Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Trio elétrico bota Bloco Bafo Quente nas ruas de Londrina

Trio elétrico bota Bloco Bafo Quente nas ruas de Londrina

Thursday, 28 de February de 2019

Grupo convida público de todas as idades para dois dias de carnaval de rua em Londrina

Desde quando o Bloco Bafo Quente foi criado, há 13 anos, a banda de ritmistas sonha em atravessar Londrina com um trio elétrico, arrastando alas de foliões com a pulsação da percussão. Os planos tornam-se realidade em 2019 e o Bafo Quente promete para este carnaval uma das festas de rua mais bonitas dos últimos tempos. O trio percorre o circuito “Zerão-Aterro” no domingo, dia 3 de março, a partir das 17 horas – quando está agendada, no Zerão, a concentração de uma bateria com cerca de 70 integrantes que acompanharão o desfile. A trajeto começa às 18 horas, sai da Rua Dulcídio Pereira, percorre a Higienópolis, entra pela Av. Amintas de Barros e tem chegada prevista no Aterro do Lago Igapó às 19h30, quando acontece o show completo do Bloco Bafo Quente.

Já na terça-feira (5), a festa oficial de despedida do carnaval está agendada na Praça Nishinomiya, do Aeroporto, Região Leste, onde o Bloco sobe ao palco fixo a partir das 19 horas. Antes, às 14 horas, tanto no domingo quanto na terça, há uma intensa programação infantil sob a batuta do CLAC – Centro Londrinense de Arte Circense, com oficinas, brincadeiras e o show da banda de palhaços. O projeto é uma realização da APD – Associação dos Profissionais de Dança de Londrina e Região Norte do Paraná, com patrocínio da Secretaria Municipal de Cultura, por meio do PROMIC.

Mesmo realizando o carnaval oficial de Londrina há cinco edições, sempre com diferentes formatos a partir da tradição dos blocos, esta será a primeira festa itinerante do Bafo Quente – e também a que deve concentrar o maior número de artistas. Em 2019, o grupo traz uma formação com 20 integrantes, incluindo contrabaixo, guitarra, cavaquinho, três vocais, a variada percussão e um estreante trio de metais (saxofone, trompete e trombone). Para acompanhar o desfile, o Bafo Quente convidou uma bateria composta por vários coletivos rítmicos da cidade, dentre eles Bloco Pé Vermelho, Grupo Maracatu Semente de Angola, Pisada da Jurema, Laranja Mecânica (do curso de Medicina da UEL), Lolloteria (dos cursos de exatas da UEL), Unidos do Divã (Psicologia/UEL), Tatukada (Direito/UEL), Bateria Demônios da Lagoa (Engenharias e Arquitetura/ UEL), Gorilada (Engenharia/UTFPR) e Orquestra Ouro Verde.

Trio elétrico bota Bloco Bafo Quente nas ruas de Londrina

Foto: Divulgação

O Bafo Quente realizou ensaios abertos ao longo de todo o mês de fevereiro com o objetivo de afinar o repertório com os quase 70 participantes, bem como para convidar moradores das mais diversas partesde Londrina para participarem da festa de carnaval por meio da organização de alas e blocos,. Os eventos festivos passaram pela Região Norte, Sul, Oeste e Central, sempre aos finais de semana. “A experiência com ensaios abertos foi muito legal, conseguimos levar o trabalho para várias regiões da cidade. Testamos o repertório deste ano, vimos como foi a recepção do público, divulgamos o carnaval e já colocamos todo mundo no clima”, comenta Guilherme Rossini, coordenador do Bloco.

Segundo ele, as expectativas para este carnaval são as melhores, justo pelas novidades. “O show do Bafo Quente já é tradicional na cidade, agora saindo pelas ruas, com metais e o novo repertório, certamente teremos uma resposta muito positiva do público”. No set list, os músicos prepararam uma sequência de hits da década de 1990, como canções de Raça Negra, Leandro Learte, Karnak e Cidade Negra. Fora estas, clássicos que não podem faltar, como as marchinhas e sambas-enredo, e o repertório de rock, reggae, ijexá, maracatu e MPB adaptados ao suingue de bateria de escola de samba. “Como o bloco é formado por músicos com formações variadas, isso se reflete no nosso repertório. A gente passeia por ritmos com os quais nos identificamos”, completa Rossini.

Programação infantil – Sempre com uma proposta de carnaval democrático e familiar, o projeto do Bloco convida tradicionalmente o CLAC – Centro Londrinense de Arte Circense para preparar atrações especiais para as crianças. Tanto no Zerão, no domingo (3), quanto na Praça Nishinomiya, na terça-feira (5), haverá programação para os pequenos a partir das 14 horas. Os monitores e contadores de histórias, sob a coordenação de Luis Henrique Silva, o Bocão, realizam oficinas de personalização de máscaras e bandalhão (fitas para malabares), além das chamadas “brincadeiras de quintal”, como corda, corrida de saco, amarelinha, bolinha de gude e pula elástico. Por volta das 16 horas, a bandinha de palhaços “Sol Fa Mi Rir” diverte espectadores de todas as idades executando marchinhas, cirandas, cantigas de roda, canções infantis de muitas gerações e composições próprias. Na terça-feira, a programação conta ainda com a participação especial do Plantão Sorriso, que, às 17 horas, faz o show cênico-musical “Bailinho do Plantão”.

O grupo – O Bloco Bafo Quente nasceu em 2006 com o objetivo de reunir ritmistas de Londrina em um trabalho de pesquisa sobre percussão e suas possibilidades de integração com outros instrumentos. Participam músicos oriundos de várias bandas da cidade e filiados aos mais diversos estilos, do rock à MPB – o que confere o ecletismo do trabalho.

Desde então, o Bloco já se apresentou em cidades do Paraná e do interior de São Paulo. A principal inspiração é o grupo carioca Monobloco, com o qual os músicos londrinenses realizaram intercâmbio em 2011. Atualmente, os integrantes do Bafo Quente se reúnem em ensaios semanais.

Serviço:

Carnaval 2019 – Bloco Bafo Quente

GRATUITO

Dia 3 de março (dom)

Trio Elétrico do Bloco Bafo Quente

– 14 horas – Programação infantil com o CLAC (brincadeiras e oficinas) no Zerão (Gramado)

– 16 horas – Show com a banda de palhaços Sol Fa Mi Rir no Zerão

– 17 horas – Concentração da bateria no Zerão (em frente à Rua Dulcídio Pereira)

– 18 horas – Saída do trio elétrico (Partida: Zerão | Chegada: Aterro)

– 19h30 (previsão) – Show com o Bloco Bafo Quente no Aterro do Lago Igapó

Dia 5 de março (ter)

Encerramento do Carnaval do Bloco Bafo Quente

Palco fixo na Praça Nishinomiya (Av. Santos Dumont, ao lado do Aeroporto)

– 14 horas – Programação infantil com o CLAC (brincadeiras e oficinas)

– 16 horas – Show com a banda de palhaços Sol Fa Mi Rir

– 17 horas – Bailinho do Plantão, com Plantão Sorriso

– 19 horas – Show com o Bloco Bafo Quente

Ficha técnica:

Realização: APD (Associação dos Profissionais de Dança de Londrina e Região Norte do Paraná)

Patrocínio: Secretaria Municipal de Cultura, por meio do PROMIC – Programa Municipal de Incentivo à Cultura de Londrina

Coordenação do Projeto: Danieli Pereira

Coordenação de Produção e do Bloco Bafo Quente: Guilherme Rossini

Coordenação de Comunicação: Renato Forin Jr.

Coordenação do CLAC: Luis Henrique Silva

Banda Sol Fa Mi Rir (CLAC): Alvarenga; Luis Bocão; Miguel Matoso; Rafael Rosa; Gilberto Queiroz

Bloco Bafo Quente (músicos): Gisele Silva (voz); Guilherme Imai (voz); Tiago Bento de Menezes (voz); Edgar Gaya (cavaco); Robson Ganea (contrabaixo); Luciano Assumpção (guitarra); Guilherme Rossini (surdo); Marcelo Siqueira (surdo); Pedro Retz (caixa); Leonardo Constâncio (caixa); Elthon Dias (caixa); Vinicius Lordelos (caixa); Fernando Sambati (congas e efeitos); Duda de Souza (repique); Lucas Dias (repique); Jarbas Gabriel (rocar/tamburica); Wesley Cezar (saxofone); Newton Cezar (trompete); Guilherme Efron (trombone)

Bloco Bafo Quente (equipe): Kaue Shanan (técnico de som); Rogerio Godoy (rodie); Andre Trigueiro (fotógrafo).

Design: Leste BR

Apoio: Cervejaria Amadeus

Fonte: Divulgação