Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Histórico do Município Histórico do Município

Histórico do Município

Thursday, 07 de January de 2010
Categoria:

A partir do ano do Centenário da Independência – 1922, o Governo do
Presidente Artur Bernardes promovia gestões para técnicos ingleses
virem ao Brasil estudar sua situação financeira, econômica e comercial
com vistas, de um lado, à consolidação de nossa dívida com a
Inglaterra, e de outro, à reformulação do nosso sistema tributário.

Foi assim que chegou ao Brasil, uma missão inglesa que trazia
entre seus membros Lordes Lovat, diretor da Sudan Cotton Plantations
Syndicate, assessor para assuntos da agricultura e florestamento.

Conhecendo o solo de boa qualidade, de tão conhecida terra, e
os anseios de imigrantes europeus que aqui chegaram ávidos em produzir
boas colheitas, a Companhia adquiriu entre os anos de 1925 a 1927 do
Governo Estadual, um total de 515.00 alqueires de terras fertilíssimas,
cobertas de mata.

A grande gleba recebeu o nome de Pirapó-Bandeirantes e foi dividida em pequenos lotes (minifúndios) no sentido leste-oeste.

Para atrair compradores, principalmente os imigrantes, que são
a base da formação de nossa população, a Companhia procurou denominar
as cidades e povoados com nomes ligados à Europa, como por exemplo
Londrina que vem de Londres, capital inglesa, Rolândia de origem alemã,
e nossa região recebeu o nome de Nova Itália. Foi do povoado de Nova
Itália que surgiu Sabáudia que também é um nome de origem italiana.

Apesar da origem do nome ser italiano, observamos que tivemos
compradores de lotes em nosso município, das mais diferentes
nacionalidades como espanhóis, poloneses, austríacos, alemães e outros.

Os primeiros lotes a serem vendidos em nosso município,
pertencem hoje por seqüência à Gleba Orli, Gleba Bandeirantes, Gleba
Pau D’Alho e Gleba Paranaguá.

Nos quais surgiram as vilas e povoados: Povoado Pau D´Alho, Vila Coelho, Vila Vitória, Vila Progresso e Sussui.

A emancipação política do município, se deu ao atingir certa
estrutura econômica e populacional. A idéia ganhou força com os grupos
de pioneiros, os quais organizaram em reunião com a Câmara de Arapongas
o pedido de emancipação e levaram ao Governo de Estado, através da
Assembléia Legislativa, houve a emancipação em 26 de Novembro de 1954.

Gentílico: sabaudiense

Formação Administrativa

Lei Estadual n° 02 de 11 de outubro de 1947, cria o Distrito de Sabáudia, no município de Arapongas.

Lei Estadual n° 253 de 26 de Novembro de 1954, eleva à
categoria de município, o Distrito de Sabáudia, desmembrando do
Município de Arapongas. Instalado o Município de Sabáudia em 26 de
Novembro de 1.955.

Lei Estadual n° 53 de 11 de Dezembro de 1962, cria o Distrito Judiciário de Bom Progresso, no Município de Sabáudia.