Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Programação voltada à cultura afro movimenta Londrina nesta semana

Programação voltada à cultura afro movimenta Londrina nesta semana

Tuesday, 07 de December de 2021

Agenda de eventos vai até sexta-feira (10) e conta com atrações musicais, feira de empreendedorismo, oficinas formativas e mostra de artes plásticas

Divulgação

Até a próxima sexta-feira (10), Londrina conta com uma programação repleta de eventos destinados a valorizar, disseminar e divulgar a arte e cultura afro-brasileira. As atividades são gratuitas e integram a 36ª Mostra Afro Brasileira Palmares, iniciada no dia 20 de novembro, com o objetivo de celebrar o Mês da Consciência Negra. Realizada pelo Instituto do Movimento de Estudos da Cultura Afro-Brasileira (IMECAB), a iniciativa conta com patrocínio da Prefeitura de Londrina, por meio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic).

Oferecendo eventos diários na Concha Acústica, a 5ª Mostra de Música Afro-Brasileira tem proporcionado diversas atrações à população. Nesta segunda-feira (6), haverá apresentação com Luiza Braga e o Coletivo Black Divas. Amanhã (7), o show será realizado pelos Curingas do Samba. A atração de quarta-feira (8) são as Pastoras do Samba, em conjunto com Heloísa Fernandes. Fechando a programação, a quinta-feira (9) contará com um show especial de encerramento, que incluirá uma homenagem ao centenário de nascimento do sambista Zé Keti. Em todas as ocasiões, as apresentações iniciam às 20h, com exceção da atividade de quinta-feira (9), que está marcada para as 19h.

Outro evento que também está sendo realizado na Concha Acústica, até quinta-feira (9), é a 1ª Feira Quilombo Cultural de Afroempreendedores. A ação divulga as produções de quase 40 artistas e empreendedores locais, com foco maior em representantes da cultura afro e pessoas envolvidas em iniciativas em prol da igualdade racial. O público pode conhecer e adquirir uma série de produtos da economia criativa, incluindo itens de moda, design, artesanato, culinária, beleza, roupas, livros e materiais culturais.

Paralelamente, a Feira Quilombo também realiza uma série de oficinas formativas e palestras relacionadas à temática do empreendedorismo e cultura afro. Entre os diversos temas abordados nessas ações, estão “Introdução à Literatura Negra”, “Introdução ao Cinema Negro”, “Cultura e Cidadania” e “Cultura e Meio Ambiente”. As atividades são promovidas em formato híbrido, com trabalhos presenciais na Biblioteca Pública Municipal de Londrina (Avenida Rio de Janeiro, 413) e transmissão on-line pelas contas do Imecab no Instagram e YouTube. Os interessados em participar poderão conferir a agenda completa e fazer suas inscrições, gratuitamente, neste link.

O presidente do Imecab e coordenador-geral da 36ª Mostra Afro Brasileira Palmares Londrina, Vagner Nogueira, explicou que a 1ª Feira Quilombo Cultural tem o propósito não só de divulgar o trabalho dos empreendedores negros como também oferecer oportunidades de qualificação para esse público. “Essas ações trabalham diferentes assuntos, como cultura afro, origem, ancestralidade e aspectos técnicos do empreendorismo. Ao se tornar ainda mais capacitado, o empreendedor negro ganha referências e um embasamento que vão contribuir para que ele aperfeiçoe ainda mais os seus produtos e serviços”, disse.

Exposição – Composta por 30 obras de dez artistas, de renome nacional e internacional, a 36ª Mostra Afro Brasileira Palmares continua aberta ao público até a sexta-feira (10). A exposição pode ser conferida  na Sala José Antonio Teodoro, que fica no segundo andar da Biblioteca Pública Municipal (Avenida Rio de Janeiro, 413).

O secretário municipal de Cultura, Bernardo Pellegrini, parabenizou a comunidade afro-londrinense e os participantes das ações pela programação realizada na cidade. “A cultura afro está vivendo um grande momento em Londrina neste final de ano. O Imecab se movimentou e está dando de presente para a cidade um momento fantástico de contato com a tradição riquíssima da cultura afro-brasileira, e muitas pessoas têm prestigiado a programação. Estamos muito felizes por poder apoiar e viabilizar, através do Promic, essas iniciativas tão importantes para a cultura popular do Brasil”, afirmou.

Fonte: N.Com