Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Programa de Aprendizagem de Agentes Voluntários reúne 70 pessoas Programa de Aprendizagem de Agentes Voluntários reúne 70 pessoas

Programa de Aprendizagem de Agentes Voluntários reúne 70 pessoas

Wednesday, 15 de December de 2010

Cerca de 70 pessoas participaram em Londrina, na última sexta-feira e sábado, dias 10 e 11, do ?Projeto de Sustentabilidade: Programa de Aprendizagem de Agentes de Desenvolvimento Voluntários como Netweavers de redes comunitárias?.  
O curso, realizado no Hotel Bourbon e coordenado pelo professor e analista político Augusto de Franco, teve como proposta fortalecer e dar sustentabilidade às Redes de Desenvolvimento Local – iniciativa da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep) e do Serviço Social da Indústria (Sesi).

Atualmente, moradores de 32 bairros trabalham com as Redes no município. A ideia também foi atrair cidadãos interessados em incentivar o surgimento de redes locais, as quais visam mobilizar as comunidades para pensarem, planejarem e executarem ações que possam acelerar o processo de desenvolvimento das localidades. 

Segundo Franco, Londrina foi a cidade escolhida para começar a nova fase do programa de aprendizagem dos agentes de desenvolvimento das Redes de Desenvolvimento Local. ?Nessa nova fase, os participantes são voluntários que moram ou trabalham nas próprias localidades onde atuarão como netweavers. O objetivo é aumentar as chances de sustentabilidade do programa, ancorando-o em pessoas que não vão abandonar as localidades após o término do processo de implantação da metodologia?, explicou.

A capacitação abordou temas como a estratégia de indução do desenvolvimento local por meio do investimento em capital social, a articulação e animação de Redes Sociais, além de toda fundamentação teórica da metodologia das Redes de Desenvolvimento Local.  

“A palestra de capacitação do Augusto de Franco, além de nos motivar a desenvolver uma capacidade para o empreendimento social, vem também nos dar novas visões de como interagir uns com os outros, na qual há uma troca de informações formando uma rede social. E assim, pode nos ajudar a realmente desenvolver o lugar onde vivemos?, afirmou Elvis Perez, empresário e membro do Núcleo de Articulação da Rede de Desenvolvimento do Jardim Jamaica.

Para a jornalista e integrante do Núcleo de Articulação do Centro de Londrina, Lia Della Libera, a capacitação ampliou os horizontes no que diz respeito à metodologia das Redes de Desenvolvimento Local. ?Como faço parte da Rede, o curso foi bom para ratificar o que já havíamos feito no bairro e vermos que estamos no caminho certo. Pude ter um novo panorama, a partir de um aprofundamento para nos tornarmos os próprios agentes de desenvolvimento da nossa localidade e de outras?, contou. 

A partir destas capacitações, o foco é gerar nas pessoas um despertamento para que elas se sintam donas deste processo fomentado pelo Sistema Fiep. ?É uma etapa de grande importância, porque nesta fase vamos tratar da necessidade de se preparar como articuladores. Só assim as coisas vão funcionar. Só assim as coisas caminharão para um completo processo de protagonismo das sociedades. Pois, como sabemos e tanto falamos, uma nova política só é possível a partir do desenvolvimento local?, disse o coordenador das Redes de Desenvolvimento Local no Estado, José Marinho.

Acesse www.desenvolvimentolocal.org.br e saiba mais. 

Fonte: Assessoria Redes de Desenvolvimento

Mais detalhes:

Informações pelo (43) 3379-5224 E-mail: [email protected]