Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Evento promove debate sobre startups no Paraná Evento promove debate sobre startups no Paraná

Evento promove debate sobre startups no Paraná

Wednesday, 05 de May de 2021
Categoria:

Palestra virtual, promovida pela Secretaria Municipal de Governo e CODEL, terá a participação de Léo Jianoti, sócio da Honey Island Capital

A Prefeitura de Londrina promove, nesta quarta-feira (5), palestra virtual com o economista e sócio da Honey Island Capital, Léo Jianoti, falando sobre o tema “Oportunidades para Startups no Paraná”. O encontro será às 14h, promovido pela Secretaria Municipal de Governo em parceria com o Instituto de Desenvolvimento de Londrina (CODEL).

Não é necessário fazer inscrição prévia, e a transmissão é aberta a todos os interessados no tema. Para assistir a palestra, basta acessar o link https://ebanx.zoom.us/j/87592495505. A ID da reunião é 875 9249 5505 e a senha de acesso 121212.

“Nesse evento, vamos apresentar ao Jianoti nosso ecossistema local e trocar algumas ideias. O objetivo é mostrar a ele nosso potencial para que, futuramente, sejam firmadas possíveis parcerias”, disse o secretário municipal de Governo, Alex Canziani.

O evento contará ainda com a participação da deputada federal Luísa Canziani e do diretor de Ciência e Tecnologia da Codel, Roberto Moreira.

Leo Jianoti atua como conselheiro em empresas. Foi co-fundador da Curitiba Angels e é investidor anjo de startups. Dentre elas, a Contabilizei, James Delivery, Transfeera, Polen, Anthor, Phosfato e Troco Simples. Fez mestrado em Bioenergia, formação executiva em Gestão por Valor e possui 17 anos de experiência profissional em projetos de estratégia econômica.

O palestrante citou que há uma série de fatores que contribuem para uma mudança do eixo gravitacional do capital de risco no país, e que colocam o Paraná como espaço importante para essas iniciativas. “Alguns dos principais motivos e fatores são que temos uma mão de obra extremamente qualificada e pronta para inovar; temos setores econômicos de força nacional, como o agronegócio, logística e as fintechs, com dois unicórnios no estado”, elencou.

Jianoti acrescentou que o momento é de bastante liquidez e foco no Paraná, e isso privilegia o ecossistema de startups. “Todos os fundos de âmbito nacional e até latino-americanos têm algum investimento na nossa região, e estão de alguma forma com o olhar para cá. Esse é um conjunto de fatores que cria um ambiente muito propício para que novas startups nasçam e se desenvolvam no estado. Na crise, existem muitas oportunidades e se formou um cenário cheio de oportunidades para inovar em processos, novos modelos de negócio e criação de valor”, finalizou.

N.com