Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Residencial Vista Bela terá primeira escola municipal Residencial Vista Bela terá primeira escola municipal

Residencial Vista Bela terá primeira escola municipal

Monday, 18 de November de 2019
Categoria:

O prefeito de Londrina,  Marcelo Belinati, anunciou na última quinta-feira (14), juntamente com  representantes da Secretaria Municipal de Educação (SME), a publicação do edital de construção da primeira escola municipal a ser instalada no Residencial Vista Bela, na região norte de Londrina. Com estrutura ampla, a unidade vem para suprir uma demanda existente há vários anos nesta área da cidade, e poderá atender 500 crianças do P4 ao 5º ano.

As instalações da nova escola contarão com 10 salas de aula, outras duas para contraturno escolar, sala de informática, laboratório de Ciências, biblioteca, quadra de esportes, espaço para serviços administrativos, depósito para materiais pedagógicos, sala de professores e de supervisão, refeitório, cozinha, depósito para os alimentos, área de serviço, depósito para materiais de limpeza e higiene e banheiros para os alunos e para os funcionários. Além disso, haverá pátio para as crianças e jardim com grama e árvores.

Foto: Ilustração

Ao todo, o prédio contará com mais de 2.300 metros quadrados de área construída, em um terreno de 8 mil metros quadrados, localizado na mesma quadra do Colégio Estadual do Vista Bela – que fica na Rua Yoneko Shime, 300, próximo ao Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Irmã Maria Nívea (Rua Anníbal Balarotti, 110). Atualmente, esta unidade estadual, por meio de parceria com o governo do Paraná, cede salas para atender cerca de 535 alunos de ensino fundamental da Escola Municipal América Coimbra, além de mais de 40 estudantes da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

O Município investirá recursos próprios, no valor máximo de R$ 5.841.401,39. De acordo com o contrato, a partir da assinatura da ordem de serviço, a obra deverá ser finalizada em 12 meses. A expectativa é que o novo espaço de educação possa ser utilizado pela comunidade a partir do ano letivo de 2021.

Marcelo ainda lembrou que a atual gestão encarou o desafio de resolver um problema antigo, existente desde o surgimento do empreendimento do Vista Bela, em 2010. De 2012 a 2017, o Município precisou fazer o transporte de 1.000 alunos do bairro para 20 escolas de outras áreas, devido à falta de um prédio escolar. “A falta de planejamento em anos anteriores deixou um prejuízo grande. Com o dinheiro gasto nesse tempo em transporte, quase R$ 10 milhões, era possível construir duas escolas novas. Quando a atual gestão assumiu, procuramos caminhos para tratar deste problema, que sempre gerou reclamações. A construção da escola agora significa mais segurança para as crianças e famílias, economia, e mais qualidade nos atendimentos”, pontuou o prefeito.Segundo o prefeito Marcelo, a nova escola municipal terá instalações totalmente adequadas para receber, inicialmente, 500 estudantes e melhorar o fluxo do atendimento em educação às crianças da região do Vista Bela. “Estamos muito felizes em anunciar essa escola. Trata-se de uma importante conquista para a população deste bairro, onde 12 mil pessoas moram, e para Londrina, pois permitirá a solução de uma demanda de cerca de uma década, já que o local não contava com uma unidade municipal para atender alunos dessa faixa. Também será feita, em breve, a ampliação do CMEI Irmã Maria Nívea, que abrirá novas vagas para atender a demanda ”, destacou.

Com o objetivo de reduzir a quantidade de estudantes transportados para outras escolas, em 2018 a gestão atual firmou uma parceria com o governo do Estado do Paraná, e assim, começou a utilizar parte do prédio da escola estadual já existente. Com isso, foi possível diminuir para 350 o número de alunos que necessitavam do transporte escolar, por ano. Ainda assim, a Prefeitura investe R$ 800 mil anualmente para levar e buscar estes estudantes do Vista Bela para escolas mais próximas.


Ampliação de CMEI
 – Além da construção da nova escola municipal, o prefeito Marcelo anunciou que o CMEI Irmã Maria Nívea, também no Vista Bela, passará por ampliação em breve. Para 2020, já estão previstas 80 novas vagas para alunos de 0 a 5 anos. O Centro deve ganhar seis novas salas de aula, que serão viabilizadas por meio de recursos provenientes de contrapartida financeira por empreendimentos daquela região. Atualmente, o espaço atende 246 alunos de CB, C1, C2 e C3.Marli Sander, diretora da Escola Municipal América Sabino, unidade que hoje atende cerca de 580 alunos do Vista Bela, e que receberá o novo prédio escolar, enfatizou que a construção fará com que nenhuma criança precise mais ser transportada para outro local. “Hoje já é possível atender cerca de metade da demanda. O atendimento dos alunos nas dependências do colégio estadual já ajuda as famílias e evita o deslocamento para outros lugares. O prefeito e a Secretaria Municipal de Educação vêm dando todo o respaldo para proteger e cuidar dessas crianças, e a nova unidade irá beneficiar a todos. É uma vitória”, completou.

Com a ampliação do CMEI e a nova escola municipal, a ideia é atender toda a demanda da região do Vista Bela. “Estamos promovendo um processo de revolução na educação pública municipal em Londrina. A cidade vem conseguindo êxito em vários pontos, como a Central de Vagas, que reorganizou o sistema de acesso e amenizou um problema histórico. Outro ponto foi o crescimento em quatro pontos no IDEB, índice que mede a qualidade da educação, com o maior rendimento da história da cidade. Isso faz parte de todo um processo, que inclui reformas e construções de novas escolas e hoje são nove unidades em execução”, concluiu o prefeito.

Fonte: Prefeitura de Londrina