Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Londrina realiza ações do Agosto Azul e Dourado Londrina realiza ações do Agosto Azul e Dourado

Londrina realiza ações do Agosto Azul e Dourado

Monday, 27 de July de 2020

As atividades serão à distância, por meio de webconferências, devido à pandemia

Londrina realiza ações do Agosto Azul e Dourado

Divulgação –

Com o intuito de conscientizar homens e mulheres sobre a importância do aleitamento materno, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) vai realizar diversas ações, durante o próximo mês, para marcar o Agosto Azul e o Agosto Dourado. A programação, que está sendo montada, vai contar com diversas webconferências, onde foram convidados especialistas renomados no assunto.

O objetivo das ações do Agosto Azul é falar sobre o pré-natal do parceiro, seu papel no aleitamento materno e a paternidade ativa, além de mostrar a importância de uma mudança cultural no público masculino, a fim de incentivá-lo a procurar pela prevenção de doenças e promoção da saúde. A intenção é que eles procurem o atendimento médico, verifiquem sua condição de saúde e façam exames clínicos com mais frequência, antes do aparecimento de doenças mais graves.

Isso porque, a saúde e o comportamento do homem podem influenciar diretamente à saúde da gestante e de seu filho. Quando a mulher realiza o pré-natal, seu parceiro deve ser estimulado a participar e a realizar exames clínicos conjuntamente, podendo fazer testes rápidos para detectar Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), participar de grupos de atividades desenvolvidos nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e outras ações que ajudem na prevenção das doenças.

Já o Agosto Dourado é o período dedicado à intensificação das ações de promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno. A cor dourada simboliza o incentivo à amamentação, visto que o leite materno é considerado o alimento mais completo, padrão-ouro, para os bebês e crianças. No Brasil, as atividades buscam orientar as mulheres a amamentarem seus bebês exclusivamente até o sexto mês de vida, podendo o aleitamento se estender até os dois anos ou mais.

Segundo a coordenadora em Saúde da Criança e Aleitamento Materno do Município, enfermeira Lilian Poli de Castro, a intenção é levar informação aos profissionais de saúde, integrantes do CALMA e à população em geral sobre a importância do aleitamento materno e da paternidade responsável. Por isso, mesmo em tempos de pandemia, a Secretaria Municipal de Saúde não deixou de organizar ações sobre o assunto. Utilizando-se de recursos tecnológicos, como a internet e suas ferramentas, diversos especialistas foram convidados para conversar sobre o leite materno.

“Estamos organizando muitas ações, como conversas por meio de webconferências, onde os especialistas vão trazer seus conhecimentos e os profissionais da saúde terão a possibilidade de dialogarem e aprimorarem aquilo que eles já sabem, assim como a população também poderá participar. Nossa intenção é abrir espaço para todos, visto que não há limitação de público, por ser pela internet”, explicou Castro.

Londrina realiza ações do Agosto Azul e Dourado

Divulgação

Programação – A abertura está prevista para o dia 4 de agosto, às 15h30, com o tema “Apoiar a amamentação para um planeta mais saudável”. Ela contará com uma conversa com a fundadora do Banco de Leite Humano do Hospital Universitário de Londrina, integrante do CALMA e da Comissão Nacional de Bancos de Leite Humano, Marcia Benevenuto, que também é doutora em enfermagem pela Universidade de São Paulo (USP) e professora aposentada da Universidade Estadual de Londrina (UEL), e com a doutora em Administração pela Universidade de São Paulo (USP) e pesquisadora do Programa de Gestão Estratégica para a Sustentabilidade Socioambiental (PROGESA) da USP, Lilian Mara Aligleri. A moderadora do bate-papo será Lilian Poli de Castro.

Juntas, estas profissionais falarão mais sobre os objetivos das ações do Agosto Dourado e Azul, além de apresentarem as iniciativas colocadas em prática em Londrina, por meio do Comitê Municipal de Aleitamento Materno (CALMA) e sobre a contribuição do aleitamento materno para o alcance dos objetivos do desenvolvimento sustentável.

O encontro será transmitido on-line e é gratuito, aberto a todos os interessados. Os profissionais da saúde que desejarem acompanhá-lo e receber certificado poderão se inscrever através do Ambiente Virtual de Aprendizagem da Prefeitura de Londrina (AVA), pela Escola Governo da PML, através do link http://escoladegoverno.londrina.pr.gov.br/course/view.php?id=4068. A chave de inscrição é AAPS-2020. A Plataforma que será utilizada para a conversa será a RUTE/HU do Hospital Universitário de Londrina, e não há limitação de público.

Dia 5 de agosto – Na sequência, os interessados poderão assistir à webconferência sobre “A amamentação transpondo as barreiras do Covid-19 em favor de um planeta saudável”. O convidado para falar a respeito do assunto é coordenador da Rede Global de Bancos de Leite Humano e secretário-executivo do Programa Ibero-americano de Bancos de Leite Humano, João Aprígio Guerra de Almeida. Ele foi condecorado pelo Conselho da Ordem de Rio Branco com o Grau de Comendador e recebeu, este ano, o prêmio de Saúde Pública de 2020-Dr  Lee Jong-wook, da Organização Mundial de Saúde (OMS).

O encontro pela internet será no dia 5 de agosto, às 14 horas, também pela Plataforma RUTE/HU. Os interessados em obter certificado devem se inscrever pela Escola de Governo (clique aqui) com a chave de inscrição ATBC-2020.

Dia 12 de agosto – Outro encontro importante que acontecerá em agosto é a webconferência sobre “Aleitamento Materno no contexto das novas estruturas familiares”. O convidado para falar sobre isso é Moises Chencinski. Ele é pediatra, criador e incentivador do movimento #EuApoioLeiteMaterno. Sua palestra será no dia 12 de agosto, às 16 horas, também pela internet. Para se inscrever basta acessar o link http://escoladegoverno.londrina.pr.gov.br/course/view.php?id=4070 utilizando a chave de inscrição AMEF-2020. A plataforma onde será transmitido o evento é a RUTE/HU.

Dia 13 de agosto – Seguindo o cronograma, está previsto o encontro com a Marcelo José de Castro, que é médico e psicanalista de adultos e adolescentes, membro da Associação Psicanalítica Internacional de Londres e da Associação Psicanalítica da Argentina. O médico é mestre em Saúde Mental pela Unicamp, e abordará os diversos aspectos da Paternidade Responsável em conjunto com a psicóloga do Núcleo Ampliado Saúde da Família (NASF) de Londrina, Eliane dos Santos Lemes. A atividade será das 14h às 15h30 e para receber certificado é preciso se inscrever na Escola de Governo da Prefeitura de Londrina http://escoladegoverno.londrina.pr.gov.br/course/view.php?id=4072 com a chave de inscrição PATERNIDADE-2020.

Dia 20 de agosto – Além dessas palestras, os profissionais da saúde e os interessados poderão aprender mais sobre a doação de leite humano e os desafios trazidos com a pandemia gerado pelo novo coronavírus. Um tema contemporâneo que será abordado pela coordenadora do Banco de Leite Humano do HU de Londrina, Letícia Lima Colinete Costa. A webconferência será às 14 horas e para se inscrever basta clicar aqui e inserir a chave de inscrição DLH-2020.

Dia 27 de agosto – Por fim, um tema que perpassa todas as mulheres que tiveram filho ou que estão gestando é a amamentação. Para esclarecer mais sobre o assunto e abordar “A voz de quem vivencia a amamentação” em forma de uma roda de conversa, os organizadores do Agosto Dourado e do Agosto Azul convidaram Gabrielli Francisco Nunes, Anie Poter Rosa e Daniel Luis Pires Rosa e Marcela Cavagnari para falarem sobre isso.

A mediadora do encontro será a enfermeira e professora da UEL, Dra. Sarah Nancy Deggau Hegeto de Souza. A partir das 14 horas, os interessados poderão acompanhar pela plataforma virtual do HU (RUTE/HU) e quem quiser certificação, pode se inscrever pela Escola de Governo da Prefeitura de Londrina.

Fonte: N.Com