Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Procon orienta sobre as compras de material escolar Procon orienta sobre as compras de material escolar

Procon orienta sobre as compras de material escolar

Wednesday, 13 de January de 2016
Categoria:

Pais e responsáveis devem pesquisar com antecedência para garantir o menor preço, e ficar atentos aos itens solicitados

O retorno às aulas está cada vez mais perto e os pais e responsáveis já estão preocupados com a aquisição do material escolar. E nas listas preparadas pelas escolas, itens essenciais para o bom andamento dos estudos podem ser misturados com materiais dispensáveis, aumentando os gastos. Há também casos de escolas que exigem a compra de produtos de determinada marca.

Para evitar essas e outras situações, o Núcleo Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor de Londrina (Procon – LD) elaborou algumas orientações específicas para a compra do material escolar.

Dentre as recomendações, está o planejamento prévio. Deixar as compras para última hora dificulta na pesquisa de preços, e as promoções costumam acontecer no início de janeiro. Além disso, nem sempre os maiores estabelecimentos, ou aqueles que fazem mais propaganda ou publicidade, possuem os melhores preços em toda a lista de materiais. Por isso a pesquisa de preços deve abranger todos os itens listados, em várias lojas.

A coordenadora executiva do Procon-LD em exercício, Tatiane Boneto Pinheiro, sugere que as crianças não acompanhem os pais na compra dos produtos escolares. Normalmente eles querem comprar os itens da moda, com personagens, que costumam ser bem mais caros que os demais. “é bom não levar as crianças na hora da compra, para economizar ainda mais. Outra dica é reunir um grupo de pais para fazer a pesquisa e adquirir os materiais em conjunto, já que alguns locais oferecem desconto por compras em maior quantidade”, explicou.

Ao receber a lista de materiais, os pais e responsáveis devem conferir se os produtos mencionados correspondem ao nível das atividades que serão executadas pelo aluno. Se a lista for muito grande, confirme com a escola sobre essa compatibilidade. Produtos de uso comum ou coletivo, como itens de higiene ou limpeza, também não podem constar nas listas de materiais.

Algumas escolas podem sugerir, na própria lista, os locais para aquisição dos itens. No entanto, a coordenadora executiva do Procon-LD lembra que a escola não pode exigir que o consumidor faça sua compra de material em determinado estabelecimento, ou determinar materiais vinculados à uma marca específica. “Caso qualquer uma destas situações ocorra, o consumidor pode fazer sua denúncia ao Procon-LD pelo telefone 151 ou pelo e-mail [email protected], para que a nossa equipe averigue essas possíveis irregularidades”, afirmou.

Os atendimentos pessoais são feitos na sede do Procon-LD, que fica na rua Mato Grosso, 299, centro. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 9 às 17 horas. A distribuição de senha para atendimento é até 14 horas.

Texto: Juliana Gonçalves/N.Com