Shayara é convocada para defender a seleção no Pan sub-20

quinta-feira, 13 de julho de 2017 Uma das grandes apostas da equipe londrinense, lançadora do dardo de 18 anos escreve capítulo mais importante de uma história pautada pela superação

A marca de 50,51m, obtida durante o Troféu Brasil garantiu índice de Shayara para o Campeonato Pan-Americano Sub-20 (Foto: Rafael Souza/Assessoria de Imprensa)

Foram quase dois meses de uma espera que parecia não ter fim. Expectativa e ansiedade resumem o que foram os últimos 30 dias na vida da lançadora do dardo da equipe Londrina/Caixa/IPEC de atletismo, Shayara Cristina Ribeiro, de 18 anos. Desde que confirmou índice para o Campeonato Pan-Americano Sub-20 ela aguarda ansiosa o primeiro chamado para defender a seleção brasileira.

E eis que esta espera terminou ontem (10). Era final de tarde quando a londrinense recebeu a notícia que tanto queria. “Mal sabia o que dizer. Foi uma alegria muito grande. Foram dias de uma esperança muito grande, de ficar pensando o que fazer, numa medalha. Só tenho a agradecer a Deus por tudo que tem acontecido em minha vida. Agora é focar ainda mais nos treinos para buscar uma medalha, que não será fácil”, conta a jovem atleta.

Uma das grandes apostas da equipe londrinense para o futuro, Shayara detém hoje a segunda melhor marca do país na categoria sub-20, com 50,51m, justamente o índice que a levou ao Pan-Americano, e que foi alcançada na maior competição do atletismo nacional, o Troféu Brasil, realizado entre os dias 9 e 11 de junho, em São Paulo.

Descoberta há seis anos, no polo de atletismo na escola Monsenhor Josémaria Escrivá (zona norte), ela logo chamou a atenção da comissão técnica da equipe londrinense pela aptidão para provas de arremesso. Dona de uma imensa vontade de vitória, Shayara e seus lançamentos certeiros já conquistaram um título estadual adulto e um vice no brasileiro sub-20 neste ano.

De origem humilde, a lançadora constrói história de sucesso também fora das pistas. Tão jovem, já cursa faculdade de Psicologia, através de parceria entre o Projeto Londrina Atletismo e a Faculdade Inesul Londrina. “O atletismo mudou minha vida. Cresci muito aqui dentro, com incentivo de todos. O esporte molda o caráter”, conta a atleta.

Pelo atletismo, a garota que cresceu em meio às incertezas escreve sua história e faz planos valorosos. “Todo atleta sonha com as Olimpíadas e comigo não é diferente. Me dedico muito aos treinos pelo meu futuro, para poder dar uma vida melhor para mim e minha família”, vislumbra a lançadora.

“Shayara é uma pérola. Menina esforçada e muito batalhadora, que merece tudo que vem acontecendo na vida dela. Estamos muito felizes por isso”, destaca a técnica Silvana Vieira. “Agora é focar ainda mais nos treinos para poder chegar lá no Peru e fazer o melhor em busca dos nossos objetivos”, acrescenta a treinadora.

O técnico e gestor do Projeto Londrina Atletismo, Gilberto Miranda, destaca que a trajetória de Shayara é resultado de um trabalho planejado a longo prazo. “Acreditamos que o social através do esporte não pode ser algo imediatista. Ações a médio e longo prazo são capazes de resgatar o alto estima do atleta e produzir sonhos e perspectivas de vida. O caso da Shayara é um bom exemplo de quem acreditou neste trabalho, tornou-se uma grande atleta e está alcançando um futuro melhor”, observa.

Fonte: Divulgação