Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Prefeitura oferece canal telefônico para apoio psicológico aos servidores Prefeitura oferece canal telefônico para apoio psicológico aos servidores

Prefeitura oferece canal telefônico para apoio psicológico aos servidores

Thursday, 30 de April de 2020

Serviço, oferecido no 0800-400-1234, busca promover a saúde mental através de contato com profissionais especializados

Foto: UEL / Divulgação

Pensando em promover o bem-estar cognitivo e emocional dos servidores municipais durante a pandemia de coronavírus, a Prefeitura de Londrina lançou, nesta semana, um serviço de apoio psicológico por telefone. O canal, exclusivo para servidores que atuam na administração direta ou indireta do Município, conta com oito psicólogos da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), mais duas profissionais residentes.

Divulgação

Através deste canal, os psicólogos fazem, durante o atendimento telefônico, uma escuta acolhedora aos servidores que, mesmo com a paralisação de vários setores da sociedade, continuam atuando durante a pandemia. E, muitos, por trabalharem em serviços essenciais, têm alto risco de contágio pelo COVID-19, o que por si só pode causar um desgaste psicológico.

De acordo com a diretora de Atenção Primária em Saúde da SMS, Valéria Cristina Barbosa, mesmo tomando todos os cuidados preventivos e de proteção, há uma apreensão por parte dos servidores com relação a essa nova doença. “Isso acontece pelo risco de contaminação, e a preocupação em não levar o vírus para seus familiares. Além disso, o isolamento social também pode causar sofrimento mental, pois, além de modificar a rotina, impede os encontros mais próximos com seus familiares e outras pessoas queridas”, frisou.

Divulgação

Para acolher a demanda dos servidores municipais, o canal de atendimento para apoio psicológico está disponível pelo número 0800-400-1234, opção 1. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 7 às 19 horas, e o servidor deverá informar sua matrícula funcional, para identificação.

Para a diretora de Atenção Primária em Saúde da SMS, ter a oportunidade de expor a um profissional de Psicologia as fragilidades que surgiram por conta da pandemia, é uma forma importante de obter alternativas para lidar com a nova situação. “A readequação à nova realidade para algumas pessoas é simples, mas para a grande maioria exige um esforço e descoberta, através de novos meios, para continuar fazendo suas atividades imprescindíveis, o que pode acarretar em algumas pessoas um intenso sofrimento mental. A partilha desta condição com profissionais especializados permite que eles ajudem os servidores a descobrirem novos instrumentos, que lhes permitam lidar melhor com a situação”, concluiu.

Fonte: N.Com