Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Oficinas de teatro para mulheres estão com inscrições abertas Oficinas de teatro para mulheres estão com inscrições abertas

Oficinas de teatro para mulheres estão com inscrições abertas

Thursday, 09 de May de 2019

O projeto cultural “As marcas no corpo” está com inscrições abertas para início de novas turmas. A oficina de teatro é desenvolvida exclusivamente com mulheres com idade igual ou superior a 15 anos, e utiliza técnicas da arte teatral somadas a conceitos do feminismo para fortalecer as participantes, tornando-as protagonistas da própria história. Este é o segundo ano de execução do projeto, que conta com patrocínio da Prefeitura de Londrina, por meio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (PROMIC).

Há vagas para participar da oficina em diversas regiões da cidade. O projeto é realizado em parceria com as secretarias municipais de Políticas para as Mulheres, Assistência Social, por meio dos serviços do CRAS e CREAS, a Biblioteca Municipal Eugênia Monfranati, o Centro de Convivência da Pessoa Idosa (CCI) da região Norte, e o projeto de pesquisa “Cirandando Londrina: efeitos de redes culturais ecológicas de beleza e resistência contra as subcidadanias”, coordenado pela docente Alejandra Astrid Leon Cedeno, da Universidade Estadual de Londrina.

Oficinas de teatro para mulheres estão com inscrições abertas

Foto: Divulgação

Segundo a atriz e arte-educadora Natália Viveiros, uma das coordenadoras do projeto, esta é a segunda edição realizada no CCI Norte. “Tivemos uma boa receptividade, e as participantes gostaram bastante. No final, uma das alunas que sofre de problemas cardíacos refez os exames médicos, e veio nos dizer que a mudança que as oficinas de teatro trouxeram para a vida dela tiveram impacto positivo na saúde, comprovados pelo resultados dos exames. Isso nos impressionou muito”, comentou.

Natália explicou que, nos encontros, as alunas têm contato com conceitos do feminismo como sororidade e empoderamento, para que consigam identificar suas vulnerabilidades e que elas passem a ter visibilidade. “Procuramos desenvolver a empatia entre essas mulheres, e apontar as violências naturalizadas que fazem parte do cotidiano delas. Buscamos oferecer um ambiente de segurança, onde elas possam olhar para si mesmas e cuidar de si. Muitas delas viveram para suas famílias, para o trabalho, várias não tiveram oportunidade de concluir os estudos. E esse projeto acaba sendo uma oportunidade de mudar essas histórias”, frisou.

O projeto é desenvolvido com duas modalidades de oficinas. As de curta duração são introdutórias, e abertas a todas as mulheres com idade igual ou superior a 15 anos. Já as oficinas de longa duração são também de continuação, voltadas às mulheres que já tenham tido contato com artes cênicas, teatros e áreas afins, inclusive ex-alunas do projeto.

Sobre as coordenadoras – Natália Viveiros tem formação pedagógica em Produção Cultural e Designer pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná, e bacharelado em Artes Cênicas pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Atua no projeto “As Marcas no Corpo”, desenvolve a performance “Conexões Hibridas e Memórias Marginais”. Pesquisa o grotesco feminino e o corpo na educação.

Renata Santana é atriz, arte-educadora e produtora cultural. Fez especialização em Educação em Artes Visuais na Universidade Estadual de Maringá (UEM), é bacharela em Artes Cênicas pela UEL, onde também se formou em Psicologia . Além do projeto “As marcas no corpo”, participa do coletivo de mulheres “Nós Clandestinas” e na “Cia Kiwi de Jaqueta”. Como atriz-pesquisadora, desenvolve a performance autobiográfica Invólucro: Uma poética do nascer, a performance “Conexões Híbridas e Memórias Marginais” e o espetáculo “Bizarria”, além de outras experimentações cênicas que investigam o universo feminino.

Programação das oficinas “As marcas no corpo”

Oficinas de curta duração:

Região norte

CCI Norte: Rua Luís Brugin, 570 – Conjunto Maria Cecília

Período: de 13 de maio a 8 de julho, às segundas-feiras

Horário: 9 horas 

Região sul

Biblioteca Eugênia Monfranati: Av. Guilherme de Almeida, 2.260 – Conjunto Ouro Branco

Período: de 15 de maio a 10 de julho, às quartas-feiras

Horário: 9 horas

Região oeste

Centro Comunitário: Rua Nossa Senhora do Socorro, 436 – Jardim Nossa Senhora da Paz

Período: de 13 de maio a 8 de julho, às segundas-feiras

Horário: 18h30

 

Oficinas de Longa Duração – 10 meses:

Região norte

CCI Norte

Início: 16 de maio, às quintas-feiras

Horário: 9 horas 

Região central

Usina Cultural: Avenida Duque de Caxias, 4.159 – Vila São Caetano

Início: 18 de maio, aos sábados

Horário: 14 horas 

Fonte: Prefeitura de Londrina