Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Município antecipa Operação Noite Fria 2019 Município antecipa Operação Noite Fria 2019

Município antecipa Operação Noite Fria 2019

Monday, 06 de May de 2019

Na próxima segunda feira (6), a Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS) inicia a Operação Noite Fria, com o aumento de oferta de vagas em acolhimento e expansão de horário de trabalho da equipe do Serviço de Abordagem Social. Este será o primeiro ano que a operação terá início nesta data e término somente em setembro.

Serão ofertadas 64 vagas, sendo 60 para homens e quatro para mulheres, por cinco meses, pela instituição Ministério de Missões e Adoração (MMA), que já reservou uma de suas casas para este acolhimento. O trabalho será realizado no formado de pernoite, das 19 às 7 horas. Ao entrar, o acolhido terá acesso a higiene e alimentação e às 7 horas será servido o café da manhã. Após a refeição, ocorrerão os atendimentos sociais.

Município antecipa Operação Noite Fria 2019

Foto: Ilustrativa

Durante a Operação Noite Fria também vai haver ampliação dos horários de Abordagem Social. A secretária municipal da pasta, Jacqueline Marçal, explicou que hoje as equipes trabalham de segunda a sexta das 8 às 22 horas, aos sábados das 9 às 20 horas e aos domingos e feriados das 9 às 15 horas. Na operação Noite Fria as equipes passam a trabalhar de segunda a sexta, das 8 até 1 hora da manhã, sábados das 9 às 23 horas, domingos e feriados das 9 às 15 horas e depois retornam das 20 às 23 horas.

Segundo a secretária, o trabalho é pensado de forma a aumentar a proteção das pessoas em situação de rua no período de intensificação do frio, principalmente àquelas que não aceitam acolhimento no modelo de cuidado de 24 horas. “Queremos evitar que muitas venham a falecer em decorrência de exposição às baixas temperaturas. O aprimoramento dessa ação faz parte do planejamento estratégico da Secretaria de Assistência Social, na política pública para moradores de rua”, afirmou.

Tanto os usuários do serviço quanto a população que tenham conhecimento de pessoas que precisam ser atendidas, podem acionar a equipe pelo telefone (43) 99991-4568. São aceitas ligações a cobrar. Pessoas que estão em situação de rua e que desejam receber o acolhimento também podem procurar pessoalmente o Centro de Referência Especializado para População de Rua (Centro POP). O atendimento é feito de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas, na Rua Dib Libos, 25. O telefone do local é o 3378-0417.