Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Colégio Universitário realizou trabalho sobre “Bullying e Drogas” Colégio Universitário realizou trabalho sobre “Bullying e Drogas” Colégio Universitário realizou trabalho sobre “Bullying e Drogas”

Colégio Universitário realizou trabalho sobre “Bullying e Drogas”

Monday, 26 de November de 2018
Categoria:

O objetivo foi trazer a discussão para dentro do ambiente escolar, se colocando no lugar do outro e respeitando as diferenças

Nas duas últimas semanas, a equipe do Ensino Médio do Colégio Universitário realizou espaços de discussões sobre temas importantes, como “Bullying e Drogas”, com os alunos das 1ª e 2ª séries.

Segundo a coordenadora Rosa Maria Cardoso, que é psicóloga educacional, foram aplicados questionários antes e depois dos debates sobre bullying.

Quem entrou nas salas para conversar com os estudantes foi a psicóloga clínica Débora Dias. Ela também desenvolveu dinâmicas relacionadas ao tema bullying com os adolescentes.

Foto: Divulgação

“O objetivo é trazer a discussão para dentro do ambiente escolar, trabalhar a importância das relações humanas, a empatia, se colocar no lugar do outro e respeitar as diferenças”, afirmou a coordenadora Rosa Maria.

Para a coordenadora, o papel da escola é fazer com que os alunos se sintam acolhidos e consigam verbalizar situações envolvendo algum tipo de problema.

“Bullying e Drogas” são temas recorrentes da sociedade, por isso o Colégio Universitário abre espaços para discussões. “Queremos desenvolver no nosso aluno, a capacidade dele de dizer não, ao álcool e as drogas. Muitas vezes, os jovens recorrem as drogas como um mecanismo de fuga frente à frustação”, comentou a coordenadora.

De acordo com a psicóloga Débora Dias, os alunos foram bastantes receptivos. “O que nós fizemos foi conscientizar os adolescentes, alertar. Queremos que eles façam uma auto-observação, questionando os próprios comportamentos. A escola tem o papel de desenvolver esse lado crítico”, explicou a psicóloga.

Nos encontros sobre drogas colaboraram os professores Funfas, Luci e Sônia. Quando o assunto foi bullying participaram ativamente Osmar, Rafael Ferreira e Rafael Canaveze.

Fonte: Divulgação