Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Projeto de acompanhamento nutricional a idosos inicia com 100 inscritos Projeto de acompanhamento nutricional a idosos inicia com 100 inscritos

Projeto de acompanhamento nutricional a idosos inicia com 100 inscritos

Wednesday, 16 de September de 2020

Iniciativa, que leva saúde e qualidade de vida à população idosa assistida, por meio da alimentação e nutrição, acontece pela internet, durante a pandemia

Projeto de acompanhamento nutricional a idosos inicia com 100 inscritos

Ilustrativa

A Secretaria Municipal do Idoso (SMI) prossegue com o projeto, realizado em parceria com a Universidade Filadélfia de Londrina (Unifil), que leva acompanhamento nutricional aos idosos. Os teleatendimentos já iniciaram e mais de 100 idosos manifestaram interesse em participar do projeto, que visa levar saúde e qualidade de vida à população idosa assistida, por meio da alimentação e nutrição, considerando os aspectos biopsicossociais associados ao envelhecimento.

A gerente de Articulação Comunitária da pasta, Rosely Sonoda Gomes, disse que o projeto dá continuidade ao trabalho remoto realizado com os idosos, durante a pandemia do novo coronavírus, que requer medidas de isolamento social e atinge, com mais severidade, esse público. “Mais de 100 pessoas tiveram interesse em receber o acompanhamento nutricional, que já começou, e significa uma quantidade expressiva por ser algo novo. É importante lembrar que, para participar, é necessário que o idoso tenha acesso à internet, por celular ou computador, já que a ação é feita remotamente”, apontou.

Por meio do projeto, os participantes recebem acompanhamento nutricional via internet, promovido pelos alunos do quarto ano do curso de Nutrição da Unifil. Os contatos são feitos por telefone, e-mail e WhatsAppdentre outras formas, e acontecerão durante todo o ano. Os atendimentos contam com a supervisão de professores da área de Nutrição Social da Universidade.

O professor de Nutrição da Unifil, Guilherme Dantas, contou que as orientações são voltadas à promoção da saúde, estímulo à alimentação saudável, combate às fakes news sobre alimentação, considerando as características biológicas e sociais do envelhecimento. “A assistência nutricional, de forma empática e coerente com a realidade de cada um, acolhe e fornece caminhos para que a pessoa idosa desenvolva ou resgate sua autonomia nas escolhas alimentares, além de minimizar as alterações ocorridas com o processo de envelhecimento. Isso é muito importante, pois o envelhecimento promove diversas alterações biológicas, sociais e psicológicas que acabam por colocar o indivíduo idoso em risco nutricional”, enfatizou.

Como participar – Para que a ação aconteça, a SMI está fazendo a busca ativa dos idosos que já participam das ações dos Centros Municipais do Idoso (CCIs) de Londrina, mas qualquer pessoa com 60 anos ou mais pode participar, entrando em contato com os CCIs leste e norte, nos telefones 3375-0307 (leste), de segunda a sexta, das 8 às 14 horas, e 3373-0090 (norte), das 9 às 15 horas.

Fonte: N.Com