Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Vacina da gripe é liberada à população em geral Vacina da gripe é liberada à população em geral Vacina da gripe é liberada à população em geral

Vacina da gripe é liberada à população em geral

segunda, 25 de junho de 2018

Unidade de Saúde do Vivi Xavier e Policlínica Municipal vão distribuir 9 mil doses da vacina cada uma

A vacina da gripe será liberada à população em geral neste sábado (30), das 8h às 18h, contra os três vírus da gripe. A vacina estará disponível gratuitamente na Unidade Básica de Saúde Dr. Justiniano Clímaco da Silva, que fica na Rua John Lenon, nº 0, no Conjunto Vivi Xavier, e na Policlínica Municipal, localizada à Rua Benjamin Constant, 500, no Centro.

Em cada um destes lugares haverá cerca de 5 mil doses da vacina, o que totaliza 10 mil disponíveis à população em geral, inclusive para aqueles que fazem parte dos grupos prioritários e que não se imunizaram antes. De acordo com o secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, estas doses são as remanescentes da campanha de vacinação que encerrou na última sexta-feira (22). “Qualquer pessoa poderá tomar a vacina contra a gripe neste sábado. As duas unidades de saúde selecionadas têm equipes suficientes para a ação e contam com fácil acesso”, disse.

Vacina da gripe é liberada para a população

Os locais foram escolhidos por contarem com terminais de transporte coletivo próximos, sendo um no centro e outro na zona norte, sendo de fácil acesso para a população. Além disso, eles têm uma estrutura física e profissionais de saúde em número suficiente para atender uma grande demanda de pessoas.

A vacina da gripe distribuída na rede municipal protege contra três vírus H1N1, H3N2 e o B Yamagata. Segundo os dados do último levantamento atualizado da Secretaria de Saúde, de 23 de abril até o dia 20 de junho, foi possível imunizar cerca de 135 mil pessoas, o que representa quase 85% do público-alvo. A expectativa era vacinar 161 mil indivíduos.

Os idosos foram aqueles que mais procuraram as unidades de saúde para a imunização, visto que quase 100% deles, ou seja, 65 mil pessoas tomaram a vacina. Os professores (96,62%), trabalhadores em saúde (93,13%), puérperas (52,66%), gestantes (58,9%) e as crianças de 6 meses a 4 anos de idade (62,13%) também foram vacinados.

Fonte: N.Com