Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Promic abre inscrições para seleção do programa Londrina Projeta Cultura Promic abre inscrições para seleção do programa Londrina Projeta Cultura

Promic abre inscrições para seleção do programa Londrina Projeta Cultura

Monday, 20 de September de 2021
Categoria:

Serão escolhidos projetos estratégicos para a realização da X Conferência Municipal de Cultura; também haverá atividades formativas para Agentes Culturais Singulares, que facilitarão a participação dos segmentos culturais e comunidades em Londrina

Foto: Emerson Dias / N.Com

A Prefeitura de Londrina, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, publicou o Edital nº 006/2021 (página 11), pelo qual serão selecionados projetos voltados à realização do Programa Londrina Projeta Cultura, a serem beneficiados pelo Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic). O objetivo do Projeta Cultura é subsidiar e dar suporte para o desenvolvimento de duas diferentes atividades estruturantes do processo de gestão democrática da cultura e sua operação como política pública efetiva em Londrina. Um de seus pilares é viabilizar recursos para promover as palestras, debates e atividades da X Conferência Municipal de Cultura de Londrina, em fase de elaboração e prevista para ocorrer no mês de novembro deste ano.

Outro foco é a formação dos chamados Agentes Culturais Singulares, que atuarão junto aos segmentos culturais e comunidades de Londrina, como formadores e facilitadores da participação de todos no processo cultural, contribuindo para que as potências da cultura se tornem efetivas como direito e como qualidade de vida.

As inscrições já estão abertas e podem ser feitas até o dia 13 de outubro de 2021, com prazo final às 18 horas, exclusivamente pela internet, na plataforma Londrina Cultura – acessar Inscrições Abertas. Outra opção é entrar na página da Secretaria Municipal de Cultura, pelo endereço https://portal.londrina.pr.gov.br/incentivo-cultura/promic/editais, por meio do qual podem ser acessados também os formulários e os anexos do edital. Não serão aceitas, para efeito de inscrição, propostas entregues presencialmente na Secretaria Municipal de Cultura ou materiais postados via Correios.

Para este edital, será investido o montante de R$ 100 mil. O recurso, disponibilizado pelo Fundo Especial de Incentivo a Projetos Culturais (FEIPC), será aplicado via Promic. Para participar do Edital nº 006/2021, os proponentes devem ser pessoa jurídica de direito privado, de natureza cultural e sem fins lucrativos, que estejam em atividade há no mínimo um ano, a ser demonstrado por meio do CNPJ apresentado.

Do total de recursos disponíveis, R$ 50 mil serão destinados ao fomento de um projeto para suporte à X Conferência Municipal, no 20º aniversário de sua primeira edição. A proposta é viabilizar a execução da logística de programação do evento, espetáculos artísticos que irão compor a agenda, além de contribuir com a articulação e participação dos conselheiros e conselheiras eleitos como delegados para a X Conferência Municipal, entre outras atribuições.

A Organização da Sociedade Civil (OSC) selecionada deverá, por exemplo, viabilizar a contratação, remuneração e suporte de palestrantes, artistas e agentes culturais para o evento, bem como preparar materiais, promover divulgação de conteúdos e informações por meio de site e outras ferramentas. Se houver transmissão ao vivo on-line, a entidade ficará responsável pela estrutura. Já a idealização da conferência, escolha de temas e agendas são feitos pela Secretaria Municipal de Cultura e Conselho Municipal de Política Cultural.

Os outros R$ 50 mil do edital serão repassados para selecionar um projeto de formação dos agentes culturais aprovados, processo a ser feito também por uma OSC. Os agentes serão contratados para atuar como palestrantes e ministrantes de oficinas formativas que agreguem referências sobre os potenciais da cultura em Londrina, e, dentre suas funções, farão o preparo de materiais de subsídio e da infraestrutura necessária à realização da atividade formativa, bem como o registro e difusão das ações. A ideia é fortalecer o caráter democrático e acessível da cultura local para que mais pessoas capacitadas possam difundir conhecimentos e levar oportunidades para diferentes segmentos e públicos.

O secretário municipal de Cultura, Bernardo Pelegrini, enfatizou que este novo edital aberto pelo Promic visa iniciar uma ampliação do alcance das políticas públicas locais dentro do contexto do programa Londrina Projeta Cultura. “Criamos mais um instrumento importante que reforça o caráter inovador da nossa cidade para o incentivo à cultura e valorização das linguagens artísticas. Assim como nas áreas da Saúde e Educação, precisamos de estratégias que pensem em tornar os serviços mais acessíveis aos cidadãos, e essa é a proposta da formação de Agentes Culturais Singulares, que terão papel importante nas ações desenvolvidas nos próximos anos. Projetamos um aumento de demanda e temos de estar preparados para acompanhar e atender este crescimento com qualidade. A formação é a chave para que a cultura seja expandida e dialogue com todos os públicos, perfis e regiões de uma cidade tão diversa como Londrina”, destacou.

Sobre a Conferência Municipal, Pelegrini afirmou que o evento fortalece a atuação conjunta do poder público, conselheiros e agentes culturais. “É uma conquista celebrar a décima edição dessa iniciativa, que iniciou há 20 anos, sendo um período essencial de deliberações e definições dos nortes da política cultural londrinense, além de ser um espaço democrático de debates e reflexões. Ficamos contentes e otimistas com essa edição e seus possíveis desdobramentos”, disse.

Segundo a diretora de Incentivo à Cultura, da SMC, Sonia Regina Aparecido, antes do evento principal serão realizadas as pré-conferências, com previsão para outubro, atendendo diferentes segmentos. “Nesses encontros prévios serão debatidas as propostas que serão encaminhadas à X Conferência Municipal de Cultura, além da indicação e votação dos representantes de cada área que participarão como delegados no evento. Essas linguagens abrangem todas as regiões de Londrina, com envolvimento de áreas como literatura, música, fotografia, hip hop, cinema, dança, artesanato, artes visuais e outras”, informou.

Todos os projetos inscritos serão analisados pela Comissão de Análise de Programas e Projetos Estratégicos (CAPPE). Os critérios avaliados levam em conta a relação custo-benefício; clareza e coerência nos objetivos; criatividade; retorno de interesse público; importância para a cidade; descentralização cultural; universalização e democratização do acesso aos bens culturais; socialização de oportunidades de produção cultural; entre outros.

Fonte: N.Com