Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Empreendimento gera empregos e diversão na região Norte Empreendimento gera empregos e diversão na região Norte

Empreendimento gera empregos e diversão na região Norte

Monday, 02 de September de 2019

Um grupo de empresários de Londrina vai inaugurar na primeira semana de novembro o Park Container Londrina, localizado na Avenida Saul Elkind, nº 3.366, em frente ao Terminal do Vivi Xavier da zona norte. Na manhã desta sexta-feira(30), o projeto foi apresentado ao prefeito de Londrina, Marcelo Belinati. “É um empreendimento que vai mudar a cara da zona norte. É moderno e só tem em capitais. Em Londrina, a ideia nasceu na Gleba Palhano e, nós, pensando em democratizá-la modernizamos esse sistema, com uma praça, contêineres gastronômicos e atrações culturais, de lazer e de entretenimento”, explicou um dos empresários idealizadores, Marcelo Barreto.

O espaço está em fase avançada de construção em um terreno de 3,8 mil metros quadrados. Nele estão sendo erguidos 34 contêineres gastronômicos e de lazer. Haverá espaço para acomodar 400 pessoas sentadas simultaneamente, podendo ser ampliado para até 500 pessoas; 120 vagas para estacionamento; bicicletário; espaço Kids; Clube da Aventura; ambiente PET Friendly; dois palcos para receber apresentações culturais e músicos ao vivo; telões estratégicos para transmitirem jogos de futebol e vídeos em geral; ambientes setorizados para jovens, famílias e crianças; espaços para feiras de artesanato e bazar; além dos 34 contêineres gastronômicos.

Segundo ele, sem o apoio da Prefeitura de Londrina dificilmente seria possível colocar em prática este projeto, que visa contratar cerca de 500 pessoas direta e indiretamente. “É a soma da iniciativa pública, com a Prefeitura trocando toda a iluminação pública por LED, fazendo a ciclovia e ampliando o Terminal Urbano, com o empresário local investindo em lojas e shoppings maiores, construtoras investindo em empreendimentos imobiliários e nós com a ideia desse espaço a céu aberto para atender todos os tipos de público”, finalizou Barreto.Entre os empreendimentos alimentícios estão de pizzas, batatas recheadas, comida japonesa, árabe e italiana, pastéis, cachorro quente, sucos, chopp, espetinhos, petiscos em geral, churrasco, cafés, entre outros. A intenção é que circule pelo espaço um fluxo de até 2 mil pessoas por dia, a partir do dia 3 de novembro. As obras tiveram início em junho deste ano.

Sobre isso, o engenheiro do projeto e um dos idealizadores do empreendimento Park Container Londrina, Carlos Baz, lembrou que a somatória dos esforços está fazendo toda a diferença. “São tempos difíceis para a economia brasileira. Esse investimento em Londrina é resultado da somatória de esforços da equipe do prefeito Marcelo Belinati, que nos conduziu e nos mostrou a forma legal de agir, e juntos vamos fazer esse empreendimento Pé Vermelho, que será o maior do Paraná em termos de área”, contou.

Durante a apresentação do projeto, o prefeito Marcelo Belinati, parabenizou os empresários pela iniciativa, que valorizará ainda mais a zona norte de Londrina, e afirmou que esse investimento demonstra uma retomada da confiança no mercado local. “É um empreendimento formado por empresários de Londrina, que exemplifica o momento que a cidade está vivendo com a vinda de grandes indústrias e empresas e um crescimento 30% maior na abertura de pequenas empresas. O londrinense está voltando a acreditar na nossa cidade”, disse.

Para que o projeto fosse realizado, foram avaliados diversos empreendimentos que atuam no mesmo ramo em locais, como Curitiba, Maringá e Rio de Janeiro. A ideia é que o parque seja agradável para os diferentes públicos, desde crianças a idosos, ofertando um ambiente físico agradável, funcional, sustentável e com acessibilidade.

Empreendimento gera empregos e diversão na região Norte
Divulgação

Para isso foram projetados espaços cobertos por vegetação que absorvem água da chuva e funcionam como climatizadores naturais, além de outros parcialmente cobertos com estruturas de ombrelones e vegetação arbórea. “É difícil encontrarmos uma praça, neste estilo, em um terreno plano, com paver, sistema de reaproveitamento de água da chuva para cuidados com a jardinagem, acesso universal desde as calçadas até os banheiros e fraldários, cuidados com a separação correta de lixo e construção de uma faixa de serviço. É um espaço pensado principalmente para a acessibilidade de todos os públicos”, ressaltou a arquiteta responsável, Mariana Cordeiro Miranda.

O diretor-presidente do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (CODEL), Bruno Ubiratan, também lembrou da importância da região norte para o Município de Londrina. Segundo ele, a região abarca 25% da população de Londrina e o metro quadrado mais caro da cidade. Além disso, nos próximos anos, novas construções serão executadas naquela localidade, como a construção de 500 apartamentos, de um grande mercado em formato de shopping, da cidade industrial de Londrina com 90 empresas e mais de 1.500 empregos, entre outras melhorias que vêm agregando valor à região.

Horários de funcionamento – O espaço deverá funcionar nos dias de semana, das 18h às 22h e aos sábados e domingos, das 11h às 23h.

 

Fonte: Prefeitura de Londrina