Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Prazo para turmas agendarem visitas no Paraná Faz Ciência encerra na próxima terça

Prazo para turmas agendarem visitas no Paraná Faz Ciência encerra na próxima terça

quarta, 25 de outubro de 2023
Categoria

Divulgação

Maior evento científico do Paraná deve receber cerca de 40 mil alunos de todo o estado no campus da UEL; as inscrições também estão abertas para oficinas e visitas técnicas

Londrina vai sediar a Semana Estadual de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná – Paraná Faz Ciência 2023, entre os dias 6 e 10 de novembro, no campus da Universidade Estadual de Londrina (UEL). O evento vai apresentar, por meio de palestras, vistas técnicas e oficinas, os avanços tecnológicos das mais variadas áreas do conhecimento, produzidos por toda a rede de educação do Paraná.

Escolas do Ensino Fundamental, Médio e Superior que queiram levar seus alunos até o evento podem cadastrar suas turmas com, no mínimo, dez integrantes. O agendamento deve ser feito diretamente pelo site oficial do evento paranafazciencia.uel.br, mediante preenchimento do formulário eletrônico

O pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da UEL, professor Eduardo José de Almeida Araújo, coordena o evento em Londrina. Ele explicou que o Paraná Faz Ciência será uma espécie de feira de ciências, em que estudantes e professores da educação básica poderão visitar os laboratórios de pesquisa e ver resultados de projetos da UEL e de todas as instituições públicas do Paraná. “A UEM, UFPR, UTFPR, UEPG, UNICENTRO, UNIOSTE, UENP, UNESPAR, institutos federais de ensino e várias outras instituições estarão no campus da UEL expondo seus projetos em estandes, por isso a importância do agendamento das escolas que vão nos visitar pra estarmos mais bem preparados e termos registro de tudo”, explicou.

Um dos articuladores pra que o maior festival de Ciência e Tecnologia do Paraná seja realizado em Londrina, o presidente do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel), Alex Canziani, destacou o impacto do evento na educação de Londrina e região. “Estamos tendo o privilégio de sediar o Paraná Faz Ciência e conhecer de perto o que e onde o Paraná tem feito Ciência e Tecnologia. É uma grande oportunidade pra que os nossos estudantes e profissionais da área possam vivenciar a ciência por meio da imersão e do contato com pesquisadores”, ponderou.

A mostra integra a 20ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT 2023), reunindo agentes estaduais e municipais – Secretaria de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti), Agência Araucária de Ciência, Tecnologia e Inovação do Paraná (Fundação Araucária), a Secretaria Estadual de Modernização, Transformação e Inovação (SEI), com apoio da Secretaria de Estado da Educação (SEED), Secretaria Municipal de Educação (SME) de Londrina e do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel).

O Núcleo Regional de Educação de Londrina (NRE) está se mobilizando através de contatos com a direção das escolas estaduais para que um número expressivo de alunos compareçam. “É uma oportunidade rara para que estudantes e professores possam conhecer e interagir com os pesquisadores e com as pesquisas em andamento. Isso deve inspirá-los a idealizarem novos projetos”, observou a chefe do NRE, Jéssica Elizabeth Gonçalves Pieri.

feito o mesmo roteiro que o NRE na ação para mobilizar escolas; neste caso, as municipais. A secretária da pasta, Maria Tereza Paschoal de Moraes, detalhou que a SME vai montar um estande pra atendimento no decorrer do Paraná Faz Ciência. “É um evento que aproxima estudantes de diferentes níveis de ensino, dando visibilidade aos nossos alunos da Educação Básica. E que, também, fortalece e incentiva cada vez mais o desenvolvimento da ciência, tecnologia e inovação em nossas escolas da rede municipal”, enfatizou.

Programação – A abertura do evento será no dia 6 de novembro, no Cine Teatro Ouro Verde, a partir das 18h. Na ocasião, será revelado o vencedor do Programa de Propriedade Intelectual com Foco no Mercado – Prime 2023. O Prime tem como objetivo prospectar propostas acadêmicas com potencial mercadológico e transformar resultados científicos em novos negócios. E, na abertura, haverá apresentação da Orquestra Sinfônica da UEL (Osuel).

A Semana de Ciência e Tecnologia será dividida em seis eixos temáticos: Eixo 1: Ensino Superior do Futuro; Eixo 2: Mostra Interativa de Ciência, Tecnologia e Inovação; Eixo 3: Visitas Técnicas; Eixo 4: Oficinas; Eixo 5: Cultura e Arte; e Eixo 6: Eventos acadêmicos. A coordenação do evento disponibilizou o cronograma completo  no portal do Paraná Faz Ciência 2023.

Visitas técnicas – Estão abertas as inscrições para estudantes interessados em conhecer e vivenciar 65 ambientes de desenvolvimento tecnológico e científico. São laboratórios e demais unidades acadêmicas da UEL onde são realizadas atividades relacionadas ao desenvolvimento científico, tecnológico e cultural.

As visitas serão realizadas entre 7 e 9 de novembro, em locais como o Centro de Tratamento de Queimados (CTQ), no Hospital Universitário (HU), os Museus de Anatomia e de Zoologia e a Rádio UEL, que traz curiosidades como uma discoteca onde pode ser encontrada raridades da MPB, da música instrumental e erudita e um minimuseu do rádio. Para participar, é necessário fazer a inscrição on-line.

Oficinas – Voltadas para o desenvolvimento de atividades práticas e temáticas com pequenos grupos, as mais de cem oficinas do Paraná Faz Ciência 2023 também estão com inscrições abertas. As atividades são gratuitas, disponibilizadas de modo presencial e remoto, entre dias 7, 8 e 9 de novembro, nos três períodos – manhã, tarde e noite.

As oficinas são abertas aos mais diversos públicos, de estudantes da educação básica a professores do ensino superior e à comunidade externa. Para participar, os interessados devem realizar inscrições individuais exclusivamente por meio do site do evento, até o dia 31 de outubro.

Fonte: N.Com