Menu LondrinaTur, portal de Londrina e norte do Paraná
Guias
Estão abertas até sábado (26) as inscrições para as oficinas gratuitas do FILO Estão abertas até sábado (26) as inscrições para as oficinas gratuitas do FILO

Estão abertas até sábado (26) as inscrições para as oficinas gratuitas do FILO

Tuesday, 22 de October de 2019
Categoria:

A Mostra Nacional de Artes Cênicas – FILO 50+1 será aberta nesta quinta-feira (24), às 20 horas, no Teatro Mãe de Deus, com o espetáculo “Refúgio”, do premiado dramaturgo Alexandre Dal Farra, de São Paulo. Até o dia 5 de novembro, a programação traz 20 apresentações de espetáculos e performances de teatro, música, circo e uma agenda gratuita de palestras, oficinas e encontros.

Serão ofertadas quatro oficinas em novembro: nos dias 1 e 2, “Iniciação à Prática da Crítica de Teatro”, com o jornalista, crítico e pesquisador Valmir Santos (SP), e “Exercícios e Jogos Teatrais Para o Associativismo”, com o ator, professor e pesquisador Ney Piacentini, da Companhia do Latão (SP); no dia 2, “A Rua Como Espaço do Encontro”, com o ator e diretor artístico do Grupo Galpão, Eduardo Moreira (MG), e no dia 5 de novembro “A Importância da Construção da Personagem no Texto Teatral”, com o dramaturgo e diretor Mário Bortolotto (SP). Em dezembro, no dia 8, acontece mais uma oficina na programação cultural de aniversário de Londrina: “Introdução ao teatro de animação”, com Gustavo Bertin e Hanny Reis. Todas são GRATUITAS, mas têm vagas limitadas.

As inscrições devem ser feitas até o dia 26 de outubro (sábado) pelo e-mail [email protected] (até 14 horas). É preciso indicar, no “assunto”, qual é a oficina desejada e anexar um breve currículo e uma carta de intenção. Os selecionados serão comunicados também por e-mail. Mais informações sobre as oficinas no site www.filo.art.br.

A Mostra Nacional de Artes Cênicas – FILO 2019 é realizada pela Atrito Arte Artistas e Produtores Associados, com patrocínio da Prefeitura de Londrina, por meio do PROMIC (Programa Municipal de Incentivo à Cultura), e em parceria com a Palipalan Arte e Cultura e Universidade Estadual de Londrina.

INFORMAÇÕES SOBRE AS OFICINAS:

EXERCÍCIOS E JOGOS TEATRAIS PARA O ASSOCIATIVISMO
Ney Piacentini (São Paulo – SP)
Dias 1 e 2 de novembro | Das 10 às 13h | Loja Ciranda (Rua Pref. Hugo Cabral, 656)

O ator, professor e pesquisador Ney Piacentini traz toda a sua experiência de mais de 40 anos na área, para uma oficina com exercícios e jogos teatrais nos quais o foco é a expansão da criatividade coletiva e individual, promovendo a integração, a solidariedade e a colaboração em grupo. Os jogos propostos estimulam a escuta, a sensibilidade e a imaginação, fundamentais para a reinvenção do indivíduo na sociedade. Na última parte da atividade, um panorama geral e discussões sobre gestão cultural cooperativada. São 20 vagas e três horas de duração.

Um dos fundadores da Companhia do Latão, Piacentini direciona o trabalho a gestores (e aspirantes), professores, arte-educadores, pedagogos, psicólogos e terapeutas, facilitadores e multiplicadores sociais, estudantes de licenciatura em Artes Cênicas (teatro, dança e circo), Música e Artes Plásticas, docentes e discentes da área de humanas. Para participar, não é necessário ter experiência com teatro.

INICIAÇÃO À PRÁTICA DA CRÍTICA DE TEATRO
Valmir Santos  (São Paulo – SP)
Dias 1 e 2 de novembro | Das 14 às 17h | Loja Ciranda (Rua Pref. Hugo Cabral, 656)

O jornalista, crítico e pesquisador Valmir Santos, idealizador e editor do site Teatrojornal, propõe uma oficina a partir do mapeamento do panorama histórico do trabalho de recepção crítica no jornalismo brasileiro, discutindo os procedimentos técnicos, estilísticos, éticos e relacionais que levam em consideração as dimensões cidadãs, formativas e reflexivas.

Durante as atividades, serão abordados temas como o desafio de circunscrever o pensamento em palavras sem distinção de ideologia ou gosto pessoal. A oficina objetiva também instigar o princípio da autocrítica em todas as instâncias. Público-alvo: artistas, estudantes de Artes Cênicas, Jornalismo, Letras, Filosofia, História ou qualquer cidadão interessado em refletir a partir da arte. Com quatro horas de duração, esta oficina terá 10 vagas.

A RUA COMO ESPAÇO DO ENCONTRO
Eduardo Moreira (Belo Horizonte – MG)
Dia 2 de novembro | Das 16 às 19h | Canto do MARL (Av. Duque de Caxias, 3241)

Fundador e diretor artístico do Galpão, Eduardo Moreira vai abordar a experiência do grupo com o teatro de rua: como as personagens são construídas, a voz e a dicção e a performance em si, jogos coletivo e a relação com o espaço e o tempo. A oficina terá três horas de duração, com 20 vagas, e também é aberta a ouvintes.

Com sede em Belo Horizonte, o Galpão existe desde 1982. É uma das companhias mais importantes do cenário teatral brasileiro, ligada fortemente à tradição do teatro popular e de rua. Ator premiado, Eduardo Moreira participou das 24 montagens do Galpão. Também é dramaturgo e dirigiu espetáculos em parceria com diferentes companhias do Brasil e do exterior, além de atuar no cinema, com participações em longas e curtas-metragens.

A IMPORTÂNCIA DA CONSTRUÇÃO DA PERSONAGEM NO TEXTO TEATRAL
Mário Bortolotto (São Paulo – SP)
Dia 5 de novembro | Das 14 às 17h | Vila Cultural Cemitério de Automóveis (Av. Arthur Thomas, 342)

O dramaturgo londrinense Mário Bortolotto, diretor e ator do Grupo de Teatro Cemitério de Automóveis, conduz esta oficina de dramaturgia, tendo como referência a metodologia da interação entre os participantes, seguindo o princípio do bielorrusso Lev Vygotsky (1896-1934), que se dedicou a estudar os filtros entre o homem e o meio onde vive.  Os participantes terão a oportunidade de criar um texto dramático a partir da valorização do contato e do diálogo, experiência de vida, conhecimento cultural e antropológico de cada participante.

Os exercícios de criação propostos partem de um olhar atento e crítico do processo de construção das personagens e apontam caminhos mais seguros para a redação do texto final. Mário Bortolotto escreve para teatro desde 1981 e é autor de mais de 50 peças. Recebeu o Troféu APCA – Associação Paulista dos Críticos de Artes pelo conjunto da obra e o Prêmio Shell de melhor autor por Nossa Vida não Vale um Chevrolet. Oficina com 20 vagas e três horas de duração.

Assessoria de Comunicação
Mostra Nacional de Artes Cênicas
FILO 50 + 1

Serviço:

MOSTRA NACIONAL DE ARTES CÊNICAS – FILO 50 + 1
De 24 de outubro a 5 de novembro
Ingressos/espetáculos:
R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia-entrada)
Pela internet: https://www.sympla.com.br/FiloMostraNacionalDeArtesCenicas.
Ponto de vendas: Loja Ciranda (Rua Prefeito Hugo Cabral, 656) – Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 9 às 18 horas, e sábados, das 9 às 13 horas.
Patrocínio: Prefeitura Municipal de Londrina – Secretaria Municipal de Cultura – Programa Municipal de Incentivo à Cultura (PROMIC)
Apoio: Ciranda, Crillon Palace Hotel, Midiograf , Rádio UEL FM, Sanepar, SESI Cultura, Teatro Mãe de Deus e Vila Cultural Cemitério de Automóveis
Realização: Atrito Arte Artistas e Produtores Associados, Palipalan Arte e Cultura e Universidade Estadual de Londrina (UEL).