Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Qual a diferença entre as roupas esportivas? Qual a diferença entre as roupas esportivas?

Qual a diferença entre as roupas esportivas?

Wednesday, 17 de March de 2021
Categoria:

Peças feitas para a prática desportiva dão mais conforto e ajudam no desempenho do atleta

A escolha de roupas para a prática de exercícios físicos vai muito além da questão estética. Os trajes escolhidos para essas ocasiões precisam priorizar a funcionalidade das peças e contribuir no desempenho pleno do atleta.

Os exercícios realizados em ambientes fechados, como academias, que também possuem uma vasta diversidade de modalidades, precisam de roupas apropriadas, que não prejudiquem os movimentos e não reduzam a mobilidade. Usar a roupa errada em um treino pode dificultar o alcance dos resultados que a pessoa deseja.

Uma bermuda de tactel, ou uma camisa muito justa, atrapalham a flexibilidade e fazem com que a pessoa se sinta incomodada na hora de realizar alguns exercícios. A bermuda de tactel faz com que um agachamento de amplitude seja impraticável. Esses são só alguns exemplos e dá para perceber que, para ter um bom rendimento, é preciso pensar na roupa de acordo com o treino que você vai realizar.

Roupas confortáveis que são projetadas para as práticas de exercícios físicos são a escolha certa. E é possível manter o estilo e também ter conforto. Uma camiseta Nike com um tecido tecnológico, por exemplo, pode ajudar a absorver melhor o calor do corpo, possibilitar uma boa ventilação e também proteger contra a radiação ultravioleta, no caso de esportes praticados ao ar livre. A falta de ventilação pode fazer com que o atleta tenha um episódio de exaustão por calor. Por este e outros motivos, é necessário pensar com cuidado na escolha das roupas para a prática desportiva.

Como escolher uma boa roupa para praticar exercícios? 

Uma boa roupa para se exercitar, de maneira geral, é uma roupa leve, que permite que os movimentos sejam realizados, sem problemas para agachar ou pular, por exemplo. As roupas feitas com o tecido “dry”, conhecido entre os esportistas, permitem um controle maior da transpiração.

Já para os calçados, o ideal é que sejam confortáveis e anatômicos para sua pisada e não gerem desgaste nas articulações, como calcanhar, tornozelo e joelhos. É sempre bom consultar um fisioterapeuta para saber qual é a sola ideal para sua pisada.

Entre diversos praticantes de atividades físicas, também existem as chamadas roupas de compressão, como meias, calças e camisas, que são desenvolvidas para ajudar o atleta a ter uma melhor percepção corporal. Uma pesquisa feita pela Universidade do Texas mostrou que essas roupas também aumentam a pressão sanguínea e o abastecimento de oxigênio no sangue.

No entanto, não importa o quão tecnológica é uma peça de roupa, a performance esportiva só é melhorada com treinamentos constantes, acompanhamento profissional e muita disciplina.

Divulgação