos o exercício com aquela preguicinha, durante e após o mesmo nos sentimos tão bem dispostos e animados! Além daquele pensamento: ainda bem que vim malhar!

A adrenalina também é produzida em momentos de tensão, stress e desespero (como quando queremos atacar um pote de sorvetes), mas vamos falar de coisas boas? Ela é 400 vezes maior que a morfina e não é necessário se exercitar 1 hora inteira para que ela seja liberada. Após 15 minutos ela já entra em ação e você comece a se sentir muito mais disposto!

E então? Você se considera um viciado?

Há também o vício da dieta! Imagine que consiga levar a dieta exatos 7 dias sem descanso? Será que consegue? Ou vai deixar 1 dia para comer tudo o que sonhou a semana toda?

Bem, se você leva sua dieta à risca 7 dias por semana, realmente é um viciado! Um ótimo viciado, diga-se de passagem. Mas se dá umas escapadinhas de vez em quando, e repito, de vez em quando, pode-se dizer que está no caminho certo.

Estas escapadinhas devem vir banhadas por pensamentos do tipo: por que fiz isso? coloquei minha dieta no ralo? vou malhar um monte! Se pensa isso após as escapadinhas, também está viciado.

Mas é um vicio bom, aliás, ótimo. Imagine se após atacar a geladeira, seus pensamentos se voltem a atacar mais uma vez a geladeira, e assim sucessivamente? Onde iria parar, não? Portanto, agradeça a adrenalina, e agradeça seus pensamentos! Considere e assuma este vício pra lá de bom, e viva o vício bom!