Menu LondrinaTur – Portal de Londrina
Guias
Pesquisa na Inglaterra mostra os cinco melhores iPhones já produzidos Pesquisa na Inglaterra mostra os cinco melhores iPhones já produzidos Pesquisa na Inglaterra mostra os cinco melhores iPhones já produzidos

Pesquisa na Inglaterra mostra os cinco melhores iPhones já produzidos

Monday, 07 de May de 2018

Relacionando preço, desempenho, tamanho e tecnologias da Apple, iPhone 7 é a melhor opção, segundo MacWorld

Talvez não seja a única escolha, mas para milhares de pessoas que estão procurando um smartphone, o iPhone é a opção mais óbvia. Outros smartphones Android talvez superem o aparelho da Apple em algum momento, mas hoje a empresa californiana ainda tem um mercado estável no Ocidente – e não parece que ela vai perdê-lo tão já.

Com a revelação dos celulares lançados em setembro, o iPhone X e o iPhone 8, há oito diferentes modelos para escolher, incluindo o que fez mais sucesso nos Estados Unidos, na Europa e em países como o Brasil: o iPhone 6 (incluindo a versão iPhone 6.32gb). Portanto, é difícil escolher uma opção que seja melhor do que a outra – mesmo perguntando às pessoas que possuem alguma versão.

O debate sobre qual iPhone é verdadeiramente melhor poderia levar dias, e muitos consumidores não demorariam em apontar os mais recentes lançamentos como os melhores da marca, mas a verdade é que muitas pessoas não precisam – ou não podem pagar – por um aparelho mais caro. Considerando a “idade”, o preço, o tamanho ou apenas o aparelho, uma pesquisa na Inglaterra ouviu diversos proprietários do dispositivo mais cobiçado do mundo e elencou quais são os melhores modelos para o público.

  1. iPhone 7

Não é o smartphone mais novo da Apple, mas tem a melhor combinação de preço, desempenho, design e valor para a maioria das pessoas. Com uma tela de 4.7 polegada, um microfone potente, uma bateria duradoura e acesso ao incomparável iOS, ele tem um custo-benefício significativo: a versão de 32gb sai por R$ 2,4 mil no Saldão da Informática, por exemplo. Para o portal especializado MacWorld, a versão 7 do celular é, de fato, a melhor que a Apple já fez.

  1. iPhone 8

Ainda que seja o último lançamento, o iPhone 8 ainda é muito caro para os padrões médios brasileiros: em lojas como a Americanas.com, o Extra ou o Submarino, ele sai por R$ 3.059. Mesmo em países como o Reino Unido e os Estados Unidos, é um smartphone cujo preço ainda é considerado alto. As grandes novidades do modelo é o carregamento da bateria via rede Wireless, uma bateria ainda mais duradoura e um novo display, ainda que mantenha o design do iPhone 7.

Crédito: Divulgação

  1. iPhone SE

Um modelo que é geralmente esquecido, mas que tem o melhor preço na linha do iPhone é a versão chamada SE. No Brasil, chega a ser encontrado por R$ 1,3 mil – mais barato que alguns dos seus concorrentes. O modelo mantém algumas características do iPhone 6, mas alguns relatos dizem que não é um bom celular para games. O display 4in também é o menor entre todas as versões, o que pode ser significativo na hora de escolher outras marcas com telas maiores, mas ainda assim ele traz tecnologias como o touch ID, a tela “Retina” e o desempenho de um iPhone por menos de R$ 1,5 mil.

  1. iPhone 7 Plus

É o primeiro iPhone com a tela maior do que as outras versões, duas câmeras dianteiras e cores diferenciadas, o que podem ser critérios definitivos na hora de escolher. O preço, ainda assim, não deixa de ser salgado: o modelo de 32gb sai por R$ 2,8 mil, mais barato apenas do que o recente iPhone 8 Plus.

  1. iPhone 6.32gb

É normal encontrar muitas vendas do celular que a Apple lançou em setembro de 2015 ainda hoje, muito por causa do preço: R$ 2 mil. O modelo de 128gb, então, sai por R$ 2,3 mil. As câmeras não foram melhoradas, mas o modelo é uma excelente opção para o consumidor que não quer pagar tanto, mas ainda assim deseja ter a maioria dos recursos que a Apple oferece. É a maneira mais barata também de ter um iPhone com a tecnologia 3D Touch, a tecnologia sensível à pressão sobre a tela que permite uma interação mais rica com a apresentação da tela inicial.