Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Semana Literária do Sesc começa nesta terça, 18

Semana Literária do Sesc começa nesta terça, 18

Monday, 17 de September de 2018
Categoria:

Evento traz para Londrina nomes como João Anzanello Carrascoza e Cristovão Tezza, além de contações de história, oficinas, espetáculos e feira de livros

Nesta terça-feira, 18, o Sesc Cadeião dá início a mais uma edição da Semana Literária do Paraná. O evento Semana Literária do Sesc, que acontece simultaneamente em 23 cidades do estado, parte das concepções de “tempo e imaginação” para debater os lugares da literatura e o seu papel na sociedade. Esse ano, Londrina recebe 6 dias de programação (18 a 23) com mesas de debate, oficinas, shows e espetáculos inteiramente gratuitos e para todas as faixas etárias.

Durante a semana, as ações da Semana Literária do Sesc começam no período da manhã, com atendimento a escolas, e seguem até às 21h30, com ações noturnas voltadas ao público adulto e abertas à comunidade. No final de semana, a programação também é aberta, reúne espetáculos teatrais, oficinas, contações de história, espaço de negócios e deve ser encerrada no domingo, em um grande sarau com artistas locais. A programação ainda tem feira de livros e exposições.

Programação para escolas

A Semana Literária começa na terça, já às 8h, com um roteiro de visitas mediadas que conduzem os alunos pela feira de livros e pelo prédio histórico do Cadeião. Depois da visita, as turmas seguem para a Oficina de Cápsula do Tempo, onde devem trabalhar o conceito de imaginação para construir uma narrativa própria, que trate da sua história e das possibilidades para o futuro. A história fica guardada na cápsula do tempo, que as crianças podem levar para casa e revisitar ao longo da vida.

O circuito de atividades para as escolas termina com a contação de histórias “A Fada Que Tinha Ideias”, narrada pela contadora londrinense Dani Fiorucci. A história é baseada no livro de Fernanda Lopes de Almeida e narra as aventuras de uma fadinha que queria inventar novas magias e encantos, usando sua imaginação e incentivando as amigas para que tivessem sempre ideias próprias.

A programação de visitas, oficinas e contação de história se repete todas as manhãs, até sexta-feira, sempre a partir das 8h. E, no período da tarde, a partir das 14h. Para agendar uma visita, as escolas devem ligar para o número 3572-7700 ou 3572-7708.

Público adulto

Além da programação diurna da Semana Literária do Sesc, voltada às escolas, a Semana Literária traz ações noturnas, abertas à comunidade. Na terça-feira, 18, a abertura da Semana traz, a partir das 19h30, o Show “Voo da Palavra”, com a cantora e compositora Ana Paula da Silva. Com seis álbuns lançados, Ana Paula comemora 21 anos de carreira e além de novos arranjos para canções brasileiras, traz músicas inéditas e autorais com foco na poesia.

A programação adulta segue, na quarta-feira, com a mesa “A mentira que é verdade: a ficção brasileira como abstração de um país real”, que traz os escritores José Almeida Júnior (DF) e João Meirelles (PA) e parte de seus livros mais recentes (Última Hora, de José Almeida, e O Abridor de Letras, de João Meirelles) para debater as aproximações entre o real e o ficcional na literatura brasileira. A mesa tem mediação do escritor e jornalista londrinense Vinícius Lima.

João Meirelles estará na Semana Literária do Sesc

João Meirelles

Na quinta-feira, 20, Vinícius Lima retorna à programação, dessa vez ao lado do também escritor e jornalista Tony Hara, os dois debatem  “O Fim do Tempo”. Se, por um lado, Vinícius Lima coloca em debate a teoria ecocrítica e discute justamente o fim dos recursos naturais, das relações de alteridade e a iminência do fim, Tony Hara aposta nos estudos sobre filosofia da cultura, e debate o comportamento humano diante do relógio, da ditadura da urgência e do controle da subjetividade. A pergunta que se levanta é: ainda há tempo?

Tony Hara (Foto: Fabio Alcover)

Por fim, na sexta-feira, 21, os escritores Cristovão Tezza (Curitiba) e João Anzanello Carrascoza (SP) debatem as “Emergências do agora”. A mesa deve discutir a nova geração de escritores brasileiros, pensando no que têm dito estes novos escritores e escritoras, para quem dizem, e deve debater especialmente como essa literatura imagina o presente e que sinais do presente ela pode de fato nos revelar.

As ações noturnas começam sempre às 19h30, são gratuitas e abertas ao público.

Final de Semana

A programação da Semana Literária do Sesc do final de semana traz principalmente oficinas e espetáculos de teatro, e se concentra nos períodos da manhã e da tarde.  No sábado, a partir das 10h, a Cia TPK, de São Carlos, traz o espetáculo infantil “A Maior Flor do Mundo”, uma história inspirada no livro de José Saramago. A partir das 14h, o público jovem e adulto pode participar da oficina Scanner Photo – Preenchendo Capsulas do Tempo, em que Paulo Brazyl (SP) apresenta um contraponto para a fotografia na era digital e pretende subverter a tecnologia convidando o público para criar composições fotográficas com SCANNER.

Também às 14h, tem início o minifestival de lambe-lambe, que apresenta três textos/histórias inéditas criadas pelo Grupo Girino (MG) e adaptadas à técnica de apresentação conhecida como “teatro de caixa” ou “teatro lambe-lambe”.  A programação do sábado termina com um espaço de encontros, negócios e trocas, aberto a partir das 17h para que o público marque reuniões, conversas com editoras locais, entre outras conexões que gerem novidades literárias para a cidade.

No domingo, 23, a programação da Semana Literária do Sesc também começa com contação de história. Às 10h, Dani Fiorucci volta à programação e narra “A Fada que Tinha Ideias” para o público geral. Na sequência, às 11h, o grupo Girino também retorna, agora com o espetáculo “O Pequeno Príncipe de Papel”, que narra a clássica história de Saint-Exupéry adaptada à técnica de animação bidimensional, com bonecos de papel construídos pelo próprio grupo.

Sarau – A Mulher das Palavras Convida

No período da tarde, a galeria do Cadeião se prepara para o encerramento da programação, que acontece em um grande sarau com artistas locais, sob curadoria da escritora londrinense Karen Debértolis. O sarau começa às 16h e reúne as poetas Marcele Aires e Carolina Sanches e os poetas Higor Mejïa e Fischer Seixas para uma performance poética permeada pelo violão do instrumentista Rafael Fuca. A programação também tem microfone aberto.

E, para “aquecer” o público, antes do sarau, às 14h, as crianças têm mais uma oficina para experimentar as cápsulas do tempo. Na sequência, às 15h, o coletivo Grafatório, de artes gráficas, convida o público para produzir cartazes lambe-lambe com a técnica da tipografia. O grafatório também oferta oficinas para as escolas durante a semana, e no domingo exibe a exposição “Impressão do passado, criação do presente”, com o resultado da produção dos adolescentes.

A Semana Literária do Sesc é um evento inteiramente gratuito. A programação completa, com todos os detalhes, está disponível em www.sescpr.com.br/semanaliteraria. O Sesc Cadeião fica na rua Sergipe, 52. E o telefone de contato é o 3572-7700.

Fonte: Divulgação