Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Dicas Ative Farma: O Segredo do Botox Dicas Ative Farma: O Segredo do Botox Dicas Ative Farma: O Segredo do Botox

Dicas Ative Farma: O Segredo do Botox

Wednesday, 17 de October de 2018
Categoria:

Muitos se perguntam o porquê de o botóx em algumas pessoa duram muito mais do que em outras. A resposta é simples e a solução mais ainda.

A toxina botulínica, popularizada pelo nome da marca Botóx, necessita de zinco para complexar e poder agir. Logo, uma pessoa com baixas quantidades de zinco no organismo terá o efeito diminuído. A fonte de zinco é através da ingestão de alimentos, principalmente de frango, carnes vermelhas, ovos, feijão entre outros, no entanto a absorção pode ser muitas vezes dificultada por vários fatores ambientais e do organismo.

A solução é a suplementação de zinco. Além de suplementar podemos também aumentar a absorção do zinco pelo organismo com o uso da Fitase. A enzima Fitase irá aumentar a absorção do zinco e consequentemente melhorar a interação com a toxina botulínica.

Vale ressaltar que esta e qualquer outra suplementação deve ser sempre acompanhada por um profissional da saúde.”

Estimam-se que ansiedade e depressão podem chegar a segundo lugar entre as causas de doenças e incapacidade no ano de 2020. Essas doenças são consideradas o mal da nova era, a era digital.

Por isso os estudos tendem a investigar cada vez mais as causas que ainda hoje não foram muito conclusivas. No entanto, uma das novidades nos estudos é a ligação das reações inflamatórias do corpo humano à depressão.

Um exemplo fácil de entende esta ligação é lembrar o estado emocional de quando contraímos uma gripe, e muitas vezes vem após um período de stress intenso:
– sem energia, apáticos;
– sem apetite;
– isolamento social;
– sono excessivo;

Essa é uma forma de a natureza diminuir a contaminação de novos indivíduos, até estabelecer o equilíbrio da saúde.

No entanto, toda inflamação quando em excesso se torna prejudicial ao nosso organismo e pode se tornar crônico e desencadear outras doenças.

O estilo de vida está totalmente relacionado a inflamação crônica como:
– má alimentação;
– stress constantes;
– noites mal dormidas;

Assim, os estudos vem comprovando cada vez mais que o uso de alimentos ou até fitoterápicos anti-inflamatórios vem sendo estudado para aumentar o sucesso nos tratamentos em casos de depressão relacionadas às inflamações.

LEMBRE-SE!
Todo tipo de diagnóstico e tratamento, deve ser feito por um profissional da saúde. E em hipótese alguma interrompa o tratamento sem informar seu médico.