Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Semana Literária do Sesc começa nesta terça, 18 Semana Literária do Sesc começa nesta terça, 18 Semana Literária do Sesc começa nesta terça, 18

Semana Literária do Sesc começa nesta terça, 18

Monday, 17 de September de 2018
Categoria:

Evento traz para Londrina nomes como João Anzanello Carrascoza e Cristovão Tezza, além de contações de história, oficinas, espetáculos e feira de livros

Nesta terça-feira, 18, o Sesc Cadeião dá início a mais uma edição da Semana Literária do Paraná. O evento Semana Literária do Sesc, que acontece simultaneamente em 23 cidades do estado, parte das concepções de “tempo e imaginação” para debater os lugares da literatura e o seu papel na sociedade. Esse ano, Londrina recebe 6 dias de programação (18 a 23) com mesas de debate, oficinas, shows e espetáculos inteiramente gratuitos e para todas as faixas etárias.

Durante a semana, as ações da Semana Literária do Sesc começam no período da manhã, com atendimento a escolas, e seguem até às 21h30, com ações noturnas voltadas ao público adulto e abertas à comunidade. No final de semana, a programação também é aberta, reúne espetáculos teatrais, oficinas, contações de história, espaço de negócios e deve ser encerrada no domingo, em um grande sarau com artistas locais. A programação ainda tem feira de livros e exposições.

Programação para escolas

A Semana Literária começa na terça, já às 8h, com um roteiro de visitas mediadas que conduzem os alunos pela feira de livros e pelo prédio histórico do Cadeião. Depois da visita, as turmas seguem para a Oficina de Cápsula do Tempo, onde devem trabalhar o conceito de imaginação para construir uma narrativa própria, que trate da sua história e das possibilidades para o futuro. A história fica guardada na cápsula do tempo, que as crianças podem levar para casa e revisitar ao longo da vida.

O circuito de atividades para as escolas termina com a contação de histórias “A Fada Que Tinha Ideias”, narrada pela contadora londrinense Dani Fiorucci. A história é baseada no livro de Fernanda Lopes de Almeida e narra as aventuras de uma fadinha que queria inventar novas magias e encantos, usando sua imaginação e incentivando as amigas para que tivessem sempre ideias próprias.

A programação de visitas, oficinas e contação de história se repete todas as manhãs, até sexta-feira, sempre a partir das 8h. E, no período da tarde, a partir das 14h. Para agendar uma visita, as escolas devem ligar para o número 3572-7700 ou 3572-7708.

Público adulto

Além da programação diurna da Semana Literária do Sesc, voltada às escolas, a Semana Literária traz ações noturnas, abertas à comunidade. Na terça-feira, 18, a abertura da Semana traz, a partir das 19h30, o Show “Voo da Palavra”, com a cantora e compositora Ana Paula da Silva. Com seis álbuns lançados, Ana Paula comemora 21 anos de carreira e além de novos arranjos para canções brasileiras, traz músicas inéditas e autorais com foco na poesia.

A programação adulta segue, na quarta-feira, com a mesa “A mentira que é verdade: a ficção brasileira como abstração de um país real”, que traz os escritores José Almeida Júnior (DF) e João Meirelles (PA) e parte de seus livros mais recentes (Última Hora, de José Almeida, e O Abridor de Letras, de João Meirelles) para debater as aproximações entre o real e o ficcional na literatura brasileira. A mesa tem mediação do escritor e jornalista londrinense Vinícius Lima.

João Meirelles estará na Semana Literária do Sesc

João Meirelles

Na quinta-feira, 20, Vinícius Lima retorna à programação, dessa vez ao lado do também escritor e jornalista Tony Hara, os dois debatem  “O Fim do Tempo”. Se, por um lado, Vinícius Lima coloca em debate a teoria ecocrítica e discute justamente o fim dos recursos naturais, das relações de alteridade e a iminência do fim, Tony Hara aposta nos estudos sobre filosofia da cultura, e debate o comportamento humano diante do relógio, da ditadura da urgência e do controle da subjetividade. A pergunta que se levanta é: ainda há tempo?

Tony Hara (Foto: Fabio Alcover)

Por fim, na sexta-feira, 21, os escritores Cristovão Tezza (Curitiba) e João Anzanello Carrascoza (SP) debatem as “Emergências do agora”. A mesa deve discutir a nova geração de escritores brasileiros, pensando no que têm dito estes novos escritores e escritoras, para quem dizem, e deve debater especialmente como essa literatura imagina o presente e que sinais do presente ela pode de fato nos revelar.

As ações noturnas começam sempre às 19h30, são gratuitas e abertas ao público.

Final de Semana

A programação da Semana Literária do Sesc do final de semana traz principalmente oficinas e espetáculos de teatro, e se concentra nos períodos da manhã e da tarde.  No sábado, a partir das 10h, a Cia TPK, de São Carlos, traz o espetáculo infantil “A Maior Flor do Mundo”, uma história inspirada no livro de José Saramago. A partir das 14h, o público jovem e adulto pode participar da oficina Scanner Photo – Preenchendo Capsulas do Tempo, em que Paulo Brazyl (SP) apresenta um contraponto para a fotografia na era digital e pretende subverter a tecnologia convidando o público para criar composições fotográficas com SCANNER.

Também às 14h, tem início o minifestival de lambe-lambe, que apresenta três textos/histórias inéditas criadas pelo Grupo Girino (MG) e adaptadas à técnica de apresentação conhecida como “teatro de caixa” ou “teatro lambe-lambe”.  A programação do sábado termina com um espaço de encontros, negócios e trocas, aberto a partir das 17h para que o público marque reuniões, conversas com editoras locais, entre outras conexões que gerem novidades literárias para a cidade.

No domingo, 23, a programação da Semana Literária do Sesc também começa com contação de história. Às 10h, Dani Fiorucci volta à programação e narra “A Fada que Tinha Ideias” para o público geral. Na sequência, às 11h, o grupo Girino também retorna, agora com o espetáculo “O Pequeno Príncipe de Papel”, que narra a clássica história de Saint-Exupéry adaptada à técnica de animação bidimensional, com bonecos de papel construídos pelo próprio grupo.

Sarau – A Mulher das Palavras Convida

No período da tarde, a galeria do Cadeião se prepara para o encerramento da programação, que acontece em um grande sarau com artistas locais, sob curadoria da escritora londrinense Karen Debértolis. O sarau começa às 16h e reúne as poetas Marcele Aires e Carolina Sanches e os poetas Higor Mejïa e Fischer Seixas para uma performance poética permeada pelo violão do instrumentista Rafael Fuca. A programação também tem microfone aberto.

E, para “aquecer” o público, antes do sarau, às 14h, as crianças têm mais uma oficina para experimentar as cápsulas do tempo. Na sequência, às 15h, o coletivo Grafatório, de artes gráficas, convida o público para produzir cartazes lambe-lambe com a técnica da tipografia. O grafatório também oferta oficinas para as escolas durante a semana, e no domingo exibe a exposição “Impressão do passado, criação do presente”, com o resultado da produção dos adolescentes.

A Semana Literária do Sesc é um evento inteiramente gratuito. A programação completa, com todos os detalhes, está disponível em www.sescpr.com.br/semanaliteraria. O Sesc Cadeião fica na rua Sergipe, 52. E o telefone de contato é o 3572-7700.

Fonte: Divulgação