Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Secretaria da Mulher oferece oficina de dança para mulheres Secretaria da Mulher oferece oficina de dança para mulheres

Secretaria da Mulher oferece oficina de dança para mulheres

Tuesday, 28 de June de 2022

Interessadas podem se inscrever pelo (43) 99945-0056; é preciso ter 18 anos ou mais para participar

O Centro de Oficinas para Mulheres (COM) da Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres (SMPM) está com as inscrições abertas para o workshop “A Dança Feminina como Consciência Corporal”, que acontecerá no dia 4 de julho, às 14h, na sede da secretaria, localizada na Rua Valparaíso, 189, esquina com a Avenida Higienópolis. As mulheres interessadas em participar devem se inscrever pelo (43) 99945-0056, pois as vagas são limitadas.

A ministrante da atividade é a professora Paula Nur, que é formada em Educação Artística com pós-graduação em dança. A iniciativa é destinadas às mulheres com 18 anos ou mais que pretendem entender um pouco mais da dança do ventre e que têm vontade de praticar uma atividade física. Isso porque, além desse workshop, a professora Paula Nur vai ministrar aulas semanais de dança do ventre em agosto. As atividades deverão acontecer durante todo o segundo semestre deste ano e serão gratuitas.

A ideia é que as participantes entendam sobre a importância da prática da atividade física e consigam melhorar a postura, assim como desenvolver bem-estar físico e emocional ao praticarem a dança. “Longe de ser algo erotizado, a dança do ventre sofreu muito preconceito ao longo da história, mas ela tem um foco muito importante, que é a consciência corporal da mulher e de seus movimentos, além de ser uma atividade física que proporciona tanto saúde emocional quanto física”, explicou a diretora de Empreendedorismo e Ações Educativas da SMPM, Lisnéia Rampazzo.

Além desses benefícios, a dança do ventre ajuda a melhorar a flexibilidade do corporal e a postura, amenizando as dores na coluna, por exemplo, assim como contribui para a queima de gordura corporal, ajuda a fortalecer os músculos, melhora a autoestima e minimiza os efeitos da TPM e da chegada da menopausa.

Nesse workshop, serão ofertadas 20 vagas pensando em despertar o interesse das participantes e desmitificar a dança do ventre. A ministrante da atividade, Paula Nur, já ofereceu outras oficinas de dança do ventre voluntariamente, antes da pandemia. Porém, com a chegada do Coronavírus e a necessidade do isolamento social, foi preciso suspender as atividades que, agora, estão retornando presencialmente. “É com muita alegria que retornamos as atividades presencias no COM e que convidamos as mulheres para participar desse workshop. A dança do ventre traz diversos benefícios para a saúde da mulher e é uma atividade bem completa, que pode ser uma alternativa para quem quer fugir da academia e, ainda, se divertir aprendendo algo novo”, completou a secretária municipal de Políticas para as Mulheres, Liange Doy Fernandes.

Fonte: N.Com